À sua imagem e semelhança

Fontes: www.tcrecord.org e www.bbc.co.uk
Nesses tempos de olimpíadas ficamos com o nacionalismo exaltado, noites mal dormidas, sempre querendo nos interar dos resultados que perdemos. Mas meu lado etólogo não pôde deixar de reparar. Quando vi a foto do Phelps comemorando o ouro naquela prova de revezamento imediatamente me lembrei de uma foto que tenho num livro de comportamento animal. Um gorila intimidando os fotógrafos em um comportamento típico de agressividade. Ele está de olhos vidrados, boca escancarada e dentes expostos, músculos do pescoço e braços tesos. Bem parecido com a imagem acima.
O primeiro a perceber a semelhança entre os comportamentos humanos e nos animais foi, tchan tchan tchan tchan, Charles Darwin. Em 1877 ele publicou o livro “A expressão das emoções nos homens e nos animais”, um trabalho pioneiro que traça relações entre o comportamento humano e dos animais. De fato, são muitas as expressões faciais que nós humanos temos que se assemelham àquelas de outros mamíferos.
Outras expressões nossas são semelhantes a expressões de nossos parentes, mas têm um significado diferente do deles. Num congresso de etologia que eu fui, vi um trabalho propondo que crianças interpretavam fotos de cachorros rosnando como sorrisos, o que aumentava a chance de acidentes. Isso me remete ao conceito de exaptação, que é uma estrutura que evoluiu graças a uma pressão seletiva sendo aplicada em uma função diferente. O mesmo pode valer para comportamentos, afinal, eles também são frutos da evolução por seleção natural. Compreender e ser compreendido por seus pares em uma espécie social como a nossa é fundamental.
Fecho com essa outra imagem. Vai dizer que não existe uma similaridade entre as expressões faciais.

Fonte: http://nomoremister.blogspot.com

Discussão - 3 comentários

  1. Carlos Hotta disse:

    Saiu no Estadão algumas horas depois do meu Post:
    http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20080821/not_imp227935,0.php
    Cientistas usaram atletas cegos nas paraolimpíadas para provar que as posturas de derrota ou vitória são inatas nos humanos.

  2. glenn disse:

    fiquei com dó dos chimps, foram comparados justo com esse cara!

  3. […] Mesmo assim sabemos que as expressões faciais não só são universais na nossa espécie e até alguns primatas aparentados, mas tem um forte componente instintivo de forma que mesmo bebês cegos logo começam a sorrir […]

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM