(trio) 2008

Domingo à noite, cansado.
Só mais um cigarro e vê televisão, pensei-me.
Depois, a simplicidade do tema “Cabanas”, vinha para o espaço que eu ocupava.
Limpo, cru e simples.
Vejam (e ouçam) estes jovens senhores.

Trio 2008 ou só 2008, não tenho a certeza.

P.S. – reconheço que antes da música, estes rapazes já me haviam chocado. Diziam eles, ou pelo menos o baterista, que ser músico rock ou pop não é beber cervejas e “só curtir”.
É, antes, muito trabalho e esforço, a ensaiar, a compor.
Disse chocado porque nos tempos que correm alguém falar de trabalho e de esforço desta maneira é tudo menos redundante.
Boa!

Discussão - 3 comentários

  1. Luís, talvez esta pergunta seja muito estúpida, mas talvez eu encontre aqui uma resposta interessante.Estou aqui a ler o guião da ópera Siegfried, (part de O Anel dos Nibelungos, de Wagner) e vejo uma referência muito curiosa: segundo um conceito mitológico, quem bebesse sangue de dragão seria dotado de clarividência e habilitado a entender a linguagem dos pássaros.Ora, isto, cruzado com algumas coisas que tenho ,lido aqui, dá isto: dragão/dinossáurio, dinossáurios na mesma linha evolutiva dos pássaros, ligação entre ter algo de dragão e compreender os pássaros. O que é que o “pensamento mitológico” poderia “saber” de tais coisas?Merece isto um comentário sério?

  2. Olá Porfírio!Essa referência é realmente curiosa e ao mesmo tempo poética, no meu entender.Curiosa porque tem implícita a relação evolutiva entre os dinossáurios e as aves, bem como a associação daqueles com as criaturas mitológicas que são os dragões.Um dos motivos, referidos em alguma bibliografia, para o tão grande “sucesso mediático” dos dinossáurios passam pela substituição dos dragões pelos dinossáurios no imaginário colectivo.Outros autores referem inclusivamente que o animal mitológico Grifo teria surgido na sequência do contacto de mercadores gregos com tribos do deserto do Gobi, tendo estas conhecimento de algumas ossadas de dinossáurio, e tendo transmitido estas descrições sido transmitidas aos comerciantes gregos que…Para esta e outras influências dos fósseis nas culturas clássicas procure livros de Adrienne Mayor.Ver também este meu post onde introduzo um pouco do assunto:Fósseis – História e mitos populares Em relação à poesia da coisa não posso deixar de de sorrir por dentro que para se comunicar com as aves seja necessário matar o “dinossáurio”…AbraçoLuís Azevedo Rodrigues

  3. Obrigado, Luís. Sabe bem ter um cientista sabedor à mão para fazer perguntas esquisitas e obter respostas com sumo!Abraço.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM