Imagens para o imaginário – a cidade entra na dança

Esse final de semana fiz uma grande caminhada pela cidade de Maputo, tendo transmitido em tempo real para os internautas, através do Histories do Instagram (@mariliacarneirodanza), as imagens da paisagem urbana maputense.

Experimentar a cidade é parte do meu método de pesquisa, pois o encontro com a vida na cidade fora dos estúdios de dança se revelou como fundamental para a compreensão das obras coreográficas aqui criadas, do pensamento coreográfico em jogo e da fisicalidade e treinamento dos bailarinos, principalmente no que tange à improvisação.

Do texto da tese:

Maputo designa a cidade capital nacional de Moçambique, país colônia liberta de Portugal em 1975, dois anos antes do meu nascimento. Outrora Maputo se chamou Lourenço Marques e a cidadã maputense, laurentina. Virou nome de cerveja: a Preta mais gostosa de África4. Maputo está no chão da Terra aos 25 graus 58 minutos Sul 32 graus 35 minutos Leste5, numa região conhecida como África Austral. É para la que iremos!

Para dar forma a seu imaginário, veja aqui algumas fotografias.