Autonomia Intelectual

"O Professor" - TV Cultura https://www.youtube.com/watch?v=hsRG3itGHu4&list=PLrHE6zyhxXXuSb-ok4CdC8qXJgkpsthk5

Em certa ocasião, num banho diário, fui premiado com um chuveiro queimado. Uma situação relativamente trivial, não fosse o desdobramento na tal “autonomia intelectual”.

Resolvida a questão da espuma no cabelo, com água fria, seguia o desafio de encontrar um eletricista que não desse início ao peculiar tecniquês para valorizar o serviço. Curiosamente nunca se fala com a pessoa  responsável pela instalação defeituosa. A “culpa” sempre recai sobre o técnico anterior, mas vamos deixar esse assunto para uma outra ocasião.

Nesse momento apareceu uma frase comum em minha vida – “se você é capaz de criticar, faça melhor!”. Como cursei uma faculdade de Física, aprendi todos os conceitos relativos ao assunto. Por outro lado, abrir um chuveiro modelo XPTO é outra história…

Ao olhar para ele constatei o primeiro desafio, pois não haviam parafusos visíveis para desmontá-lo. Portanto, nessa dura constatação desanimadora, acabara de surgir uma nova chance para desistir da brincadeira, mas…

Momento inusitado na humanidade

Mesmo sendo um imigrante digital, com a maior parte do tempo vivido no analógico, não hesitei em recorrer ao Youtube para buscar uma solução.

O único esforço foi descobrir, na carcaça do aparelho, o modelo e o fabricante. Após a digitação desses detalhes no computador aconteceu um inevitável “Eureka”, pois apareceram imediatamente muitos resultados relacionados ao assunto. Comecei a assistir aos vídeos que, em poucos minutos, me capacitaram a comprar e realizar a troca da peça defeituosa com precisão cirúrgica.

Finalmente, resolvido o problema, com a agradabilíssima sensação de vitorioso, volto para o Youtube numa procura voraz por conceitos de Física. Uma a uma acaba se repetindo a mesma situação da busca pelo reparo do chuveiro, ou seja, uma gigantesca quantidade de sugestões de vídeos.

Nesse momento, concluí o óbvio: “Isso pode mudar a vida de muita gente!”. Com alguns toques no teclado encontra-se desde o conserto de chuveiros a um curso de Cálculo Avançado. Todo “conteúdo” à disposição de quem possuir um celular e uma conexão com a internet. O desdobramento disso, embora óbvio, é muito espetacular!

Essa silenciosa Revolução Digital criou algo inusitado na história humana, ou seja, a queda das barreiras do conhecimento elitizado. Como resultado temos uma imensa quantidade de conteúdos disponíveis como nunca havíamos experimentado anteriormente.

 

Autonomia intelectual como propósito pedagógico

Num dos principais projetos que participei, “O Professor”,  na televisão aberta, a estratégia era estabelecer a linguagem mais simples possível. A primeira intenção era provocar no aluno-telespectador o sentimento de capacidade para enfrentar esse novo conhecimento. A segunda consistia em estimular o raciocínio, de modo que a pessoa encontrasse em seu repertório, uma forma de ancorar o novo conhecimento. No entanto, o principal propósito do trabalho, o objetivo geral, sempre foi estimular o desenvolvimento da “autonomia intelectual”. Isso se traduz na capacidade, que o indivíduo adquire, para optar por um caminho conscientemente  ou, melhor ainda, criar o seu próprio caminho!

Certamente a “autonomia intelectual” é um conceito de fundamental importância para a educação contemporânea. Portanto, trata-se de uma atitude básica para nosso próprio desenvolvimento pessoal.

Sadao Mori

Canal:http://youtube.com/c/sadaomoriOprofessor -
CEO da empresa Sinapsys - Projetos Educacionais, dentre eles: “O Professor” e “Vestibulando Digital” TV Cultura; Revista “Lego Zoom - Projetos de Robótica Educacional” Lego - Divisão Educacional Brasil; “Manual do Franjinha” – Mauricio de Sousa Produções; “Vingança do Professor”- primeiro game educacional do Brasil.

Share
Sobre sadaomori 3 Artigos
Canal:http://youtube.com/c/sadaomoriOprofessor - CEO da empresa Sinapsys - Projetos Educacionais, dentre eles: “O Professor” e “Vestibulando Digital” TV Cultura; Revista “Lego Zoom - Projetos de Robótica Educacional” Lego - Divisão Educacional Brasil; “Manual do Franjinha” – Mauricio de Sousa Produções; “Vingança do Professor”- primeiro game educacional do Brasil.

2 Comentários

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.