Os Dinossauros e Deus

Por Elton Luiz Valente

 

A ciência vive de idéias e fatos, a cultura universal vive de idéias e fatos. O problema surge quando os fatos são manipulados e as idéias viram dogmas. Na seqüência, vem o encabrestamento dos homens e de sua capacidade de pensar e questionar o mundo que os cerca. Quem discorda das convenções sempre enfrenta o Tribunal do Santo Ofício.

Tudo bem que se acredite no Criacionismo. O absurdo é tentar impor sua aplicação como disciplina nas escolas. Pior, às vezes ele vem como plataforma política. Vide o governo Bush (2001-2009), seus simpatizantes e alguns outros exemplos mundo afora. Para os criacionistas Deus criou o mundo e tudo o que nele há. O relato absoluto desta epopéia é a Bíblia, escrita pelos homens, mas por inspiração e ordem expressas do Criador. Contando-se as gerações regressivas de Cristo até Adão, chega-se ao surpreendente cálculo de que o mundo, ou o universo, foi criado por Deus cerca de 5.000 a 6.000 anos atrás – estes são números oficiais. Alguns “criacionistas modernos” tentam empurrar “a data da criação” para cerca de 10.000 anos. Mas o fato é que antes disso não havia nada. “No princípio era o abismo e a escuridão” (Gênesis: 1).

Aos criacionistas uma questão simples e objetiva: por que a Bíblia não fala dos dinossauros? Ela não traz o relato absoluto, fiel e acabado da obra do Criador?

Existe uma resposta lapidar para esta questão. A pergunta e a resposta não são minhas. Tomei-as emprestadas de dois grandes amigos meus que pediram para permanecerem anônimos. Certa vez, não faz muito tempo, estávamos na casa de um deles em uma festa de fim de ano. Havíamos bebido alguma cerveja, é bom que se diga. Lá pelas tantas, um deles, o mais religioso, diga-se, questionou: – Por que a Bíblia não fala dos dinossauros, ela não deveria falar de tudo o que existe no mundo? O outro respondeu: – É porque os dinossauros são de antes de Deus!

Uma sábia resposta para uma oportuna pergunta! Gostei tanto que guardei-as em minhas anotações. E agora, “com o advento do Geófagos”, apresento-as à Comunidade Geofágica.

É curioso como muitas vezes é difícil enxergar o óbvio. O homem criou Deus no momento em que começou a pensar nele, criando assim o conceito de divindade. A Bíblia foi escrita depois, e muito antes do homem tomar conhecimento da existência dos Dinos, portanto eles não poderiam estar lá. Observe que você encontra na Bíblia o trigo, a uva, a oliveira, a ovelha, o camelo, a base da economia do Oriente Médio bíblico, mas não encontra o milho, a batata, o cacau, o amendoim e a lhama, produtos típicos do Novo Mundo, da América Pré-Colombiana no período equivalente. É simples, Deus na Bíblia só sabe daquilo que o homem sabia.

Enxergar o óbvio quando se trata de religião é ainda pior, fomos criados por nossos pais, pelo menos a maioria de nós, com Deus sempre presente, à espreita, vigiando, ameaçando, “vendo fazer tudo que se faz dentro do banheiro” (Raul Seixas em Paranóia), aí fica difícil para muita gente imaginar-se sem Deus, imaginar o mundo sem Deus. O medo às vezes é tanto que alguns nem cogitam pensar no assunto. E assim caminha a humanidade, em círculos, na velha caverna de Platão.

 

Discussão - 30 comentários

  1. manuel disse:

    Caro Elton
    Que esteja bem e que tenha entrado com o pé direito no ano que acabou de nascer.
    A minha posição actual quanto a este tão controverso,e fundamental assunto,é a que ficou expressa no escrito que vem no “post” anterior.
    Há DEUS e há uma CRIAÇÃO EVOLUTIVA,fruto da SUA INTELIGÊNCIA E DA SUA VONTADE.
    Tudo quanto existe,dentro e fora de portas,passe a expressão,é OBRA de DEUS,directa ou indirectamente.
    A MÃE NATUREZA,com o Homem e a Mulher incluídos,nas suas trnsformações,apenas se têm servido dos tijolos primitivos,de acordo com Lavoisier.
    Tão simples como isto,a minha posição de hoje,cerca das sete da tarde do dia 10 de Janeiro de 2009.
    É uma crença. O mundo é tão complexo,o homem e a mulher tão complexos,o resto da natureza,dentro e fora de portas,tão complexas também,que só resta ao homem e à mulher,que o mais ajuizado,quanto a mim,é crer num DEUS ÚNICO que TUDO fez,e que tem estado à espera,não interssa o tempo,que o homem e a mulher ganhem juízo,de uma vez por todas.
    E pronto,Elton. De resto,nem precisava de tanta palavra. De palavras está o mundo cheio. Elas são precisas,mas palavras de entendimento,de fraternidade,de compaixão. O resto é tralha,é poeira,não faz cá falta nenhuma. O pior é que os homens são tantos,as mulheres são tantas. Como é que se vai entender toda esta gente? Creio que não haverá um homem ou uma mulher que tal feito possa cometer. Só DEUS.
    Muita saúde,muito bom trabalho,e muita paciência para se aturar a si e os que à sua volta encontre.

  2. glenn disse:

    não sou religioso nem acredito em deus, nem por isso me considero ateu. não fui batizado e não tive nenhuma educação religiosa.
    mas não acho um absurdo que se ensine as idéias do criacionismo na escola, o problema é ela ser lecionada em aulas de ciência.
    criacionismo numa aula de filosofia, p. ex. renderiam boas discussões e etc.
    além disso a bíblia também não merece tanto desprezo como grande parte dos não-cristãos têm. afinal como em qualquer narrativa, o narrador (geralmente) onisciente escolhe o que contar e como contar – isso, se contar.
    concordo que deus existe desde o momento em que o homem o criou. mas é engraçado as justificativas que as pessoas tentam dar para explicar seus pontos de vistas – e o como elas ficam incomodadas com um ponto de vista diferente (tanto os religiosos como os cientistas).
    pra terminar, mais uma vez ressalto que o grande absurdo de criacionismo na escola está nela ser lecionada em aulas de ciências.
    fora isso, já somos massacrados sendo limitados ao pensamento praticamente eurocêntrico, vestidos com ternos em plena região tropical e nos sentimos inteligentes.

  3. Caríssimo Elton,
    Até que enfim você resolveu publicar este post e a montagem, de muita criatividade. Olhe, este é um dos melhores posts críticos à pequenez de mente dos criacionistas que já li, sem cair no extremismo e elegantemente escrito. Excelente. Orgulho-me que tenha saído no Geófagos.

  4. Claudia Chow disse:

    O problema da religiao é o fanatismo, alias, nao só da religiao como em qq outra coisa da vida. Dá pra comparar com aquele ditado entre a diferenca entre o veneno e o antitodo está na dose.

  5. Meu Nobre Amigo,
    Sinto-me honrado com suas palavras…
    Nestes dias resolvi dar uma ajustada no texto e publicá-lo.
    P.S. Nesta semana recebi visitas ilustres em minha humilde casa: Daniel, Alessandro & Comitiva. Fizemos uma farra danada e, é claro, sentimos falta do Ilustre Colega. Pedro não veio, não se interessou, acho que é porque Bia não estava aqui.

  6. Prezado Manuel,
    Que bom “encontrá-lo” de novo aqui. Tenho em alta conta as sua opiniões no Geófagos. Até porque me considero apenas um ATREVIDO nesta arte nobre dos Grandes Cronistas.
    Acredite, sou um leitor assíduo da Bíblia. Considero-a um excelente livro que todos deveriam ler, mas que não a entendessem como “a verdade absoluta”. Até porque Jesus, quando questionado por Pilatos sobre o que é a verdade, respondeu com o silêncio. E Nietzsche, bem depois, nos ajudou ainda mais, afirmando que a verdade é relativa. Sábio Nietzsche!
    Mais uma vez quero dizer que tenho muito respeito por suas opiniões e aproveito para desejar um Feliz 2009, cheio de saúde, paz e realizações, para você e todos os seus.

  7. Prezado Glenn,
    Inicialmente quero agradecer a sua participação aqui no Geófagos. Sua opinião é muito bem vinda.
    Quanto ao nosso assunto, o problema é que nem todos pensam assim. Muitos agem por conveniência, principalmente aqueles que detêm poder. Estão sempre tentando substituir o evolucionismo pelo criacionismo nas aulas de ciências. Bush, por exemplo, tentou fazer isso em seu governo. Se a moda pega, nessa onda de misturar religião e política, corremos o risco de ficar a um passo de ver reeditado o Imprimatur, o carimbo do Santo Ofício.
    Seria ótimo que todas as formas de entender o universo fossem estudadas nas aulas de filosofia e história, é o ideal, quase uma utopia, mas nós nem temos aulas de filosofia regularmente instituídas nas escolas, é uma pena.
    Como você pode perceber nos meus artigos aqui no Geófagos, a minha intenção é me manifestar contra os dogmatismos tanto religiosos quanto “científicos” – entre aspas porque se é dogma, não é ciência.
    Mais uma vez, obrigado por sua participação.

  8. Claudia,
    Você sintetizou bem o problema, é isso mesmo. E a questão costuma ser ainda mais grave, pois neste mundo do espetáculo nem sempre as partes contrárias estão dispostas a dialogar com base na razão e no bom senso.
    Obrigado por sua participação.

  9. Felipe Lucio disse:

    Muito bom o artigo, parabéns!
    Concordo no ponto em que você diz que temos que impedir que a religião seja utilizada como um meio influenciador pela política.
    Mas temos que tomar cuidado também para que a própria ciência não acabe se tornando a nova fonte de verdades absolutas, como é o caso do aquecimento global, que está sendo utilizado politicamente e instituindo verdades que simplesmente ignoram qualquer crítica ou dúvida.

  10. Muito obrigado Felipe, pelos elogios e pela sua participação aqui no Geófagos.

  11. Roger disse:

    Entendo o que você quer dizer sobre “acreditar com fé” na ciência, os menos instruídos o fazem assim como nos dogmas religiosos, pois é mais prático que questionar a credibilidade da fonte e revisar e comprovar o ensinamento.
    Porém é o método científico que deve ser ensinado e aplicado, e não os resultados aprendidos com ele. Como dito, a verdade é relativa.
    Aquecimento global é política e economia, e não ciência. Os cientistas estão incertos quanto ele, quanto aos dados, fatos, os processo e variáveis. Porém o fator antropogênico(?) contribui, e isto é onde a política social, planejamento e economia e industria utilizam a ciência para impor estas ideias de desenvovimento e novas tecnologias.

  12. manuel disse:

    Caro Elton
    Em primeiro lugar,os meus muitos agradecimentos pelos seus votos,que retribuo a cem por um.
    Depois,para pôr à consideração de
    Felipe Lucio,que daqui saúdo,uma notícia do msn Notícias,de10/1/2009
    9:23 PM,com o título Aquecimento vai provocar uma crise alimentar.
    “Um estudo(publicado na revista
    Science)afirma que não se fizer nada para adaptar o planeta Terra ao aquecimento global pelo menos metade da população mundial irá sofrer por falta de comida até 2100…”
    Sem mais,um abraço,muita saúde,muito estudo,e sempre na dúvida,que ,Absoluto,só DEUS.

  13. Rapaz, deixe de conversa, quem nos honra é você, publicando no Geófagos. Olhe, realmente, meus meninos já demonstram precoce interesse pelo belo sexo, inclusive por filhas de amigo, mas pelo que soube, ele só não foi porque estava dormindo. De toda forma, um Rocha Guedes apenas já é suficiente para fazer estrago e, pelos vistos, Daniel se ocupou de sua baixela e maltratou suas orquídeas. Eu sinto pena de não poder ter estado presente, mas mandei representante.
    Grande abraço.

  14. Luiz Bento disse:

    Caro Elton,
    Parabéns pelo texto. Só um complemento. Os criacionistas hoje em dia não escondem mais seus furos. Eles se orgulham disso! Até fizeram um museu de 25 milhões de dólares em que a principal estrela são os dinossauros!
    Segundo o criador do museu, a bíblia disse que deus criou os animais no sexto dia. Os dinossauros são animais. Logo os dinossauros também foram criados na mesma “época” e viveram junto com adão e eva! Popper ficaria orgulhoso dessa lógica científica.
    Da uma olhada no vídeo. Imagina o que poderíamos fazer de divulgação científica séria, com 25 milhões de dólares…haja dízimo.
    http://www.youtube.com/watch?v=Wzjjxi7f0Oc
    Abraços.

  15. Muito obrigado Luiz,
    Pelos elogios e pela colaboração!

  16. Marcelo disse:

    Olá a todos,
    Li o texto, e quero deixar o que penso, para quem ler.
    Embora haja relatos historicos comprovados, a biblia não tem a pretenção de ser um livro de historia, ela trata do homem como um ser, que diferentemente do que a ciencia diz, não é um animal, e sim um ser a imagem e semelhança de Deus, se olharmos para a biblia com ceticismo, provavelmente não encontraremos nada, pois é isto que ela mesma diz.
    As reinvidicaçãoes que Jesus faz a cerca de Si mesmo e da Sua palavra são muito serias e tem implicações na vida do homem, e ai começam seus problemas e a luta incansável para refutá-las, pois se estas afirmações forem verdadeiras, toda ciencia do mundo, não será suficiente para o livrar.
    Posso compreender perfeitamente isso, por experiencia propria.Agora vamos olhar para estas pessoas ceticas, que que enchem a boca para dizer que Deus não existe, será que encontraremos algum conteudo? pessoas felizes e completas? ou será que estão se justificando para si mesmas?
    Não acredito na obrigatoriedade de se ensinar sobre o criacionismo em escolas,mesmo porque em menhum momento se verá na bliblia Deus obrigando alguem a crer Nele ou seguí-lo, tambem não acredito em religião, mas acredito que o homem sem Deus é vazio,porque foi criado para se relacionar com Ele e ser feliz, pois o fato é que as pessoas que creem são mais felizes, e quem for sincero consigo mesmo vai entender, pois, não há ganho algum com o ceticismo, nem pra quem proclama, nem pra quem abraça a idéia.Por isso não perca tempo, e descubra por si só.

  17. pomd e silva disse:

    o nome dinossauro é recente 180 a 200 anos ,do grego dinamus
    saurus e o livro de jó fala sobre eles ,creio se atentarem para as caracteristicas de alguns animais verão que não se parecem com nehum visto nos dias atuais.
    em relação criaçãoX evolução ambos precisam fé como eu falarei para uma criança que ela é fruto do acaso de uma serie de combinações e explosões e que formou aminoacidos e bacterias
    e bilhões de anos se tornou em uma menina e daqui bilhoes de anos ela se tornará uma árvore ou outra coisa “evolutiva”quem vive e respira biologia sabe da complexidade de uma célula e do D.N.A. É preciso mais fé ainda p/acreditar que algo inanimado tormou-se animado
    estanley realizou a experiencia que so provou que é preciso inteligência para gerar vida e que ainda logo assim foi invalidada porque ele não tinha provas de que a atmosfera terrestre continha amônia,metano e hidrogênio”elementos usados po ele”,e em 1980 a nasa demonstrou (ciencia) que a terra era composta assencialmente de agua,co2 e nitrogênio infelizmente muitos professores celebram ainda hoje os feito de estanley como verdade incontestavel.

  18. pomd e silva,
    Seus comentários deixam bem claro que seu conhecimento sobre evolução, geologia e química são bem precários. Talvez você devesse estudar um bom bocado, fazer uma pós-graduação no assunto e então tentar discutir de forma mais coerente. O problema da evolução não são aqueles que simplesmente não acreditam, mesmo sem saber o que é, são os que pensam entendê-la e tiram conclusões as mais espafúrdias a partir de noções menos do que correatas. Infelizmente, parece ser exatamente o seu caso.

  19. rogerio disse:

    Quanta besteira. a autora precisa de um sanatório

  20. Tiago disse:

    leiam o livro de jó cap. 40 que fala sobre o Behemot, que foi traduzido erradamente como hipopótamo, mas que na verdade significa “o magestoso”. E me expliquem sobre as pesquizas envolvendo o esqueleto de T-Rex encontrado nos EUA em 1992, cujos ossos continham células vermelhas, colageno e tecido fibroso.

  21. Anonymous disse:

    A Bíblia tem professias, ou seja, visões do futuro, como você diz que ela diz apenas do que os homens vivenciavam naquele momento?
    A psicologia diz que muitas coisas que Jesus pregava estão sendo descubertas agora, isso é, seus ensinamentos tem algo mais profundo o que parece em suas palavras e atos.
    Qualquer pessoa que lê pelo menos o Novo Testamento sabe que a Bíblia não é um livro comum. Ninguém pode julgar que é um simples livro um livro que atualmente é o livro mais discutido, mas lido e mais vendido na história da mundo.
    Ateus tentam por exemplo enconrar contradições na Bíblia e encontram, mas na verdade essas contradições não são de fato contradições pois os estudiosos já explicam cada uma dessas contradições que pessoas incultas procuram na Bíblia pra confundir os demais.
    Aqueles que fizeram a formar a Bíblia são muito sábios, pois qualquer pessoa que hoje morre, amanhã é esquecida, mas toda vez que dizemos o ano em que estamos dizemos que Jesus dividiu a história. ESTAMOS EM 2010 DEPOIS DE CRISTO.

  22. barbara disse:

    oque eu quero falar nao é um comentario mais som uma pergunta :
    como faco pra achar bibiografia de dinissauros???

  23. Ismael disse:

    A bíblia não tem nenhum tipo de profecia ou visão, a única coisa que se tem são metáforas que são relacionadas a algum acontecimento importante. Concordo na parte que nosso caro anônimo diz que aqueleS que “fizeram a formar” a bíblia, eraM muito sábioS, pois usaram de tamanha astúcia para criar um livro tão subliminar com metáforas usadas até hoje. Creio que se há um Deus, não é do jeito que explica a bíblia pois pra mim a bíblia é nada mais um livro que o homem (a mente humana) moldou à sua imagem.
    Por quê esse Deus da bíblia se limita tanto na terra e naquela época, como nessa conclusão?
    Por quê ele é apenas o criador do céu e da TERRA se existem tantos PLANETAS por aí? Seria mais convincente dizer que ele é o criador dessa Biosfera.

  24. Nath disse:

    Ismael, quando na bíblia diz “Criador do céu e da terra” acho que fica bem óbvio o fato de os planetas estarem no céu, etc etc.
    Deus não se limita à bíblia, tal livro foi montado a partir de várias escrituras de profetas e etc, mas não sem antes terem os seus fatos questionados entre a pessoas envolvidas ou ao menos serem confirmadas entre versos de escritura para escritura, visto que muitas coisas se confirmam entre livros escritos por pessoas de diferentes lugares, décadas e séculos. #Como poderia haver conspiração? Rastrearam/opiaram como?# Tanto é que existem ainda MUITOS livros que foram cortados da bíblia por não terem comprovação, o próprio livro de Maria por ex.
    NÃO CONCORDO TAMBÉM NA OBRIGATORIEDADE DA RELIGIÃO NA ESCOLA E ETC Pra isso tem o livre arbítrio!
    A questão é também não ter richas entre os que acreditam em uma coisa ou na outra.
    Inacreditável é crer no acaso da vida ou evolucionismo… e o fato incontestável de milagres, e sobre a existência do Espírito, de anjos, demônios..ou tudo não passa de encenação #pessoas endemoniadas#? ou delírios da mente?
    As vezes é muito dificil acreditar em Deus, tenta se isolar do mundo, quem mora sozinho sabe… se vc não pensar em nada a vida parece seguir sem necessidade de crenças né, porém é incontestável a existência de um ser sobrenatural que se relaciona com a necessidade de amor que nós temos, ninguém consegue viver sem em alguma hora se relacionar de alguma forma com alguém, necessitar… Só que acreditar tbm em reencarnação tbm não dá né, po não se cansa de ir e voltar? Dá um tempo né… o questonamento da orgigem, do pq de tudo, sempre acaba vindo a tona… se conformar com o acaso é impossivel

  25. flaviopatrick disse:

    como deus e pordentro e por fora o noso deus sente vamos descobrir

  26. Maria disse:

    Caros irmaos Deus nao precisa de suas opinoes e conceitos para existir. Ele e real vcs crendo ou nao. Mas relaxa. Ele os ama assim mesmo. Leia 1 corintios capitulo 27. Shalon shalon.

  27. kleydson disse:

    Caro Ítalo. Um excelente texto de contradições, mas creio eu que pelo seu pouco conhecimento bíblico as vezes falamos o que não sabemos. Da mesma forma que eu leigo na área da ciência e do evolucionismo não teria como rebater seus conceitos. Pensa comigo adianta eu dizer a você que existe um Deus que criou tudo e todos? Nao teria como, pois você criou seu próprio conceito em relação ao respectivo assunto. Mas se você se diz um leitor da bíblia acho que você deveria ler mais um pouco. Para muitos, ciência e teologia bíblica são áreas excludentes. Mas, quando devidamente compreendidas, tanto a ciência experimental quanto teologia bíblica têm muito em comum. Prova disso é que os primeiros grandes cientistas, considerados precursores do método científico, eram, em sua grande maioria, cristãos devotos. Exemplos: Galileu Galilei, Issac Newton e Johannes Kepler. Mas não é preciso você aceitar tudo o que os outros falaram a respeito de um Deus que tudo fez. Pois você já tem sua mente formada e suas crenças bem estabelecidas. Só digo que busque mais a Deus, quem sabe ele não muda seus conceitos. Um Grande abraço e que Deus te abençoe.

  28. laura resende disse:

    A mente que se expande jamais voltará ao tamanho normal .parabéns pelo texto.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM