Amores expressos

Dezesseis escritores brasileiros embarcaram cada um para um canto do mundo. Na volta cada um escreverá sua história de amor. É o projeto “Amores expressos”, que criou grande bafafá no meio literário e agora está em curso.

Cada um dos escritores mantém um blogue em que conta suas histórias. Ainda não consegui ler muito, a não ser o do Bernardo Carvalho que foi o primeiro que descobri. Além de serem belos escritores, acompanhar as aventuras é de certa forma participar da gênese de futuras obras literárias.

Veja aqui o site do projeto.

Sem rede de segurança

Quando criança, Maria Bethânia queria ser trapezista. A lembrança está no final do filme “Maria Bethânia, pedrinha de Aruanda”, de Andrucha Waddington. “Acabei não indo para a escola de circo, mas no fundo é esse o meu ofício”, ela reflete enquanto contempla um picadeiro vazio. “Sem rede”.

Quem já a acompanhou palco adentro sabe. E quem viu o filme andou junto, sentiu a tensão, a intensidade da oração em busca de força e concentração, a coragem para correr e mergulhar nos brados amantes da multidão. O sorriso que rasga o rosto de lado a lado não é simpatia, não é teatro, não é triunfo. É a energia que ela recebe e transborda. E é a música que aflora, não cabe só na voz.

A lição maior é avançar pela vida sem rede de segurança. Não importa se há um deus (ou muitos), nem seu nome: a vida vale muito mais se a gente enxerga o sagrado das coisas. Entrar num rio e parar diante de uma cachoeira, admirar a força sem combatê-la, fazer parte. Estar junto com quem se ama. Tudo sagrado.

A foto eu peguei aqui.

Oceano revelado

Quer ver segredos dos mares poucas vezes revelados a olhos leigos? Vá a São Sebastião.

O biólogo Bruno Vellutini passou por este blogue para avisar que a partir do próximo sábado, 22 de setembro, até dia 19 de outubro estarão expostas fotografias de criaturas marinhas que mais parecem fugidas de mundos mágicos. É “Oceano: vida escondida”, exposição organizada pelo pessoal do Centro de Biologia Marinha da Universidade de São Paulo.

Se a amostra do site for representativa, vale a viagem.

Natureza para crianças grandes e pequenas

Encontros com a pesquisa: biritas e biriteiros

Foto: Miguel Boyayan, para matéria Pesquisa Fapesp
Esta semana traz mais um debate: estarão presentes a psicóloga Ilana Pinsky, a psiquiatra Laura Andrade e o jornalista Hugo Leal. O assunto será o consumo de bebidas alcóolicas no Brasil, tema da matéria de capa da revista Pesquisa Fapesp deste mês.

Em agosto, a Secretaria Nacional Antidrogas, do Governo Federal, apresentou o 1º Levantamento Nacional sobre os Padrões de Consumo de Álcool na População Brasileira. Realizado com cerca de 3000 pessoas com mais de 13 anos de idade de 147 municípios brasileiros, esse estudo é o mais abrangente retrato do consumo de álcool no país. Ao lado de outras pesquisas, poderá orientar a implantação das medidas da Política Nacional sobre Bebidas Alcoólicas, sancionada em maio pelo presidente Lula, que tem como meta reduzir o consumo de álcool e os danos a ele associados, como os acidentes de trânsito, o desenvolvimento de algumas formas de câncer, além de prejuízos emocionais.

Ilana Pinsky é psicóloga especialista no tratamento de dependência química. Ela estuda a influência da propaganda de bebidas alcoólicas sobre os jovens, além do hábito de beber e dirigir, é professora do Departamento de Psiquiatria da Unifesp e co-autora do 1º Levantamento Nacional sobre os Padrões de Consumo de Álcool na População Brasileira.A psiquiatra Laura Andrade é professora do Instituto de Psiquiatria da USP, onde coordenadora o Núcleo de Epidemiologia Psiquiátrica. Ela desenvolve levantamentos sobre a freqüência dos transtornos mentais – entre eles o abuso de álcool e suas conseqüências físicas, psíquicas e sociais – na região metropolitana de São Paulo. Hugo Leal é jornalista e responsável pela comunicação dos Alcoólicos Anônimos (AA), onde responde pelo contato com os profissionais de saúde e a comunidade acadêmica. Ex-dependente de álcool, há quase 8 anos Leal ministra aulas sobre o funcionamento do AA para especialistas da USP e da Unifesp que tratam dependentes de álcool.
13 de setembro, às 19h30
Auditório da Livraria Cultura do Conjunto Nacional, São Paulo.
A série Encontros com a Pesquisa é uma promoção da revista Pesquisa Fapesp com a Livraria Cultura. O evento ocorre mensalmente com uma palestra aberta e gratuita, seguida de debate com o público. Os temas debatidos fazem parte do universo da ciência e tecnologia e normalmente servem de base para reportagens de Pesquisa FAPESP. A Livraria Cultura do Conjunto Nacional fica na Avenida Paulista, 2.073, cidade de São Paulo. (tel.: 11 3170-4033).

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM