Ondas

Essa vida de blogueiro vai ensinando algumas coisas pra gente sobre fenômeno que é a internet. Uma delas é que Lulu Santos Vinícius de Moraes estava certo: a vida vem em ondas!

O gráfico acima é a contagem de visitas (page loads) que o Ecce Medicus vem recebendo desde 20 de Setembro de 2009. Pode-se notar um “pico” e uma, digamos, “cordilheira”, acima do que podemos chamar de “ruído de fundo” de leitores habituais do blogue. O pico foi identificado com o Bumbum de Gisele e atribuído a um link benemérito de um amigo num portal de enorme popularidade; houve quase 9000 acessos ao EM em um único dia.

A cordilheira na verdade foi o tsunami sobre a vacina da gripe H1N1. Desta vez, não houve links e a coisa funcionou mesmo via Google. Impressionante o troço! Em um dia, o post recebeu 11.000 acessos! Depois, continuou recebendo muitas visitas, mas em associação a outros sobre o mesmo tema. Uma vez que você adivinha o que os usuários vão googlar, as palavras que vão escrever no retângulo mágico do Google, e o site aparece em primeiro ou segundo da lista, é só correr pro abraço. Funciona como uma bola de neve: quanto mais gente acessa, mais fácil fica o site de ser acessado. É uma questão de ter a leitura do hype do momento (e isso, devo ao Carlos Hotta). Captar o murmúrio disperso no éter é como orientar limalha de ferro com um imã: avalanche! Foi uma loucura responder todos os comentários e tive que fechar a caixa em alguns posts.

Aprendi como é surfar, surpreendi-me com a velocidade e o tamanho da onda. Fiquei preocupado com algumas repercussões. O Ecce Medicus amadurece… Obrigado a todos os leitores.

Discussão - 5 comentários

  1. André Lima disse:

    Karl, só uma coisa: a construção “a vida vem em ondas, como o mar” é do Vinicius de Moraes, em “O dia da criação”[1].
    O Lulu Santos faz mais o estilo do “nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia”. :c)
    [1] http://www.revista.agulha.nom.br/vm3.html

  2. Karl disse:

    Brigado, fio. Posso usar o link, né?

  3. Helder disse:

    Rapaz, juro que fiquei com dó e ao mesmo tempo com orgulho de vc ter tido paciência pra responder tanta abobrinha que esse povo mandou no post da H1N1, como tem gente completamente neurótica nesse país (ou seria ignorante? ou preguiçosa? ou…)
    Quem dera você tivesse ganho o valor de uma consulta pra cada comentário! hahahahaha
    Aí vemos o lado negativo da inclusão digital, tanta gente buscando informações mas sem o menor bom senso.

  4. Karl disse:

    Valeu, aeh. Não foi fácil, hehe. Mas acho que alguma coisa de bom ficou. Pelo menos as pessoas estão buscando informações.

  5. Sibele disse:

    Olha só, Karl!
    O tsunami da Gripe no blog funcionou mesmo via Google, certo? E veja como a cordilheira do EM bate direitinho com essa novissima funcionalidade do onipresente buscador: Flu Trends, esse na versão brasileira, indicando a atividade da gripe de acordo com as buscas por sintomas, tratamentos, etc. Incrível!
    (via por ai do @scienceblogsbr, dispersando http://bit.ly/kPUNXK #twitciencia 🙂

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM