Loucuras de amor

Na natureza o macho em geral se desdobra da melhor forma possível para agradar a Fêmea. Isso inclui danças elaboradas, estruturas espalhafatosas, cantos. Enfim, a seleção sexual levou à evolução das coisas mais estranhas com uma única finalidade, acasalar. Em termos evolutivos de nada vale viver dez mil anos, se no final não deixamos descendentes. Veremos nos próximos textos meus cinco exemplos favoritos do extremo a que os organismos chegam para fazer sexo.
butterfliesandmoths dot org.jpg
1- Como se eu fosse flor você me cheira…
Feromônio é o nome dado às substâncias químicas que atuam na comunicação entre animais. Funciona igual à nossa comunicação com sons, um emissor produz uma mensagem que atinge um receptor capaz de compreender seu significado. Só que nesse caso a mensagem tem a forma de aroma, não de som.
Diversos animais usam feromônios no acasalamento: cães, serpentes, percevejos e cupins são apenas alguns exemplos. Mas talvez nenhum animal leve ao extremo das mariposas Actias luna. Essa mariposa habitante da América do Norte libera seu perfume no ar, o macho é capaz de perceber o feromônio da fêmea a 5 km de distância, mesmo que haja obstáculos como as árvores de uma floresta. Para isto os machos usam suas antenas ramificadas.

Discussão - 2 comentários

  1. maria disse:

    putz! de onde você tirou essa foto?!?!?!

  2. bessa disse:

    Maria, a foto é do site http://www.butterfliesandmoths.org. Minha intenção era colocar uma legenda em todas as imagens dizendo a fonte, mas somos todos novatos no SBB e ainda não estou plenamente familiarizado com a plataforma de edição de html deles. Não consegui colocar a tal legenda nem encolher um pouco a foto. Mas muito lindo o bicho, não!

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM