14 – Introdução ao dimensionamento de uma fonte energética

E aí  pessoal, como estão?

Lembrando que o Blog também está no LinkedIn, além das redes sociais anteriores (Facebook e Twitter). Você se lembra do texto número 6, em que eu relato a importância de se estudar o consumo de energia para dimensionamento de fontes energéticas?

Neste texto vou falar sobre o primeiro passo de qualquer dimensionamento de um sistema energético. Basicamente, é uma introdução de como aplicar este procedimento para uma implementação de qualquer fonte de energia. Vejamos então os passos básicos.

1 – Contabilizar seus equipamentos

O primeiro passo é saber o que dentro de sua residência consome energia elétrica. Como por exemplo, as lâmpadas, a televisão, chuveiro, dentre outros aparelhos comuns. Geralmente, todas as casas têm como maior quantidade de equipamentos eletrônicos as lâmpadas, sendo uma em cada espaço distinto.

2 – Levantar dados destes equipamentos

O próximo passo é levantar os dados destes equipamentos que consomem energia elétrica, após serem identificados (2).

Os principais dados são:

– Tempo que o objeto fica ligado

– Potência elétrica do objeto

O aconselhável é criar uma tabela, e se quiser, colocar mais alguns dados, dependendo do seu trabalho. O importante é que ela conste o tempo que os seus aparelhos ficam ligados, para a determinação do quanto de energia que estes consomem por dia*. Se quiser, pode fazer uma outra tabela, com os mesmos equipamentos, porém com horas de consumo diferentes, para indicar que existe consumos diferentes dependendo do dia.

*Não confundir o tempo do dia, com o tempo do aparelho. Neste caso, é o tempo que fica ligado por dia, não o tempo total do dia.

No link deste texto irá estar um simulador no site da Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG) para a finalidade deste segundo passo (3).

3 – Somar a potência total dos equipamentos

Como o próprio nome diz, consiste em você utilizar os dados coletados e fazer o somatório. Este somatório irá representar o quanto de energia é gasto em um dia. E você pode usar este resultado para descobrir o quanto é gasto em um mês, e ate mesmo em um ano.

Utilidade deste resultado:

A principal utilidade deste resultado é em relação a previsão do quanto que você gasta por mês do consumo de energia elétrica. Tanto que isto é útil para todos os consumidores, independente de sua área de formação. Isto pois em qualquer conta de luz, aparece a unidade de preço por unidade de energia (o comum é R$/kWh).

Inclusive dependendo do mês, é importante lembrar que as tarifas podem ser diferentes. Como é o caso da tarifa, verde, amarela e vermelha (1). Logo, é aconselhável fazer as contas considerando todas as tarifas possíveis. Tanto que você pode utilizar este resultado para poder remanejar seu consumo, para pagar menos energia, dependendo de sua situação financeira.

Uma outra utilidade já foi dita no texto 6, que é utilizar o consumo para dimensionar sua fonte de energia. Que é um assunto para outro texto. Nos próximos textos será mais detalhado fonte por fonte de como fazer tal dimensionamento.

Muito obrigado e até a próxima.

Referências Bibliográficas:

(1) SGT. Tarifas Consumidores. Disponível em: <http://www.aneel.gov.br/tarifas-consumidores/-/asset_publisher/e2INtBH4EC4e/content/bandeira-tarifaria/654800>. Acesso em: 12 dez. 2018.

(2) SILVA, D. C. M. DA. Estimando o consumo de energia elétrica. Disponível em: <https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/fisica/estimando-consumo-energia-eletrica.htm>. Acesso em: 12 dez. 2018.

(3) Simulador de consumo. Disponível em: <https://www.cemig.com.br/pt-br/atendimento/Documents/SimuladorDeConsumo/Cemig-Estime seu Consumo2.htm>. Acesso em: 12 dez. 2018.

Rafael Henrique

Sou graduado em Engenharia de Energia pela PUC Minas. Recentemente, concluí o mestrado em Planejamento de Sistemas Energéticos pela UNICAMP. Decidi dar inicio a este blog, com o intuito de abrir o espaço de divulgação científica relacionado a energia e seus temas relacionados.

Você pode gostar...

7 Resultados

  1. Marcio disse:

    Parabéns rafael🏅🏅🏅

  1. 14 de janeiro de 2019

    […] dito no texto anterior, irei abordar resumidamente como dimensionar um sistema de energia. O primeiro texto desta serie é […]

  2. 13 de março de 2019

    […] a energia mecânica em energia elétrica para ser utilizada. Recomendo bastante a leitura do primeiro texto sobre dimensionamento do consumo para dar prosseguimento a utilização da energia adquirida. […]

  3. 1 de julho de 2019

    […] nossa serie de dimensionamento de sistemas energéticos, já abordamos a energia solar (fotovoltaica e […]

  4. 20 de abril de 2020

    […] blog, há uma série sobre dimensionamento de fontes de energia, cujo primeiro texto trata sobre o consumo dos aparelhos de cada local. Tal texto é importante para se ter uma noção do estudo de […]

  5. 20 de abril de 2020

    […] blog, há uma série sobre dimensionamento de fontes de energia, cujo primeiro texto trata sobre o consumo dos aparelhos de cada local. Tal texto é importante para se ter uma noção do estudo de […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *