Efeitos Colaterais da Vacinação contra o HPV

vacina-sus-hpv-550x300

Poucas ações na área da Saúde mexem mais com a cabeça das pessoas do que a vacinação. É, de certa forma, incompreensível que pessoas se submetam a procedimentos estéticos de alto risco, usem suplementos sem nenhum tipo de comprovação em busca de melhores performances, tomem xixi em busca de tratamentos improváveis, mas questionem de modo tão agressivo e leviano os benefícios das vacinas. E não é de hoje. Há algo no processo de vacinação que desperta um certo terror irracional e primitivo e talvez a única forma de combater esse medo obscurantista seja por meio das luzes da informação.

Com a relativamente nova (~ 2004) vacina para o vírus da papilomatose humana, conhecido por sua abreviatura em inglês HPV, não foi diferente. A partir do anúncio de que o governo brasileiro distribuiria tais vacinas gratuitamente para população vulnerável (no caso, meninas que ainda não entraram em contato com o vírus transmitido por intermédio de relações sexuais e nas quais a infecção pode levar, anos depois, a um tipo de câncer do cérvice uterino) houve uma saraivada de protestos. Desde teorias conspiratórias sobre o capitalismo selvagem exercido pelas indústrias farmacêuticas interessadas em vender vacinas para a totalidade da população terrestre, passando por histórias de efeitos colaterais terríveis escondidos da população em nome do lucro, até o mais completo delírio psicodélico-onírico e desvairado de que o objetivo é nos transformar todos em zumbis de modo a podermos ser facilmente dominados por meio da inoculação de um vírus maligno que derreteria nossos cérebros e nossa vontade própria. Ou algo assim. No caso da vacina para o HPV, houve ainda a questão de que ela teria um efeito de liberação sexual precoce nas meninas havendo quem a defendesse que ela funcionaria como um tipo de “certificado de sexo livre”. Esse assunto já foi comentado pelo Discutindo Ecologia e pelo Carlos Orsi em textos altamente recomendáveis. Também já foram oferecidos argumentos racionais à vacinação para rebater reportagens sensacionalistas na mídia leiga. Não produziria aqui um texto melhor que estes citados.

Vamos tentar falar aqui dos efeitos colaterais da vacina contra o HPV. Sim, claro que eles existem, mas para isso é preciso alguma noção básica de como funcionam as vacinas. O princípio básico de qualquer vacina vem da observação clínica de que algumas doenças só são contraídas uma única vez devido a produção de anticorpos que duram, em geral, a vida toda. O melhor dos mundos seria adquirirmos a imunidade sem ficarmos doentes, não é? Isso é mesmo possível. Em algumas situações clínicas, quando achamos que o risco de alguém infectar-se é muito grande, administramos aos pacientes anticorpos contra determinado agente infeccioso e isso funciona muito bem (exemplo, hepatites virais, tétano). Entretanto, esses anticorpos conferem uma proteção de curta duração, são caros e por essa razão, utilizados, como eu disse, em situações bastante específicas. O melhor jeito é realmente “ensinar” o organismo a produzí-los, mas para isso é preciso “simular” uma doença mais fraquinha. É isso que a vacina faz. Existem vários tipos. Em alguns, matamos o agente infeccioso e administramos apenas os seus “cadáveres” para que o nosso organismo os reconheça da próxima vez que eles vierem, no caso, vivos e perigosos. Funciona bem. Outras vezes, domesticamos os agentes (a palavra que usamos é “atenuar”) para que, mais bonzinhos, eles não causem exatamente a mesma doença e nos protejam para sempre. Por fim, às vezes são retirados apenas pedaços principais da cápsula de alguns agentes de maneira que, tal como uma digital de um criminoso, nossas células de defesa possam identificá-los tão logo invadam nosso organismo. As vacinas mais modernas são desse último tipo e a vacina contra o HPV não foge à regra. Ela é dita “recombinante” porque “solicitamos gentilmente” a uma bactéria, veja só, que fabrique os pedacinhos de HPV que descobrimos serem os mais importantes e, depois de tratados e conservados, administramos nas pessoas. Com isso, os riscos de reações alérgicas diminuem muito e são exatamente as reações alérgicas os principais efeitos adversos desta e de qualquer vacina.

A lista abaixo, retirada daqui, enumera os principais efeitos colaterais da vacina quadrivalente, ou seja, que contém os quatro principais tipos de vírus HPV causadores do câncer uterino e que está sendo distribuída pelo SUS. Vamos a eles:

Efeitos Muito Comuns

Mais que uma em cada dez pessoas que tomam a vacina (ou seja > 10%) têm:

  • vermelhidão no local da injeção, hematomas, prurido (coceira), inchaço e dor local. Pode ocorrer uma inflamação local chamada celulite e nesse caso, um serviço de saúde deverá ser procurado.
  • Dor de cabeça

Efeitos Comuns

Mais do que uma em cada cem pessoas (ou seja > 1%) têm:

  • febre
  • náuseas
  • dores nos braços, pernas, mãos e pés

Efeitos Colaterais Raros

Por volta de uma em cada dez mil pessoas (ou seja > 0,01%) têm:

  • erupções cutâneas pruriginosas (tipo urticária, com “vergões”)

Efeitos Muito Raros

Menos que uma pessoa a cada 10.000 (ou seja < 0,01%) têm

  • Dificuldade de respirar, chiado no peito (broncoespasmo)

Efeitos Colaterais de Frequência Desconhecida

Tais efeitos não são possíveis de ser contabilizados porque são relatos individuais de pessoas que os reportaram a centros especializados e não dados provenientes de testes clínicos controlados.

Frequência desconhecida:

  • problemas sanguíneos que levaram a hematomas ou sangramento
  • calafrios
  • desmaio ou perda da consciência
  • tonturas
  • sensação de mal-estar
  • Sindrome de Guillain Barré
  • dor articular
  • aumento dos linfonodos (gânglios)
  • dor muscular ou aumento da sua sensibilidade
  • convulsões
  • cansaço
  • vômitos
  • fraqueza

Reações Alérgicas

Em raros casos, é possível que após a vacinação para HPV reações alérgicas mais graves conhecidas como reações anafiláticas ocorram. Os sinais de uma reação anafilática são:

  • falta de ar e chiado no peito
  • inchaço nos olhos, lábios, genitais, mãos, pés e outras áreas (chamados de angioedema)
  • coceira pela corpo
  • gosto metálico na boca
  • ardência, vermelhidão e coceira nos olhos
  • coração acelerado
  • perda da consciência

Tais reações foram computadas como extremamente raras, na ordem de 1 em 1.000.000 de vacinas aplicadas. Por isso, as vacinas devem ser aplicadas em local apropriado com pessoal treinado para diagnosticar e tratar essas raríssimas complicações que, apesar de graves, têm reversão completa, sem deixar qualquer tipo de sequela. A página específica da vacina no FDA (órgão norte-americano semelhante à nossa ANVISA) pode ser checada aqui.

É isso. A vacinação é a melhor prevenção para doenças e esta é a primeira vacina contra um tipo específico de câncer, sem dúvida, um enorme avanço. Aproveito para perguntar: onde estariam os críticos da vacinação do H1N1 que há 5 anos espalharam os mesmos boatos sobre a vacinação contra a gripe suína? Por falar nisso, já tomei a minha este ano. E você?

Referência

ResearchBlogging.orgKlein, N., Hansen, J., Chao, C., Velicer, C., Emery, M., Slezak, J., Lewis, N., Deosaransingh, K., Sy, L., Ackerson, B., Cheetham, T., Liaw, K., Takhar, H., & Jacobsen, S. (2012). Safety of Quadrivalent Human Papillomavirus Vaccine Administered Routinely to Females Archives of Pediatrics & Adolescent Medicine, 166 (12) DOI: 10.1001/archpediatrics.2012.1451
Atualização (06/05/2014)

Não deixem de ver o sensacional vídeo sobre vacinas do Nerdologia.

Discussão - 67 comentários

  1. Como faço há mais de 10 anos já tomei a vacina da gripe safra 2014. E minhas 3 filhas tomaram HPV antes de entrar no programa dos postos de saúde. Custou caro pacas, mas acho que foi dos melhores investimentos que fiz.
    Pena que não existe ainda vacina contra dengue, que me derrubou por 9 dias….

    • Karl disse:

      Três filhas!! hehehe. Não tinha uma TV ou DVD, não?! Que prejú, hein? Mas tenha certeza que a vacinaçã valeu a pena. A propósito, elas tiveram algum efeito colateral? Acho que a da Dengue ainda demora um pouco, infelizmente…
      Obrigado pelo comentário.

      • É que duas são gêmeas!!!
        O único efeito desagradável foi uma das gêmeas fugindo da agulha para depois dizer: Não doeu nada.

        • Karl disse:

          Gêmeas! Que legal. Parabéns. Vai ter uma velhice tranquila cheio de filhas assim. Nossa, como elas cuidam dos pais. Impressionante! Sofro com as filhas no consultório hehe. Elas cobram muito de mim. Aprendi a curar na faculdade, mas a cuidar mesmo foi com as filhas dos meus pacientes.

    • moacyr disse:

      voce dis asim por que voce nao conheçe o plano dos hiluminates que e a reduçao da populaçao…..mas nao se preocupu porque jesus voutara antes disso para arebatar a sua igreja ..que Deus posa ter misericordia da nossa vida nesta hora….

  2. Alecsander disse:

    Eu digitei Smallpox no google images, e vi uma serie de visões piores do se poderia considerar como “visão do inferno”. A varíola é mesmo uma doença monstruosa, esses retardados mentais que fazem campanha contra qualquer tipo de vacinação deveriam contrair varíola pra ver o que é bom pra tose

  3. laura disse:

    Olá, Karl. O que você acha da vacinação contra o HPV para meninos? Tenho dois filhos adolescentes e estou em dúvida entre vaciná-los ou não (confesso que o preço da vacina pesa na minha indecisão…).

    • Karl disse:

      Olá Laura,

      A campanha de vacinação foi designada para meninas antes da primeira relação sexual. Isso significa que o maior risco(ou custo)/benefício é para essa idade e gênero. O benefício para meninos é menor, o que nos faz olhar para outros critérios. No caso, realmente o custo das 3 doses é elevado (por volta de 400,00 por dose). Entretanto, temos que lembrar que os meninos, por não possuirem útero e, portanto, não correrem o risco do câncer de cérvice, podem ter condilomas genitais, câncer anal e peniano. São bem mais raros, mas a estatística só funciona quando não é com a gente. Além disso, eles não transmitirão o vírus para suas eventuais noras ;).

      Espero ter ajudado…

  4. laura disse:

    Ajudou, claro! Obrigada!

  5. debora disse:

    ola, minha filha tomou a vacina do HPV e teve nausias calafrios ficou branquinha e quase desmaiou o coraçao desparou. estou com medo de dar a segunda dose , oq devo fazer?

    • Karl disse:

      Olá Débora. O que sua filha teve não foi uma reação específica da vacina mas sim, uma resposta ao estressa da injeção. Isso pode acontecer com qualquer vacina e os técnicos estão acostumados com isso. Normalmente, aplicar a vacina com a pessoa deitada resolve esse problema. Complete o esquema de vacinação normalmente.

      • Eliane disse:

        Olá Karl!
        A respeito da sua resposta para a Débora, não concordo, pois, nessa idade, as crianças já passaram por diversas vacinas, deveriam ter as mesmas reações com as outras também, se fosse o caso de estresse.
        Meu filho tomou a 1a dose, não teve reação, mas estou com muito medo de dar a segunda. Obrigada!

        • Karl disse:

          Eliane, as vacinas são feitas de maneira diversa. Algumas vacinas são inoculadas em embriões de galinha e podem causar reações alérgicas em quem já é alérgico a proteínas presentes nos ovos de galinha. A indicação da vacinação depende de uma análise de risco-benefício. Aqui vão algumas recomendações da ASBAI (Associação Brasileira de Alergia e Imunologia)

          Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola): pode e deve ser administrada em pacientes com alergia ao ovo, independentemente de sua manifestação clínica (incluindo anafilaxia).
          Vacina da gripe (Influenza, incluindo H1N1): indicada em pacientes com alergias leves e moderadas a ovo. Pacientes com urticária ao alimento devem ser observados por cerca de 30 minutos após a vacinação. O Ministério da Saúde (2014) contraindica a vacina para pacientes com história de anafilaxia ao ovo.
          Febre amarela: contraindicada em alérgicos ao ovo, diante de qualquer manifestação clínica.

          Como você pode notar, a vacina para HPV não está nessa lista. Acho que seu menino mereceria as doses restantes.

  6. cintia pedras disse:

    oi estou com olhos vermelhos e inchados a dois dias apos a vacina e ardendo tenho que proucurar o medico? tenho 30 anos.

  7. Jéssica disse:

    Minha irmã tomou a segunda dose e agora está com dor de cabeça e um pouco de febre, isso é normal? Levamos no médico?

  8. Adinha disse:

    Olá Karl, tomei a vacina (2 doses ainda), após a primeira dose senti coceiras nas palmas das mãos e logo depois tornou-se uma alergia, minhas mãos estão despelando, bem como os braços e pescoço irritados e com coceiras. Será q tem a ver com a vacina. O que vc me recomenda? Ja busquei ajuda em dermatologista, mas ate o momento nao obtive resultados.

  9. Felizeth disse:

    olá, Karl
    Gostaria de saber se a vacina altera o período menstrual?
    Agradeço.
    Felizeth.

    • Karl disse:

      Não deveria, hehe. Alterações nas regras não fazem parte dos efeitos colaterais descritos.

      • Flávia disse:

        Kal, estou preocupada….a médica da minha filha falou que ao completar 9 anos era pra dar a vacina porém eu dei …so que agora fui em outra médica ela achou absurdo eu te feito isso ….dissw que corpo dela vai mudar Etcc tem relatos sobre isso ?

        • Karl disse:

          Mas não entendi. Ela queria vacinar mais tarde? A primeira dose da vacina é recomendada a partir dos 9 anos mesmo. Não vejo qual a relação entre as coisas..

  10. euu disse:

    A vacina da mais ou menos quais sintomas?Quem esta no segundo mes de dengue pode tomar?Pode dar a doença mesmo tomando?Alérgicos a leite podem tomar?

  11. euu disse:

    Quais sintomas mais comum ?quem esta no segundo mês de dengue pode tomar?alérgicos a leite?Pode ter a doença mesmo tomando?

  12. euu disse:

    Nem tomei ainda com medo..

  13. debora patricia alves disse:

    minha filha tem 9 anos ée é muito alegica tem asma e bronquite asmática quais os riscos dessa vacina neste caso?

  14. Ana Francisca disse:

    Adorei seu post. Tenho o mesmo pensamento. Já vacinei a minha filha e não tive problemas.

    • aleciandra disse:

      minha filha tomou a vacina dia 28 de abril depois de treis dias começou casar o corpo todo e onde ela coçava ficava uns vergois groso tipo raiados levei ela no medico falo que era rea soes da vacina deu uma injesoa anti alérgico viemos embora pra casa ficou boa dois dias ai começou tudo de novo levei ala no medico outra veis tomou outras duas injesao e passou o ante alérgico pra toma em casa ficou boa tomando o remédio depois o remédio acabou passou dois dias voltou de novo levei ela no pediatra ontem passou mais dois remédios não sei mais o qui eu faço pra minha filha melhora vamos ver se com esses dois remédios ela melhora vil …

  15. Beatriz disse:

    Olá.
    Eu tomei minha primeira vacina contra HPV e surgiu um machucado na parte interior das minhas nádegas. E meus linfonodos doeram também. Será que devo procurar um médico? Ou só esperar passar?

  16. Olá tive Nic 1 porem meus papas se normalizaram ,minha mediva pediu para eu tomar a vacina oque acha???

  17. RENATA disse:

    HOJE DIA 21 DE SETEMBRO A MINHA FILHA LEVEI PARA TOMAR HPV ALÉM DELA TER DESMAIADO ELA TAMBÉM DEU CONVULSÃO EU DEI FOI A PRIMEIRA DOSE PARA NUNCA MAIS ESSA VACINA DEVERIA SER MAIS OLHADA E NÃO SAINDO DANDO NAS CRIANÇAS QUE ESSA VACINA FOI FEITA PARA O JAPÃO TEM DE SER MAIS TESTADA EU ACHO QUE HOJE FOI A MINHA PIOR EXPERIÊNCIA QUE EU PASSEI ACHEI QUE IA PERDER A MINHA FILHA FOI UM SUSTO DANADO QUE EU TOMEI NÃO SABIA O QUE FAZER AGORA ELA FOI PARA ESCOLA E A VAN TROUXE DE VOLTA QUE ELA CHORAVA DE DOR DE CABEÇA MUITO FORTE TIVE QUE LIGAR PARA A PEDIATRA DELA PARA RECEITAR UM REMÉDIO PARA TIRAR A DOR DELA É UM ABSURDO O EFEITO DESSA VACINA DEVIA SER MAIS ORIENTADA MAIS OS RESPONSÁVEIS QUE SÃO OS PAIS

    • HELENA SATOMI ITIAMA disse:

      Esta semana o meu filho de 14 anos tomou a segunda dose é como na primeira dose disse não sentir nada. Mas dois dias depois teve tontura forte com sensação de desmaio. Isto chamou a minha atenção pois alguns dias após a primeira dose, de manhã cedinho ao escovar os dentes ele perdeu os sentidos e caiu. Ao pesquisar os efeitos colaterais da vacina ví muitos relatos de desmaios mas que os médicos desconsideram pois acham que é stress emocional pela injeção mas o meu filho apresentou o problema alguns dias depois.

  18. Rita disse:

    Minha neta tomou a segunda dose ontem 30/09/15, hj esta com dor no braço, queria saber se posso fazer compressas, ou quente ou de gelo para aliviar a dor, e se posso dar dorflex para a dor, ela tem 9 anos.

  19. Gisa disse:

    Minha filha tomou a primeira dose e não teve absolutamente nada. Mas agora na segunda dose teve febre, dor de cabeça, diarreia, prostração. Eu gostaria de saber se devo informar algum órgão sobre estes sintomas.

  20. jullia medeiros disse:

    olá! estão falando na minha cidade de que quem toma n pode mais ter filhos, estou com muito medo, pois quero ter filhos, isso é verdade ?

  21. Joqo disse:

    Karl, quais são os perigos de uma vacina vencida?

    • Karl disse:

      Excelente pergunta, Victor. Obrigado pela oportunidade.

      O maior problema é que a potência da vacina cai. Potência aqui significa a capacidade que a vacina tem de imunizar a pessoa contra aquela doença específica. No caso de uma pessoa receber uma vacina vencida, recomenda-se que ela seja repetida em 4 semanas se for virus atenuado ou imediatamente, no caso de não ser. É possível também fazer as sorologias (exames para testar se a imunidade foi adquirida ou não) e verificar se a vacina fez o efeito desejado. O ideal mesmo é não utilizar vacinas vencidas.

      Isso é um problema porque os fabricantes só garantem o prazo de validade desde que as condições de armazenamento sejam boas. Se a vacina ficar fora da geladeira ou, por alguma razão, faltar luz em alguma localidade e a geladeira descongelar por um período suficientemente longo, a vacina pode perder a eficácia rapidamente, mesmo estando dentro do prazo de validade. Isso ocorreu em São Paulo, por ocasião de vacinas de sarampo na década de 90 e é o maior problema de países tropicais como o nosso, onde as vacinas têm de ser transportadas a locais longínquos, muitas vezes em condições precárias.

  22. Edio disse:

    Essa vacina pode ter relação com os casos de microcefalia!

  23. Cesar Silva disse:

    Se esta vacina quadrivalente é tão segura, qual a razão do governo japonês haver suspendido a vacinação com a mesma e o Ministério Público de Uberlândia – MG haver entrado com ação contra o ministério da Saúde e a ANVISA, exigindo a suspensão da vacinação com a mesma ?
    Será que o mero empirismo de “com minhas filhas não aconteceu nada” é realmente a garantia para todas as outras meninas diante de tantos casos onde houve até óbito das meninas vacinadas ?
    Conheço caso de menina de 10 anos que, após vacinação desenvolveu caso grave de mialgias, paralisia parcial e hoje, após ter sido examinada até nos Estados Unidos, ainda sofre com dores, entrevada sobre uma cama…
    Pesquisem a verdade é não exponham suas filhas sem estarem seguros de ser mesmo o melhor para elas…

    • Karl disse:

      Cesar, se vc prefere basear sua decisão em vacinar seus filhos(as) no MP de Uberlandia, tudo bem. Vc assume a responsabilidade. Eu baseei a decisão de vacinar meus filhos em robustos testes epidemiológicos realizados em populações ao redor de todo o mundo. Tô bem tranquilo. Abraço.

  24. Fran disse:

    Olá, tomei a segunda dose e me sinto muito bem! Tenho uma lesão no colo que o meu médico acha ( no exame colposcopico não acusou) ser causado pelo HPV e o mesmo disse que a vacina pode nos ajudar a tratar consideravelmente … isso procede?

  25. Janaina disse:

    Tomei a3a dose ontem foi até no começo do dia.no fim do dia começou me dar febre derrepente 37,8C e dor de cabeça. Fui para hospital e pediram exame de sangue dando queda nas plaquetas para 146.000(normal 150.000) a médica deu suspeita de dengue, porém ficou na dúvida porque a queda foi bem pouca para ser dengue. Será que não foi reação da vacina? Eu até comentei com ela que havia tomado. Segunda ela, não tem chances porque as outras doses não tive nada.

  26. Bianca Barbosa disse:

    Oie Pode Tomar As Tres Doses Num Dia Só?

  27. Mike disse:

    Olá, vacinando meu filho amanhã, preciso vacinar ano que vem novamente… Se nao vacinar quantos % de imunidade ele terá contra o vírus?

    • Karl disse:

      Mike,

      “O esquema vacinal inicialmente indicado e utilizado em vários países é de três doses, aplicadas em intervalos de 0, 1-2 e 6 meses. Neste esquema o intervalo entre a primeira e segunda dose é de um a dois meses (mínimo 30 dias), entre a segunda e terceira de quatro meses (120 dias) e entre a primeira e a terceira dose, intervalo de seis meses (180 dias). No Brasil, o Ministério da Saúde adota o esquema vacinal estendido, aplicando-se três doses aos 0, 6 e 60 meses, ou seja, o intervalo entre a primeira e a segunda dose é de seis meses e entre a primeira e terceira dose, de 60 meses”. São possíveis esquemas com duas doses, em especial para meninos, com taxas de imunização acima de 80%.

  28. Luanda disse:

    A Vacina do HPV já foi proibida em vários países, além de Japão, foi proibida na Europa, EUA e inclusive na Africa.
    No nosso País não conseguiram proibir ainda, porque alguém precisa ganhar dinheiro, principalmente os médicos que insistem um monte em dar esta vacina nas meninas. Inclusive se pesquisarem bem na internet, acharam a matéria de médicos que estudaram a vacina do HPV na Europa em um congresso, o qual foi provado que um dos efeitos colaterais e considerado o pior é a infertilidade. Não adianta os médicos do Brasil dizer que isto não é verdade, porque os médicos daqui são fracos e são formados nas faculdades para encher os pacientes de remédios e não para curar a doença.
    Nas minhas filhas não deixarei dar a vacina, pois é assustador ver os efeitos colaterais, relatos de Pais que deixaram dar a vacina em suas filhas ou qual algumas morreram após terem recebido a vacina e outras tendo sequelas irreversíveis. No nosso País a única coisa importante é ganhar dinheiro é quem pode mais, a saúde do ser humano não importa, o mesmo é agora com a vacina da gripe H1n1 com mercúrio muito alto em sua fórmula.

    • Karl disse:

      Cara Luanda,

      Você teria a gentileza de compartilhar conosco suas “pesquisas” na internet? Eu conheço algumas que você citou e sei que não são confiáveis. Pode ser que haja alguma nova, então ficaria muito feliz se você pudesse embasar suas afirmações em ciência séria, ok? Se você não responder ou não citar nenhuma pesquisa, seria melhor que você não divulgasse informações erradas assim. Sabe por quê? Porque vacinas têm salvado inúmeras vidas há quase 200 anos e não será qualquer boato mal fundamentado que vai mudar isso, beleza? Espero que você possa ter experiências melhores com os médicos brasileiros. Grande abraço

  29. Amanda disse:

    Olá , tenho o virus hpv e fui tomar a vacina hoje pela manhã , porém de tarde deram umas bolinhas na parte inferior da lingua e no freio da lingua ,será algum efeito da vacina ? Já chorei muito pois não tenho nada no útero , descobri pq deu uma verruga e achei estranho fui ao médico ele fez a retirada e mandou para o exame e deu condiloma acuminado depois de 2 meses deu mais duas e em seguida voltei ao médico e ele queimou com ácido e desde então volto para ter o controle , mas na boca nunca deu nada . Achei estranho porque tomei a vacina dormi de tarde e acordei com essas bolinhas na boca . E não achei nada a respeito de quem tem o virus e já tomou a vacina se deu algum efeito.
    Obrigada

  30. Paulo disse:

    Tomei hoje de manhã a vacina. Não senti nada, nem dor e nem febre..

    To preocupado se a vacina que tomei esta boa, se vai ter ou não efeito pq todos falam q ela é mto forte e os efeitos sempre aparecem.

    Quando posso fazer o exame de sorologia da vacina? Com qtod dias dps?

    Grato.

  31. my love disse:

    ola eu levei a terceira vacima do colo d utero a tres semanas e agora comecou me a doer o braço a mexer a tocra enchou e comecou me a doer tambem o peito o que sera , ja estou asssim a uma semana

    • Karl disse:

      Não sei se entendi bem “my love”, mas esses efeitos que vc descreveu não estão entre os mais comuns associados à vacina. Na dúvida, consulte um médico do posto de vacinação.

  32. Mary disse:

    Olá Karl,
    Preciso saber quais os motivos de uma pessoa forte de 59 anos aparecer com câncer de garganta .Será que o HPV é a causa?pq se aparece nos exames..tenho minhas dúvidas pois se a pessoa leva um estilo de vida ruim na parte alimentar e stress..mas não fuma nem bebe…como o HPV pode ser a explicação?e a parceira..quais os riscos?também fiquei pensando pois estes parentes insistem que eu me vacine… Quais os riscos de inalar no centro cirúrgico todas químicas para um cancer de garganta?grata

    • Karl disse:

      Olá Mary, O HPV pode ser causa de câncer de laringe sim. Há exames para verificar isso. O principal fator de risco para esse tipo de câncer é o tabagismo e o alcoolismo. Converse com seu médico sobre suas dúvidas. Obrigado pela visita.

  33. vannessa medeiros disse:

    Olá, Karl. É normal haver algum sintoma uma semana depois de ter tomado a primeira dose? Está vermelho e quentinho, além de dolorido no local até um pouco abaixo da injeção.

    • Karl disse:

      Pois é, Vannessa. Esta reação está descrita no tópico “muito comum” no texto. Faz parte. Se não melhorar em mais 3 ou 4 dias, recomendo procurar o local onde a vacina foi administrada. Em geral, passa e volta tudo ao normal.

  34. Camila de Oliveira disse:

    Opa, por gentileza, alguém pode me informar quanto tempo depois aparecem os efeitos colaterais?

    Estou com uma sobrinha com suspeita de efeitos colaterais raros. Situação de desespero aqui.

    • Karl disse:

      Olá, Camila. Depende do tipo de efeito colateral. Melhor conversar com o médico dela ou algum ginecologista, ok?

    • HELENA SATOMI ITIAMA disse:

      Meu filho apresentou vertigem e desmaio alguns dias depois. Na primeira dose desmaiou de manhã cedo, logo após acordar, 3 dias depois. Na segunda dose, dois dias depois jogando bola. Só percebi que era da vacina agora, na segunda dose, pois nos dias das vacinas meu filho ficou bem, disse que nem doeu.

  35. Jessica disse:

    Tomei a vacina hoje, me deu um pouco de dor de cabeça e o braço ficou dolorido
    tenho 33 anos

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM