Pós-graduação lato sensu

Pós graduação latu sensu

Segundo o Ministério da Educação (MEC, 2012) existem dois tipos de pós-graduação no país: Stricto Sensu (compreendem programas de mestrado e doutorado abertos a candidatos diplomados em cursos superiores de graduação e são sujeitos às exigências de autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento) e Lato Sensu (cursos de especialização em nível de pós-graduação como Master Business Administration (MBA) oferecidos por instituições de ensino superior, independem de autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento). Este segundo tipo de pós-graduação é certamente o mais oferecido pelas instituições de ensino superior e muitas vezes podem ser verdadeiras armadilhas aos estudantes e fábricas de dinheiro para quem os oferece. A pós Lato Sensu é um curso complementar com um viés profissionalizante, não é um mestrado ou um doutorado e nem é um requisito para se entrar num mestrado ou doutorado. Por incrível que pareça essa dúvida ainda ocorre a muitos graduandos, então é importante destacar que quem quer seguir carreira acadêmica deve procurar uma pós-graduação Stricto Sensu e quem pretende focar no mercado fora da academia deve procurar uma pós-graduação Lato Sensu. Outra dúvida frequente é quando cursá-la. O momento certo de fazer uma pós desse tipo não é o dia seguinte à sua formatura. É quando você tiver um emprego que te proporcione desafios e sede por novos conhecimentos. Esta é a hora de voltar à sala de aula! Uma pós-graduação, independente do tipo, exige que o pós-graduando, além de sede pelo conhecimento tenha maturidade profissional, normalmente adquirida com a prática e autonomia para tomada de decisão no seu atual emprego. Não adianta fazer o melhor curso de pós se você continua com a mesma mentalidade ou cargo que tinha durante sua graduação. Espere mais um pouco e conseguirá melhores resultados! As principais vantagens de se fazer uma pós na hora certa são o networking e a possibilidade de crescimento pessoal. Agora que você já está pronto para fazer uma pós-graduação Lato Sensu, analise as diversas possibilidades de cursos oferecidos pelo mercado (Instituições de ensino superior: públicas ou privadas) que podem ser 100% presenciais, semipresenciais ou 100% online (ótima opção para quem mora fora dos grandes centros). Atenção para a escolha da instituição! Prefira aquelas com boa reputação, principalmente se sua opção for pelos cursos 100% online. Muitas empresas oferecem bolsas ou ajuda de custo para os funcionários, no entanto, você precisa se encaixar nos pré-requisitos impostos pela sua empresa. De imediato, claro que esta ajuda financeira é excelente, mas pense bem, analise a contrapartida da empresa. Será que é a melhor escolha? Talvez você tenha que fazer um curso ou escolher uma instituição que não te agradam completamente ou talvez você perca a mobilidade de emprego por algum tempo. Fique atento, lembra que no início do texto falamos que uma das principais vantagens de se fazer uma pós é o networking? Este mesmo networking pode te ajudar a mudar de emprego e você não vai querer estar preso à sua atual empresa. Agora é só decidir onde, quando e qual curso fazer. Se você já caiu em alguma roubada desse tipo evite que mais alguém caia. Use o espaço dos comentários para apontar más instituições de ensino que oferecem especializações.

Discussão - 0 comentários

Participe e envie seu comentário abaixo.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM