A África explicada aos meus filhos

Imagine receber para um fim de semana em casa um ex-embaixador. Agora imagine que além de diplomata esse convidado tem a conversa agradável e fluida. Some a tudo que seu convidado viveu muitos anos em países da África e veio para narrar suas experiências. Na mesa após as refeições, nos sofás da sala ou em almofadas espalhadas no chão o convidado conta muito do que sabe sobre o continente negro. E, por erudito que seja, imortal até, tem a fala acessível e agradável de quem sabe falar ao grande público. Foi assim que me senti lendo “A África explicada aos meus filhos” do membro da ABL Alberto da Costa e Silva.

Dadas as minhas preferências bibliográficas dificilmente esse seria um livro que tiraria da prateleira. Pensei que fosse ler sobre a fauna africana, mas estava deliciosamente enganado. A leitura sobre história e cultura africana foi agradável e muito informativa. Daqueles livros que te fazem voltar à loja e procurar por mais do autor e do tema.

O livro está dividido em conversas, ao invés de capítulos. E é isso mesmo que são: conversas descontraídas e agradáveis como as de um pai com seus filhos. A primeira conversa traz um panorama da África. Na segunda a África é integrada na extensa rede comercial que toma conta do Atlântico e Índico do século XV em diante. A terceira conversa narra a chegada dos europeus ao continente negro. As religiões com toda a sua riqueza nos são apresentadas na quarta conversa. Muito relacionada à religiosidade está a arte que vem descrita na quinta conversa. A sexta conversa faz uma exploração do comércio humano dos escravos, que modificou a história da África principalmente no século XVIII. A sétima conversa nos conta sobre a colonização do território africano pelos europeus. A oitava encerra o período colonial contando sobre o conturbado processo de independência tão tardia quanto 1980 para o Zimbábue, por exemplo. A nona conversa descreve o período pós-colonial, as ditaduras, guerras étnicas e o Apartheid. Por fim, a décima conversa mostra como Brasil e África são irmãos e tanto se influenciam reciprocamente.

Recomendo fortemente a leitura a todos os interessados em conhecer um pouco mais dessa porção do globo tão relegada a segundo plano em nossa formação básica. É impressionante como, a cada página, nos identificamos com esse povo sofrido e alegre, de cultura tão rica e tão influente na nossa.

Discussão - 4 comentários

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM