Guiana vende serviços ambientais e conserva floresta

Há poucos dias o Jornal da Ciência publicou esta notícia anunciando a venda pelo governo da Guiana de serviços ambientais a um fundo de capitais britânico. Que serviços ambientais? Basicamente, os benefícios ao meio ambiente de uma floresta mantida intacta. Em dezembro publiquei aqui no Geófagos o post Como pagar ao meio ambiente?, infelizmente muito pouco lido, introduzindo aos leitores como seria a prestação de serviços ambientais e sua valoração. Vê-se agora um país vendendo os serviços de 405000 hectares de mata, entre os quais “regulação de chuvas, armazenagem de carbono e regulação do clima”. Os que não conhecem a realidade da pequena agricultura brasileira descapitalizada, criticam, a partir de seus escritórios com ar condicionado, a derrubada de matas para fazer carvão por agricultores ignorantes e de pequena visão. Mas a visão tem que ser pequena e de curto prazo: de que adianta salvar as florestas para o futuro e morrer de fome hoje? É inútil tentar-se salvar o mundo apelando para as consciências, principalmente quando estas estão famintas. O agricultor em geral não derruba matas por maldade, mas por necessidade. A forma mais eficaz de se evitar isto é pagando de forma justa para que eles mantenham a vegetação de pé, pagando os serviços ambientais prestado pelas matas intocadas. E não só das matas, o solo acumula muito mais carbono que a vegetação e isto é um grande e potencialmente caro serviço, deveria também ser pago. Aliás, isto seria uma alternativa interessante para auxiliar a conservação da caatinga e do cerrado, a primeira ameaçada pela completa ausência de fonte de renda de agricultores do semi-árido, o segundo pela voracidade entomológica de sojicultores et allii. Há regiões de difícil agricultura que poderiam ser usadas extensivamente para isso. A Zona da Mata mineira, por exemplo, é uma região extremamente montanhosa e de solos nutricionalmente pobres. As áreas mais produtivas são os terraços nos vales. Mesmo assim, os morros estão quase completamente desmatados para a formação de pastagens, aliás muito degradadas, e a madeira restante é em geral usada para fazer carvão. Os topos dos morros se prestam à regeneração das matas e prestariam um serviço ambiental essencial para a região: a captura e manutenção da água que alimenta as nascentes de rios da região. É necessário buscar-se alternativas ousadas para a resolução dos grandes problemas ambientais de nosso tempo e usar o realismo monetarista como aliado, revertendo o papel do dinheiro como grande causador das tragédias mundiais modernas.

Discussão - 3 comentários

  1. Laura disse:

    Muito interessante essa idéia.Mas a partir daí podem surgir problemas.Quem paga?Quem fiscaliza?Quem sai realmente beneficiado?Seria essa conservação uma conservação monitorada ou apenas a delimitação das terras?
    A idéia não vai à frente porque o beneficiado imediato é o agricultor ou dono das terras. E ninguém quer ter o trabalho de criar um novo conceito e evoluí-lo para não ver resultados imediatos.

  2. Italo M. R. Guedes disse:

    Cara Laura,
    Penso que qualquer um poderia pagar. Acredito que este tipo de negociação poderia ser feita através de empresas privadas com este objetivo e a negociação com o agricultor seria feita por meio de contratos. A fiscalização desta forma ficaria por conta da empresa vendedora dos serviços. Talvez fosse interessante a participação de ONGs nesse tipo de negócio. No caso do Brasil, creio que o ideal seria deixar de fora qualquer agência federal, principalmente no que diz respeito à fiscalização: seria uma excelente via de infecção corruptora, como outros casos. Enfim, é uma idéia a ser considerada. A equipe do Geófagos está considerando as possibilidades de criar um negócio ou uma ONG para trabalhar com isto, mas por enquanto estamos apenas no plano das idéias.

  3. Jeean Kleber disse:

    Ola..
    Até que ponto realmente as pessoas tem verdadeiro interesse em fazer algo para contribuir para o combate ao aquecimento global e seus efeitos devastadores.
    Se você se preoculpa mesmo com a aquecimento global, convido você a conhecer e praticar de forma simples e economica, como contribuir para preservar o nosso GRANDE LAR e nossa saúde.
    Saiba mais no meu blog, e vamos divulgar para os amigos e familiares:
    http://poluamenos.blogspot.com
    http://timebrasil.wordpress.com/ffi
    Grato pela atenção
    Jeean Kleber
    jeeankbm@yahoo.com.br

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM