Octave Levenspiel (1926 – 2017)

Na última terça feira (21/03/2017) recebi uma postagem sobre o falecimento de Octave Levenspiel. Para aqueles que não são da área da Engenharia Química,  o Professor Levenspiel escreveu um dos livros mais importantes sobre a engenharia das reações química, que hoje é quase indispensável para qualquer aluno de graduação.  Abaixo está o texto da publicação.

¤¤¤¤

Octave Levenspiel. [Imagem: Blogue Engenharia Química]

Octave “Tavy” Levenspiel, professor emérito de engenharia química na Oregon State University, morreu pacificamente aos 90 anos no passado dia 5 de março de 2017.

Um pioneiro no campo da engenharia da reação química, Levenspiel tornou-se, em 2000, o primeiro membro do corpo docente do Estado de Oregon a ser eleito para a Academia Nacional de Engenharia, a mais alta distinção norte-americana para engenheiros, tanto na academia como na indústria.

A carreira de Levenspiel  estendeu-se por mais de quatro décadas, durante a qual produziu centenas de publicações em revistas de especialidade e meia dúzia de livros de texto autoritários. Seu livro inovador Chemical Reaction Engineering, publicado pela primeira vez em 1961, foi citado mais de 11.000 vezes e foi traduzido para mais idiomas do que qualquer outro volume na literatura de engenharia química.

O seu percursos escolar multicultural merece detaque: frequentou um jardim de infância alemão em Xangai (China), uma escola primária e secundária inglesa e uma universidade francesa antes de embarcar para os Estados Unidos em 1946 para completar seus estudos de graduação. Levenspiel terminou seu diploma de bacharel em química na Universidade da Califórnia, Berkeley, em 1947.

Seguiu-se a Oregon State University, onde obteve seu mestrado em 1949, e seu doutoramento em 1952, ambos em engenharia química. Ao se formar, e já depois de se casar com Mary Jo Smiley, Levenspiel ingressou como professor universitário.  A sua carreira no ensino universitário acabaria por levá-lo à Universidade Bucknell, em localizada na Pensilvânia, depois ao Illinois Institute of Technology (Chicago) e, finalmente, de volta à Oregon State University, com dois sabáticos passados ​​em Cambridge (Inglaterra).

Levenspiel encontrava-se aposentado desde 1991, mas continuou a escrever e editar os seus livros didáticos, incluindo a terceira edição de Chemical Reaction Engineering (1999), Rambling Through Science and Technology (2009) e Tracer Technology (2012).

¤¤¤¤

 

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Harrson S. Santana

Harrson S. Santana obteve seu doutorado em Engenharia Química pela Universidade de Campinas em 2016. Sua tese de doutorado foi a investigação da síntese de biodiesel em microcanais, utilizando simulações numéricas e ensaios experimentais. Em 2015, ele passou vários meses na Universidade de Glasgow (Reino Unido) desenvolvendo pesquisas na área de impressão 3D. Atualmente, ele é pesquisador associado e professor colaborador da Faculdade de Engenharia Química da Unicamp, trabalhando no desenvolvimento de microplantas químicas e uso de impressoras 3D em processos químicos. Ele publicou vários artigos explorando desde simulações numéricas no desenvolvimento de microdispositivos até o uso de microfluídica em reações químicas e operações unitárias. Seu interesse científico se concentra em fenômenos de transporte em sistemas microfluídicos, impressoras 3D e sistemas robóticos aplicados a processos químicos em microescala.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.