De volta ao laboratório

Mesmo que o último laboratório que você tenha entrado se pareça com isso, você será sempre bem vindo de volta. (Imagem: gstatic.com)

Por diversos motivos, pessoas se afastam da ciência todos os anos. Uma crise familiar, a decisão de ter um filho, desejo de experimentar uma carreira diferente, entre diversos outros, são motivos convincentes para deixar a carreira acadêmica.  Muitas dessas pessoas pensam em voltar algum tempo depois, mas realizar essa ideia é uma tarefa frequentemente intimidante. Voltar a um laboratório povoado por jovens quando já se passou dessa faixa etária pode te fazer sentir desconfortável, mas as barreiras são geralmente mais imaginárias que reais. Um pesquisador principal dificilmente se importará em ter um membro mais velho na equipe. Aliás, a diversidade de histórias de vida e experiências tem se mostrado uma poderosa ferramenta na constituição de laboratórios produtivos e originais. Aproveite os prós da sua condição de sênior: ter uma visão de mundo mais realista (e menos ansiosa) e ter experiências de vida mais diversas. Você será bem vindo de volta.

Mas como planejar um tempo afastado da vida científica? Nossa primeira sugestão é que a pausa seja planejada para ter um início e um fim específicos. Nem sempre isso é possível, mas o esforço compensa. Planeje a data de início para um momento em que você tenha se liberado de suas atribuições (completado a submissão de um artigo sob sua responsabilidade, por exemplo). Planejar a data do seu retorno te ajudará a se comprometer com a volta e também a manter o foco no motivo daquela pausa. Uma forma de operacionalizar isso é através da preparação de uma lista de itens que você quer realizar antes de voltar para a pesquisa. A cada item cumprido você estará mais perto de retornar.

Sabendo que existe um desejo de retornar, mantenha contato com a academia durante sua pausa. Visite seus colegas, nem que seja para uma conversa informal ao redor de uma mesa de bar. Contato via redes sociais também podem ser proveitosos. Assim você será lembrado e se manterá atualizado em algumas técnicas e nos assuntos quentes da sua área. Se possível mantenha-se atualizado com a bibliografia, nem que seja através da newsletter da sociedade científica que você frequentava. Ainda assim, saiba que mesmo que você tenha desaparecido do mundo científico por alguns anos, o retorno é possível.

As primeiras coisas de que você precisará em seu retorno serão: um orientador, financiamento e um projeto de pesquisa. As regras para escolher um orientador se aplicam nesse caso como em qualquer outro, mas o orientador de alguém que esteja retornando à academia deve conhecer sua história e o que levou à pausa. Bolsas têm sido muito disputadas, mas sua pausa não deve ser empecilho para a aquisição de uma, especialmente se você estiver quite com seu projeto de pesquisa anterior. O projeto de pesquisa talvez seja o elemento mais difícil de seu retorno. Ele deverá te colocar em contato com o estado da arte nas técnicas e questões mais atuais de sua área, deverá ser desafiador o suficiente para te manter interessado, mas deverá ser também exequível dado o tempo disponível que você terá para entregar resultados.

Uma vez de volta ao laboratório, é preciso começar em alto nível. Não desperdice nenhuma oportunidade de fazer um curso sobre novas técnicas e garanta sua participação nos congressos mais importantes da sua especialidade. Você provavelmente estará desatualizado quanto a equipamentos, técnicas e perguntas importantes. Envolva-se em colaborações e publicações em seu novo grupo de pesquisa assim que possível. Ocupe seu espaço. Também não deixe de planejar seus próximos passos e onde você deseja chegar.

Quando problemas externos começam a afetar seu rendimento, não faz sentido dividir sua atenção e não cumprir nenhuma das tarefas direito. Às vezes um tempo fora pode ser a melhor solução. Não tenha medo de afastar-se, a Ciência estará aqui aguardando o seu retorno.

Discussão - 0 comentários

Participe e envie seu comentário abaixo.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM