1 Ampere

O Ampere é a unidade de medida das correntes. Essa quantidade, de 1 Ampere, é relativamente pequena. Mas quando estamos falando dos efeitos de uma corrente elétrica no corpo humano, ela pode ser letal.

Até 0,03 Amperes a reação é de contrações musculares leves e médias. Ao atingir 0,08 Amperes, pode haver asfixia e morte aparente. Entre 0,08 e 0,3 Amperes a dor já é muito expressiva, os danos respiratórios são mais severos e as contrações musculares mais violentas. Entre 0,3 e 0,6 Amperes as consequências podem atingir os músculos e a química do organismo, além de queimaduras.

Correntes acima de 1 Ampere podem provocar queimaduras graves, necrose dos tecidos, parada respiratória, asfixia imediata, sequelas (caso a pessoa recupere) e, sem uma rápida atuação médica, morte.

Lucas Miranda

Físico e mestre em Divulgação Científica pela Unicamp. É professor no Sistema Anglo de Ensino, Colunista da Revista Ciência Hoje, Coordenador do projeto Ciência ao Bar e Cinegrafista, Editor e Tradutor na TV NUPES (Fac. de Medicina - UFJF)

Skip to content