A Ciência de portas abertas à visitação

O Centro Nacional Pesquisa em Energia de Materiais (CNPEM) abriu as portas de seus laboratórios para visitação pública. O evento intitulado de “Ciência Aberta” foi realizado em Campinas, no dia 26 de maio. Os participantes puderam conhecer através  de visitas guiadas os diferentes laboratórios, além de assistirem palestras, participar de  debates e oficinas. O ingresso foi a doação de 1 kg de alimento não perecível. A arrecadação será repassada a entidades de apoio aos necessitados.

A visitação: orgulho de nossos cientistas

O evento foi muito bem organizado! Trouxe conhecimentos que nos deixam orgulhosos de nosso desenvolvimento tecnológico. Em suma, tecnologia e conhecimento científico de ponta marcaram o evento.

Acelerador de Partículas

Fiquei muito impressionada e até emocionada ao conhecer o Acelerador de Partículas que fica no Laboratório Nacional de Luz Sincroton (LNLS). Neste mesmo local foram gravadas cenas do filme “O Homem do Futuro” (2011) da Globo filmes.

Mas o que é um Acelerador Partículas? Não, não é uma máquina do tempo (que pena!), como mostrado no filme.

Você sabia?

Foto da página do Facebook do CNPEM

O Acelerador de partículas é um enorme  laboratório, com túneis circulares, onde os elétrons, partículas negativas que compões os átomos, são aceleradas através de diversos mecanismos, até atingirem velocidade próxima da luz e são desviadas para campos magnéticos. Com isso, o LNLS consegue obter a chamada Luz Síncroton, que é uma radiação que atinge uma grande faixa do espectro eletromagnético. Como resultado, esta luz vai desde a infravermelha, passando pela radiação ultravioleta, até chegar ao raio X – veja mais detalhes aqui. Ou seja, é uma luz de alto fluxo e alto brilho, o fantástico disso tudo é que através de diversas técnicas podemos enxergar estruturas a níveis moleculares e atômicos, como se tivéssemos um mega microscópio. Quem tiver mais interesse no assunto, acesse a página do laboratório (LNLS).

 

O Laboratório Nacional de Luz Sincroton

Fonte: Autora

Laboratório Nacional de Biociência

Visitei também o Laboratório Nacional de Biociências (LNBio). Lá eles fazem pesquisa de ponta, pesquisam fármacos contra doenças negligenciadas, câncer, doenças cardiovasculares, dentre outras enfermidades. Em outras palavras, pude conhecer o laboratório de patologias, onde são realizados estudos sobre os mecanismos de funcionamento do Zika Virus, entre outras patologias infecto contagiosas.

Na visitação conheci uma nova tecnologia para a diminuição do uso de cobaias. Com efeito, os microchips conseguem reproduzir comportamentos similares aos órgaos humanos. Assim sendo, este laboratório faz parte da “Centrais da Rede Nacional de Métodos Alternativos (Renama)”. De fato, pude ver até peixinhos geneticamente modificados florescentes!

Nanotecnologia

Dei uma passada no LNNano, que é o Laboratório Nacional de Nanotecnologia, e como o próprio nome já diz, é responsável por pesquisas na área de nanotecnologia com aplicações para diversas áreas da ciência e necessidades industriais. Antes de tudo, pude conhecer os microscópios eletrônicos, que possuem altíssimas resoluções e são extremamente sensíveis. Como resultado, até a própria respiração pode interferir em sua leitura. Dessa forma, até a construção do prédio, em que o laboratório esta abrigado, mereceu cuidados especiais em sua construção a fim de minimizar impactos que poderiam interferir no processo.

Equipamento do Laboratório Nacional de Nanotecnologia Equipamento do Laboratório Nacional de Nanotecnologia

 Fonte: Autora

Durante todo o trajedo da visitação havia vários estandes de ciências onde obtinham explicações sobre as principais pesquisas realizadas nos diversos laboratórios da unidade além de show de física para as crianças e foodtrucks. Dessa maneira, a visitação pode ser considerada uma iniciativa muito honrável e necessária para aproximar a população da ciência. Assim, pode-se perceber o quanto a ciência é acessível e aberta a todos!

Em síntese, o CNPEM, é uma organização social qualificada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), localizado em Campinas-SP. Possui quatro laboratórios de alta tecnologias,  Laboratório Nacional de Luz (LNLS),  Laboratório Nacional de Biociências (LNBio), Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE) e  Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano).

Enfim, aguardamos ansiosamente o próximo ano com mais novidades!

Seguem algumas fotos do evento:

 

A visitação - apresentação A visitação - paineis A visitação ao LNLS A visitação - barracas A visitação - placa na entrada

Este post foi publicado em 02/07/2018 no blog “Terra chamando”, mas, como está diretamente relacionado ao tema do “Abre-te Sésamo”, o republicamos aqui e agradecemos a colaboração da Vanessa Romon, autora do post e responsável pelo blog “Terra chamando”.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*