Instruções encontradas no ‘lixo’

diferenciação celular

Células-tronco do embrião de um rato se diferenciam nesta imagem. Em verde, as células precursoras da mesoderme; em vermelho, as precursoras da endoderme. Antes considerado parte do “genoma lixo”, os microRNAs são os orientadores desse delicado processo de diferenciação. [imagem: Sanford-Burnham Medical Research Institute]

A transformação de um punhado de células — o embrião — em um ser vivo completo e saudável sempre foi um dos maiores mistérios do mundo biológico. Como esse delicado processo de desenvolvimento é controlado? De que forma algumas proteínas se manifestam no momento certo? O que faz as células se desenvolverem em diferentes camadas que resultarão em órgãos e tecidos?

Talvez tenhamos jogado as respostas na lixeira. Lembra do DNA lixo? Durante anos pensamos que o código genético que não codificava proteínas era inútil. Já sabemos que o lixo genômico não é tão lixo assim. Agora uma pesquisa mostra uma das funções mais importantes do já foi visto como lixo: manter o desenvolvimento celular no rumo certo. (mais…)