Vive la Résistance

Existe um grupo de organismos cuja maior habilidade é a capacidade de resistir a ambientes extremamente hostis, são os extremófilos. Bactérias bastante simples em estrutura (mas também organismos eucariotos) que compõem provavelmente os primeiros seres vivos a ocupar o planeta Terra. Há até quem acredite que eles tenham vindo do espaço e gerado a vida na Terra, a hipótese da exobiologia. Abaixo segue a escalação do meu time de extremófilos:

1) Hipertermófilos: bactérias capazes de tolerar temperaturas superiores aos 80º C. Muitas delas vivem às margens de gêiseres em áreas de atividade vulcânica e fontes hidrotermais nos fundos oceânicos. O campeão da tolerância parece ser Pyrodictium occultum, que habita essas chaminés vulcânicas nos fundos oceânicos acima dos 120º C. Outro herói da resistência é o quimioautótrofo (diga isso três vezes bem rápido) Pyrolobus fumarii. Esta arqueobactéria é capaz de metabolizar nitratos e sulfatos obtendo energia da quebra de suas ligações químicas em vez do sol. Por conta disto estas bactérias são a base da cadeia alimentar nos fundos oceânicos, áreas geralmente muito pobres em nutrientes. Não só Pyrolobus fumarii suporta temperaturas de 113º C e uma pressão atmosférica 360 vezes maior do que a nossa, mas ainda sustenta toda uma comunidade de organismos incluindo lagostas, peixes e anelídeos marinhos.

2) Resistentes à desidratação: Algas e liquens sobrevivem em “lagos” secos do Vale da Morte, Arizona. Este ambiente é muito semelhante aos lagos secos de Marte, exceto pela temperatura muito mais baixa lá. Desertos gelados também são encontrados na Antártica, onde florescem algas unicelulares e liquens em condições semelhantes a Marte.

3) Alcalinófilos: resistem a ambientes altamente alcalinos, com pH próximo a 14. Estas bactérias fazem isto através do bloqueio da entrada dos íons OH na célula pela ação de suas enzimas. É o caso de Pseudomonas pseudoalcaligenes.

4) Halófilos: bactérias capazes de suportar concentrações extremas de solutos. Por osmose estes organismos deveriam desidratar-se e morrer rapidamente, mas controlam a perda de água. A maioria dos halófilos também são alcalinófilos, já que habitam ambientes alcalinos devido aos sais, e termófilos, já que superam os 65º C das regiões que habitam. Um exemplo seria Halomonas variabilis.

5) Acidófilas: vivem em ambientes como lagoas sulfúricas e nossos estômagos onde o pH varia de 1 a 4. Cyanidium caldarium é uma alga vermelha que resiste em águas bastante ácidas. Mas novamente são as arqueias que ganham com Picrophilaceae sp. resistindo a valores negativos de pH. Nestes organismos o pH interno é mantido da mesma forma que em alcalinófilos, vedando as células à entrada de íons.

6) Resistentes à radiação: Deinococcus radiodurans talvez seja o mais radical dos nossos extremófilos, como o próprio nome da arqueia sugere ela resiste a radiação. Esta bactéria tem a habilidade de reparar o despedaçamento do DNA causado pela radiação numa velocidade 50 vezes maior do que em outras bactérias. A quantidade de radiação necessária para matar D. radiodurans é mil vezes maior do que a necessária para exterminar outras bactérias.

Discussão - 6 comentários

  1. João Carlos disse:

    Curiosidade de leigo: onde mais são encontradas as Deinococus radiodurans?

  2. Marão disse:

    Caramba JC, voce só faz pergunta difícil! Já foi um custo os caras acharem esse bichinho “radical”, ali onde ele mora.Os “radiodurans” são dureza mesmo, pior que o BOPE.Se eles aparecerem por aqui, estamos fritos!

  3. Ernesto disse:

    Falando agora de animaizinhos maiores, os tardígrados também são extremófilos: resistem a congelamento e aquecimento, radiação e mesmo ao vácuo. Será que algum já foi parar em Marte, de carona nas sondas?
    http://en.wikipedia.org/wiki/Tardigrada

  4. Eduardo Bessa disse:

    Ernesto, tem toda a razão, tardígrados são os highlanders da natureza, além de muito simpáticos ao microscópio.
    João Carlos, o D. radiodurans foi descoberto em latas de alimento irradiadas para durar mais tempo sem tantos conservantes. Seu habitat original não é conhecido.

  5. Marão disse:

    Mudando o foco, os senhores não estariam subestimando a capacidade de resistência dos nossos políticos? Essa turma aí é fichinha perto deles…Eles, nossos políticos, são extremófilos, radicófilos e coprófagos!

  6. Dyego Farias disse:

    muito útil as informaçoes,…principalmente sobre os hipertermófilos, que era o que eu estava procurando.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM