Bicho Bizarro: Tuvira


Uma amostra da diversidade de tuviras existente
Fonte: http://accessscience.com/

O animal de hoje é na verdade um grande grupo de espécies de peixes de água doce no Brasil, são mais de uma centena de espécies no Brasil. Sua peculiaridade está neles darem choque. As tuviras têm células musculares modificadas que assumem a função de uma pilha, um lado fica carregado de ions negativos e o outro de positivos, gerando 1 mV cada. Junte muitas dessas células em série e a voltagem aumenta bastante. Na verdade a maioria delas só produz uma pequena descarga elétrica, mas uma excessão famosa é o poraquê, cujo choque pode atingir até 600 V. Esses peixes que vivem em rios muitas vezes de águas barrentas e são ativos à noite usam o campo elétrico que produzem e sentem para se localizar, comunicar-se com outros indivíduos, caçar, evitar predadores e namorar. Chocante, não? As tuviras têm também o corpo desprovido de escamas, olhos diminutos e perderam as nadadeiras pélvicas, dorsais e caudal, se locomovem abanando a longa nadadeira anal. O vídeo abaixo mostra um jacaré atacando um poraquê, uma péssima ideia. O filme virou mania no youtube.

“Gente, é incrível a natureza, o jacaré morrendo eletrocutado”

E não deixem de votar no Ciência à Bessa
Melhor blog sobre o tema “Bichos e Animais”

Discussão - 5 comentários

  1. Igor Santos disse:

    O cara está filmando um jacaré, vira a câmera para ele e diz “jacaré”. Aí depois grita, grita, grita e em seguida pede silêncio. Votz…
    O peixe acabou morrendo. Moral da estória: nunca eletrocute alguém que está lhe mordendo.

  2. Fernanda Furlan disse:

    Adorei a postagem professor
    virei fã da Tuvira… e eu nem gosto muito de peixe! (agora posso falar né)
    rsrs…

  3. Denilson Martinelli disse:

    Gostei eu crio elas para vender como isca para pescadores de Robalos e um amigo e cliente é professor da UENF e ele vai aproveitar minha criação para fazer pesquisa no campo elétrico

    • Bruno Souza disse:

      Olá Denilson, tudo bem? Também estou interessado em realizar algumas pesquisas com Tuviras. Sou da cidade de Jaguariúna – SP. Como é feita a coleta dessa espécie em pequena/média escala? Há alguma ferramenta, além da famosa vara, para coletar essas espécies?

  4. Egnaldo Martins Gimenes disse:

    Gostaria de saber como faço para desenvover as tuviras e faze-las se reproduzirem.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM