Elementar, meu caro Doyle

Toda história de ficção tem um pé na realidade. Personagens, inclusive os mais importantes, podem ser inspirados por pessoas conhecidas do autor. Em 1877, enquanto trabalhava como secretário na Edinburgh Royal Infirmary, Arthur Conan Doyle (1859-1930) conheceu o cirurgião escocês Joseph Bell (1837-1911). Mais que um cirurgião bem-sucedido, médico pessoal Leia mais…