44 – Star Wars e o uso do sol como arma de destruição

E aí pessoal.

Star Wars atualmente é uma das maiores franquias no cinema. Tanto que a primeira trilogia (referenciada até os tempos modernos) é bastante popular, em especial os personagens Luke Skywalker e Darth Vader.

Porém, o nosso foco vai ser na terceira trilogia de Star Wars. Em especial, o que ocorre no filme “Star Wars: O Despertar da Força”.

File:Star Wars The Force Awakens.jpg - Wikimedia Commons

Energia solar

Durante o filme Star Wars, um dos lacaios do Kylo Ren utiliza uma poderosa arma, capaz de destruir vários planetas. Tal arma utiliza nada mais e nada menos que o sol. O seu nome é Starkiller Base, a qual é um planeta que foi modificado para ser utilizado como base militar e arma de destruição em massa.

A arma é energizada pelas estrelas, de tal modo que elas coletam a energia negra (quintessence) do sol, até ela estiver pronta para a utilização[1][2].

Em resumo: a arma suga toda a energia do sol ate não poder mais, e depois a dispara.

Starkiller base

Tal arma é utilizada pelos antagonistas de forma a perseguir seus opositores, pois o filme se passa num cenário de guerra intergaláctica.

Para inutiliza-la, a resistência necessitou destruir o seu oscilador térmico, o qual garantia que não houvesse uma sobrecarga de energia na utilização da arma.

Nota: A energia solar já foi abordada varias vezes neste blog. Desta forma, sugiro a leitura de dimensionamento de sistemas energéticos, em especial em relação a energia fotovoltaica e a energia fototermica. Também há textos, como o 13 e o 26, que abordam temas relacionados à energia solar.

É possível a arma existir?

Bem, alguns especialistas afirmam que não. Pois como a arma suga a energia das estrelas, tal procedimento consegue ir além das leis da física já previstas. Tais relações estariam relacionadas a conservação de massa e de momento. Isto pois a absorção da gravidade faria uma alteração significativa tanto na força gravitacional no planeta da arma, quanto a sua rotação no espaço[3].

Há também a questão do suporte a temperatura do sol, a qual parece ser insuficiente ate para os habitantes do planeta aonde a arma é acoplada, chegando ate a fazer alterações climáticas[4][5].

Apesar disso, é importante ressaltar que não é função do filme seguir a física corretamente. Ainda mais filmes que tratam de ficção científica.

E se fosse possível?

Bem, caso fosse possível a tecnologia de Star Wars para suprimento energético, poderia resolver o problema da sazonalidade do sol de uma forma mais efetiva ate do que as baterias. Isto pois as baterias armazenam a energia solar para utiliza-las por um determinado tempo. Porém, quando o sol pode ser “sugado”, não há a necessidade de armazena-lo. Seria até uma forma mais eficiente do que utilizar a Death Star coberta de módulos fotovoltaicos, cujos estudos já foram feitos[6].

Como tal arma não existe, quais soluções para a sazonalidade do sol podem ser propostas? Aguardo sua resposta nos comentários.

Referências

[1] ALLAIN, Rhett, Force Awakens’ Starkiller Would Actually Fling Everyone Into Space, Wired, disponível em: <https://www.wired.com/2016/01/force-awakens-starkiller-would-actually-fling-everyone-into-space/>, acesso em: 16 ago. 2020.

[2] LATCHMAN, David, THE PHYSICS OF THE DEATH STARS AND STARKILLER BASE IN “STAR WARS”, Science Versus Hollywood, disponível em: <http://sciencevshollywood.com/the-physics-of-dark-energy-and-starkiller-base/>, acesso em: 16 ago. 2020.

[3] GRUSH, Loren, The physics of Star Wars’ Starkiller Base: could that really happen?, The Verge, disponível em: <https://www.theverge.com/2015/12/20/10629100/star-wars-the-force-awakens-starkiller-base-sun-physics>, acesso em: 16 ago. 2020.

[4] COLLIVER, Jordan, The dark side of solar power in Star Wars: The Force Awakens, Science Focus, disponível em: <https://www.sciencefocus.com/space/the-dark-side-of-solar-power-in-star-wars-the-force-awakens/>, acesso em: 16 ago. 2020.

[5] OSWALD, Anjelica, Here’s how “Starkiller Base” — the deadly weapon from “Star Wars” that can blow entire planets to bits — works, Business Insider Australia, disponível em: <https://www.businessinsider.com.au/heres-how-starkiller-base-weapon-works-star-wars-2015-12>, acesso em: 16 ago. 2020.

[6] Curiosidades: Star Wars e a Energia Solar, Solstício Energia, disponível em: <https://www.solsticioenergia.com/2019/12/05/star-de-star-wars-energia-solar/>, acesso em: 16 ago. 2020.

Rafael Henrique

Sou graduado em Engenharia de Energia pela PUC Minas. Recentemente, concluí o mestrado em Planejamento de Sistemas Energéticos pela UNICAMP. Decidi dar inicio a este blog, com o intuito de abrir o espaço de divulgação científica relacionado a energia e seus temas relacionados.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *