Lógica do Dia dos Pais

Filho (11 anos): Se eu multiplicar um número par por outro número par o resultado é sempre par?
Pai (um monte de anos): Sim.
Filho: E se eu multiplicar um número impar por outro número impar, o resultado vai ser sempre impar?
Pai: Vai.(onde esse moleque quer chegar?)
Filho: Mas se eu multiplicar um número impar por outro número par o resultado é um número par também, não é?
Pai: Ahn sim, filho, e daí?
Filho: Então já sei.
Pai: O quê?!!(pelamor)
Filho: Tem mais número par do que impar!
Pai: …?!!!

FELIZ DIA DOS PAIS

Discussão - 8 comentários

  1. Kentaro Mori disse:

    hahahaha gênio o moleque! A lógica só não funciona porque há infinitos números pares e ímpares (e infinitos da mesma ordem), mas embora eu não saiba formalizar o argumento, acredito que se houvesse um número finito de números naturais, ele estaria certo!

  2. O raciocínio dele me parece corretíssimo, ele só errou a nomenclatura. Na verdade, a conclusão dele é de que, dos números que são resultados de multiplicações (ie números compostos), existem mais pares que ímpares. Ou, de outra maneira, dos números que não são compostos, existem mais ímpares que pares. Ou, ainda, existem mais números primos ímpares que números primos pares. Isso é a mais pura verdade, só tem um primo par e todos os outros são ímpares, e era isso que a intuição do menino estava vislumbrando.

  3. Karl disse:

    Mas isso é verdade? Tem mais números compostos pares que ímpares? Me parece uma questão de teoria dos conjuntos, não?

  4. Rigorosamente falando, o conjunto dos compostos pares tem a mesma cardinalidade do conjunto dos compostos ímpares.
    Mas do ponto de vista de uma criança, imagine a seguinte situação: pegue o conjunto dos n primeiros inteiros positivos {1,2,3,…,n}. Agora faça o produto cartesiano dele com ele mesmo, multiplicando os elementos {1×1, 1×2, …, 1xn, 2×1, 2×2, …, 2xn, …, nx1, nx2, …, nxn}. Nesse conjunto, sempre vai ter mais pares que ímpares, qualquer que seja o n. Então, se o seu conjunto de origem for finito, os compostos pares são sempre em maior quantidade que os compostos ímpares. A intuição do menino está perfeita.

  5. Joey Salgado disse:

    Aê, que belo dia dos pais!
    Será que estarei preparado para sofrer na mão da criatividade infantil?! Espero que sim…
    Abraços!

  6. Karl disse:

    Caraca! Acho que vou tira-lo do futebol e colocá-lo no Kumon, hehe.
    Joey. Jamais estaremos “preparados” para certas coisas. Alguns estados de espírito (como ser pai) vêm apenas com o tempo.
    Obrigado por todos os comentários.

  7. Joey Salgado disse:

    Tirar do futebas?!?! Qualé, Karl?!?!
    Hehehe!
    Meu irmão mais velho, agraciado duas vezes já, disse-me exatamente isso, de que por mais que nos preparemos nunca estaremos prontos para ser pais. Logo, vejo que é melhor embarcar logo de uma vez nessa jornada, se houver vontade, do que esperar um tempo infinito.
    “O infinito é distante, sobretudo perto do fim.”
    – Alphonse Allais
    Abraço!

  8. maria disse:

    sensacional!
    joey, são esses moleques que preparam os pais pra qualquer coisa!

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM