Terra redonda

Pessoal, o Luis Brudna, blogueiro do Gluon, sugeriu fazer um outro post explicando melhor o experimento que propus. Então mãos à obra.
Primeiro você precisará de uma haste de uns 30 cm. Vou usar uma um pouco mais longa para permitir espetá-la no chão e ainda ter 30 cm acima do solo para medir.

A vareta deve ficar exatamente perpendicular ao chão, por isso um esquadro deve ajudar. Por falta de algo melhor qualquer coisa perpendicular serve, como essa caixa de madeira.

Na hora marcada tenha à mão uma régua e bússola. Assim você poderá medir a sombra e ver em que direção elas se inclina. É que devido à traslação a Terra muda ligeiramente de inclinação ao longo do ano. Na verdade só seria de se esperar que a sombra medisse exatamente zero ao meio dia do dia de solstício de verão ou inverno, respectivamente 21 de dezembro e de junho.

Como a translação é um movimento bem mais lento que a rotação, pelo menos aqui no nosso planeta, não faz mal se vocês fizerem o experimento em um dia diferente do meu por uma ou duas semanas, desde que seja na hora certa do dia. Não se esqueçam de me mandar o resultado pelo e-mail prof.bessa@yahoo.com.br . O meu deu 25 cm com inclinação quase a noroeste às 15h do dia 11 de janeiro. Tinha proposto fazer às 11 h, mas o céu nublado me impediu de cumprir o horário, portanto o novo horário é 15 h em Cuiabá, 16 h em Brasília e 14 h no Acre, por exemplo. Seria bem divertido ter resultados vindos de Protugal ou da África.

Discussão - 1 comentário

  1. Isso me lembra os relógios de sol de Poços de Calda, divisa de minas são paulo

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM