Novas ferramentas, Novas possibilidades – Impressão 3D para Lab-on-a-Chip

A impressão em 3D (ou manufatura aditiva) é uma técnica que fabrica objetos físicos de modelos digitais por processos aditivos através dos quais sucessivas camadas de material são depositadas para produzir o objeto final. O processo começa com um modelo sólido tridimensional, que pode ser obtido por scanners (e.g., Fuel3D, Scanify, iSense, Cubify, etc.), baixado de redes sociais (e.g., thingiverse.com, grabcad.com, sketchfab.com, etc) ou através de computer-aided design (CAD) softwares (FreeCAD, Sketchup, Rhino3D, Autodesk Inventor, etc). Em seguida, esse modelo é fatiado em inúmeras camadas (dependendo da resolução) por softwares de fatiamento (e.g., Cura, Simplify3D, Slic3r, etc). Cada camada é criada através da deposição seletiva de material (e/ou energia para fundir a matéria-prima) para formar a peça impressa.

No vídeo acima, o Prof. Greg Nordin discute a possibilidade de se imprimir lab-on-a-chip ou laboratórios de chip. Nas impressoras convencionais, a impressão de canais na faixa micrômetros é uma tarefa difícil. Assim, o Prof. Greg Nordin e seu grupo tiveram que construir a própria impressora 3D para imprimir com uma resolução muito maior (canais muito menores) e utilizar uma nova resina customizada, de baixo custo e personalizada.

◊◊◊

Explore mais e descubra a relação desse trabalho com a Microfluídica & Engenharia Química

Microfluídica e Impressoras 3D aplicadas no transplante de órgãos:

https://www.blogs.unicamp.br/microfluidicaeengenhariaquimica/2017/08/08/microfluidica-e-impressoras-3d-aplicadas-no-transplante-de-orgaos/

Impressão 3D de laboratórios de chip

https://www.blogs.unicamp.br/microfluidicaeengenhariaquimica/2017/08/23/impressao-3d-de-laboratorios-de-chip/

Microdispositivos fabricados por impressoras 3D e PDMS

https://www.blogs.unicamp.br/microfluidicaeengenhariaquimica/2017/05/11/microdispositivos-fabricados-por-impressoras-3d-e-pdms/


Conheça e curta a nossa página no Facebook

Já segue a gente no Instagram?

Siga-nos no Twitter, Facebook ou Instagram

Ou nos envie um e-mail para: harrison.santana@gmail.com

 

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Harrson S. Santana

Harrson S. Santana obteve seu doutorado em Engenharia Química pela Universidade de Campinas em 2016. Sua tese de doutorado foi a investigação da síntese de biodiesel em microcanais, utilizando simulações numéricas e ensaios experimentais. Em 2015, ele passou vários meses na Universidade de Glasgow (Reino Unido) desenvolvendo pesquisas na área de impressão 3D. Atualmente, ele é pesquisador associado e professor colaborador da Faculdade de Engenharia Química da Unicamp, trabalhando no desenvolvimento de microplantas químicas e uso de impressoras 3D em processos químicos. Ele publicou vários artigos explorando desde simulações numéricas no desenvolvimento de microdispositivos até o uso de microfluídica em reações químicas e operações unitárias. Seu interesse científico se concentra em fenômenos de transporte em sistemas microfluídicos, impressoras 3D e sistemas robóticos aplicados a processos químicos em microescala.

4 respostas para Novas ferramentas, Novas possibilidades – Impressão 3D para Lab-on-a-Chip

  1. Romptec diz:

    A impressão 3D já é o futuro, ótmi conteúdo

  2. Muito útil na faculdade, e logo fará parte do dia a dia em todos os segmentos. Ótimo post.

    • Harrson S. Santana diz:

      Obrigado Carlos. Eu sou um apaixonado por impressão 3D e espero que essa tecnologia seja cada vez mais difundida nas faculdades.

  3. Pingback:Gravação direta a laser permite a Nanoimpressão 3D de dispositivos microfluídicos - Microfluídica & Engenharia Química

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *