Viciado em World of Warcraft

Já falei sobre a possibilidade de vício em videogames aqui, até mesmo colei o vídeo a seguir, mas desta vez ele está legendado em português:

Esse vídeo levanta tantas questões que eu nem sei por onde começar! Bom, vamos lá: eu acredito que seja possível sim “viciar” em videogames. Mas o processo é um pouco diferente do vício à nicotina, por exemplo. Deve-se analisar outros fatores que incentivam a manutenção desse comportamento problemático, no caso, o jogar em excesso.
Primeiro: o reforçador acontece intermitentemente (ora ele ganha, ora ele perde, como num cassino). Segundo: há o reforçador social facilitado, dentro do jogo é muito maior o número de pessoas com interesses similares ao do jogador. Terceiro: alguém corta a mesada do moleque? Este jogo não precisa de mensalidade? Quem está pagando? A mãe? E ela está reclamando? Ah, pelo menos apareceu na televisão, né?
Retirar o jogo do garoto ou pelo menos limitar os horários de jogo é a solução mais adequada. Também vale não pagar outro teclado ou outro mouse quando ele os quebra: ele precisa saber lidar com as consequências de seus atos. Outro fator que talvez lhe fosse útil e poderia ser trabalhado em terapia é encontrar outros meios de socialização sem o uso do computador.
Ah, e não dêem ouvidos à psicólog(ist)a desse vídeo! Como assim o DSM ser a bíblia dos psicólogos? Talvez seja dos psiquiatras mas não dos psicólogos, longe disso! O DSM é um livro que descreve a topografia dos comportamentos mais comuns em diferentes transtornos. Para nós, analistas do comportamento, a função destes comportamentos-problema é muito mais importante do que a topografia! Diferentes pessoas com o mesmo diagnóstico podem se comportar de maneiras completamente diferentes! Mas esta discussão deixarei para outro post, a intenção aqui foi só dividir o vídeo mesmo! 🙂

Discussão - 46 comentários

  1. Felipe, qual a diferença entre indivíduos “viciados” em videogame e outros viciados, por exemplo, em trabalho ou literatura ou ciência? O conceito de vício aplicado a situações nas quais não há um catalizador químico podem ser entendidos como vício ou apenas como desvios comportamentais? Será que dá para definir um viciado por uma economia das atividades (ele passa mais tempo em frente ao computador negligenciando outros aspectos igualmente importantes da sua vida)? Do meu ponto de vista parece haver aí um conceito de eqüilíbrio que deveria ser explicitado e melhor fundamentado. O que você acha?

  2. ISis disse:

    Nossa, da mesma maneira que é possível viciar em internet, e-mail ou, quem sabe, até blogs….

  3. Fernando disse:

    Felipe, aqui é o psiquiatra que deu aula de Neuropsicofarmacologia pra sua turma por 1 mês, lembra? Nos encontramos também em um torneio de Poker e no Bolshoi.
    Pois bem, achei seu site navegando por aí, caindo em um vídeo anti-psiquiatria no Youtube e, surpresa, você e quem havia feito o upload.
    Dei uma lida nos seus textos e vejo que o seu ranço com a Psiquiatria é grande. Eu também tenho inúmeras críticas contra a Psiquiatria, mas acho que às vezes você fala como um torcedor de time, e não como um observador imparcial. Talvez por não conhecer a realidade psiquiátrica tão bem.
    Importa-se se, nos seus textos, eu der um pitaco, dando um “direito de defesa” à Psiquiatria, quando eu achar que ela merece ser defendida?
    Se sim, vou começar com as seguintes perguntas: você tem acompanhado o caso dos garotos esquartejados? Viu que o psicólogo do abrigo disse que eles tinham condição de viver em casa? Se fosse um psiquiatra, qual seria o seu comentário? E sendo um psicólogo?
    Grande abraço!

  4. Igor Santos disse:

    seremos todos casos perdidos?

  5. Luiz disse:

    Sou um ex viciado em blogs. Tinha o atalho deles aqui no meu navegador e passava boa parte do dia abrindo para ver novos posts. Mas como Analista do Comportamento, resolvi mudar o ambiente (retirar os atalhos) e o vício se foi.

  6. WILLOW disse:

    BOM SOU UM VICIADO EM WOW TENHO UM CHAR 70 SEI OQ É FICAR 16 HORAS JOGANDO, SEI OQ É NEM DORMIR E QUANDO O DIA CLAREAR IR PARA A ESCOLA EXAUSTO MAIS ALIVIADO JA FUI MUITO ALEM DAS 16 HORAS DIARIAS,MAS PRA TUDO EXISTEM MOTIVOS O MEU FORAM CONFLITOS FAMILIARES E CONSTANTES DERROTAS NA VIDA .EU POSSO DIZER COM TODAS AS LETRAS QUE NÃO TENHO VIDA SOCIAL NÃO ESTOU NEM AI PARA ISSO DEPRESSÃO , ODIO ,solidão TUDO EM NOME DO WOW MINHA SEGUNDA VIDA UMA NOVA CHANCE DE SER ALGEM Q NUNCA SEREI É A CHANCE DE FASER BONITO FASER DIREITO QUE ME FAZ FICAR CONTINUAMENTE NESSE MUNDO
    Q TALVEZ NUNCA MUDE TALVEZ HOJE TALVEZ AMANHA PODEREI MORRER DE EXAUSTÃO. NO MUNDO REAL VOCê NÃO PARA SEUS ORGÃO INTERNOS NÃO PARAM E O WOW É COMO O MUNDO REAL SE VOCê PARAR É PORQUE ESTA MORTO .SO ME ARREPENDO DE TER DEIXADO TUDO NO MUNDO REAL PARA TRAZ EM FAVOR DA MINHA BURNING CRUSADE ANALIZEM ISSO E PENSEM BEM ANTES DE MUDAR DE ESTRATEGIA NA VIDA, PARA QUEM É COMO EU TER UMA CHANCE DE FASER BONITO FASER DIREITO .
    ESTOU A TRES ANOS NESSE MUNDO É JA SOU TÃO DECADENTE PENSE NISSO JOGO DESDE OS 13 E CONFESSO Q NÃO AGUENTO MAIS, MAIS TAMBÉM NÃO POSSO VIVER NO MUNDO REAL EM ESTADO DE COMA WOW UM REFUGIU PARA ALGUNS DE NOS MEU NOME É MARCUS É SÓ ESTOU ESCREVENDO ESSE DEPOIMENTO PORQUE O SERV ESTA OFF LINE …ESPERO Q ESSAS PALAVRAS POSSÃO CONTRIBUIR PARA MUDAR TUDO ISSO OBS:DESCUPEM-ME PELOS ERROS DE PORTUGUES

  7. junior disse:

    è complicado,mas é divertido ,eu tenho 21 anos,e sou viciado em wow eu ja fiquei 19 horas seguidas jogando,mas agr estou apenas umas 10 horas online, vou continuar jogando até que a morte nos separem

  8. henrique disse:

    WOW E UM JOGO QUE NAO TRAZ CONCRETIZACOES, VICIADOS PENSEM, E TUDO LINHAS DIGITAIS, NADA DAKILO EXISTE, ENFRAQUECE UM MONSTRO, PINTA A ROPINHA DO BONEQUINHO DE ROSA E “PARECE TUDO NOVO”, BLIZZARD ESTA BILIONARIA GRACAS A DESCOBERTA DE QUE NO MUNDO DIGITAL AS INOVACOES SAO BARATAS E ESTUPIDAS, PORQUE NAO EXISTEM!ASSIM MAIS E MAIS VICIADOS ENTRAM NO JOGO COM A FALSA APARENCIA QUE TUDO E REAL.SENTIR O CHEIRO DO MATO, O RIO A PAISAGEM…HUMMM A VIDA REAL TEM O DOM DA VIDA, ACHO QUE ESTA NA HORA DE VCS PARAREM DE SIMULAR UMA VIDA QUE NUNCA EXISTIU, WOW NAO EXISTE, A IMAGEM E TOTALMENTE DIGITALIZADA E LEVA O SER O HUMANO A CRER EM UM MUNDO FICTICIO.

  9. henrique disse:

    PAREI DE JOGAR WOW PQ SIMPLESMENTE ISTO NUNCA FEZ PARTE DA MINHA VIDA, INVADIU ELA, JOGUEI 1 ANO E JA DESVICIEI NUNCA ME INTERESSEI POR ISTO.PORQUE DESISTI?PQ QUERO DEIXAR MEU NOME LEMBRADO A TODOS DA TERRA, NAO DEIXAR EU MORRER SEM DEIXAR HERDEIROS, E TER UMA VIDA NORMAL, NAO SIMULADA, QUERO SER LEMBRADO PARA AJUDAR OS POUCO NECESSITADOS DESTE MUNDO E NAO ME ESBANJAR NUM MUNDO UTOPICO.NA QUAL SOU CONTROLADO POR UMA EMPRESA MULTINACIONAL.DIVERSAO DE VERDADE EU SEMPRE TIVE EU VOU CONTINUAR TENDO, COM TANTA COISA NO MUNDO PQ PASSAR DIAS NO WOW , PRA Q?AS DESCOBERTAS DA VIDA SAO DIFICEIS, MAS VEM COM O TEMPO , SEMPRE VEM.

  10. santiago disse:

    Jogo wow a 3 anos e tbm sou viciado, trabalho tenho minha familia , mulher e uma filha, mas por diversas vezes deixei de trabalhar ou fazer algo mais util pra ficar horas jogando wow, todo o tempo q estou em casa é dedicado ao wow, qd o servidor esta off line, me desespero atras de algum outro jogo semelhante ou q me distraia por umas poucas horas ate td voltar ao normal, era viciado em cigarro , fumei por 10 anos e larguei numa boa de uma hora pra outra, mas com o wow isso nao é possivel, la dentro ficam as amizades as conquistas e como o mlk ali em cima falou é um lugar em q vc pode fazer td direito, td certo e se vc nao loga vc esta morto, se vc nao acompanha o retante da guilda vc é um perdedor, no meu servidor pelo menos vc disputa ser o melhor entre 18k de players, nao q eu seja e nunca fui o melhor mas td dia td hora luto pra chegar la. Aos pais q leem isso, inventem algo mas nao deixem seus filhos chegarem, perto do wow. Sim tem alteraçao de comportamento e geralmente é pra pior, eu posso ganhar 100 lutas num dia, mas akela unica q eu perder é a quem vai regular meu humor. /BYE

  11. Santiago disse:

    Qt ao post do Henrique (8), essas msm pessoas q buscam um mundo ficticio podem estar cansadas do mundo real com paginas de sangue, corrupçao e td tipo de coisas ruins q a imprensa nos passa tds os dias.E q sao verdadeiras.
    Tinha um amigo q joga wow q apelava pra mae dele td mes pagar wow sob o argumento q em casa ele estava seguro de violencia, assalto, drogas e outras coisas, uma noite ( uma das unicas em q saiu de casa) saiu com os amigos e foi assaltado… a mae dele faz zelozamente o pagamento de tds mensalidades do jogo ate hj.

  12. Gabriel disse:

    Bom, eu não me considero VICIADO em WoW…
    Tenho 14 anos. Vou à escola, quando chego jogo WoW até a hora de dormir com pausas de 5 min. (12:20 até 00:00). Porém eu saio de casa quando me chamam. Tenho ciência de que mudei desde que começei a jogar… Eu não tomo mais iniciativa de marcar um encontro com os amigos, e só estou postando isso porque o servidor está offline.
    WoW É viciante. Eu tenho vida social totalmente normal… Não tenho traumas nem nada, o que prova que não jogo como maneira de “fuga” da vida real, mas quando jogo, parece que entro no jogo, e me vejo em meu personagem.
    A sensação enquanto jogo é ótima, tenho problemas para dormir… Me deito e só pego no sono umas 2 horas depois…
    Eu sei que estou me arruinando, mas não consigo parar…
    É como se fosse em seu trabalho: se você não comparece, é cobrado. Se comparece, ganha mérito (com seus “amigos” do jogo).
    O que que vocês acham?

  13. Odracir disse:

    Tenho plena conciência que sou viciado no WoW. Tenho minha conta desde Outubro de 2006, mas quase não jogava, não havia tempo para jogo, pois trabalhava demais. Em Novembro de 2009 fiquei desempregado e resolvi reativar a conta para voltar a jogar. Desde então minha vida foi gradativamente piorando. A poucos minutos conversei com um amigo que também joga e ele também está querendo parar com o jogo e ficamos debatendo um com o outro sobre isso e que é muito tenso parar simplesmente.
    Atualmente trabalho, tenho uma filha de 2 anos e esposa, porém, não moramos juntos ainda. As vezes fico pensando se eu não tivesse conhecido o RPG Online se eu estaria morando junto com ela ou não. Fato é que deixei de completar a faculdade por causa do RPG, na época era o Lineage 2. Sim, fiz até o ultimo semestre e no trabalho de conclusão acabei desistindo, porque eu estava ficando sem tempo de jogar. Hoje assumo que usei de muleta o argumento de que meu grupo do TCC era ruim, mas acho que o problema do grupo era eu.
    Do Lineage fui pro WoW e desde então a vida real parece ficar mais dificil, eu simplesmente odeio acordar cedo pra fazer qualquer coisa, sou sedentário, antes eu jogava futebol e fazia musculação, hoje fazem uns 8 anos que não pratico nenhum tipo de esporte, apenas caminho até o trabalho, nada mais.
    Muitos julgam as pessoas viciadas em jogo sem saber muito bem o que realmente é e acabam tratando da situação de forma errada e com isso os conflitos aparecem e até agressões podem acontecer.
    Neste último ano que passou, posso dizer que deixei de acompanhar boa parte do crescimento da minha filha, pois estava jogando. Hoje antes de falar com meu amigo e achar este blog, eu estava querendo arrumar uma desculpa para sair do trabalho para ir embora jogar.
    O sistema do jogo é semelhante a vida real. Você precisa se manter dentro dele e isso requer tempo de jogo, mas digo, muito tempo. World of Warcraft não é um jogo para ser jogado 1 ou 2 horas diárias, acredito que nem 5 horas diárias seria o suficiente para conseguir se divertir no jogo. Resumindo tudo, é uma merda.
    Arrisco a dizer que se um dia a Blizzard tirar esse jogo do ar ou der alguma merda e forem forçados a tirar do ar, muita gente ficará doente no mundo todo por não ter mais o vicio diário.
    O pior desse vicio é que é permitido, diferente da maconha ou da cocaina que não são.
    Aos que estão de curioso lendo isso, não joguem WoW, nem para experimentar. Vejam o comercial do Governo alertando sobre o uso do crack, e mudem Crack por WoW :S
    o WoW não vai te matar, mas vai acabar com a sua vida. E eu sei que saindo daqui e chegando em casa agora, terei que jogar pelo menos um pouco, fazer as missões diárias para ganhar pontos e dinheiro no jogo pelo menos.
    PS: Eu costumo jogar em média umas 15 horas semanais. É pouco para quem ja jogou 15 horas diárias, mas eu me estresso porque falta tempo pra jogar e fazer mais e mais coisas no jogo.

  14. adenilson disse:

    marcus suahushuahushua manow vc so ta escrevendo por que o serve ta offline mando mano eu tambem so abro o navegador msn se o serve tiver off ;P o servevolto vo vaza vlw ae abç a todos!
    go wow!

  15. marcio disse:

    eh foda… concordo com a maioria dos comentarios.
    tbm soh to aki pq n pso joga ainda.. mas apartir d oje vou tentar parar!!!
    e eh iso gg vida real =D

  16. Rafael Souza Mendes disse:

    Ola pessoal, Tambem ja fui muito viciado não so em wow mas outros jogos online tmb, e nos ultimos meses tem sido uma luta largar isso…nao so psicologica mas como tambem espiritual.Procurei a Deus e ele me salvou e me libertou das garras desse jogo e minha vida mudou em todos os sentidos.Procurem a Deus pessoal ele eh a salvação…não importa a religiao pois Deus eh um só.
    Abraço a todos e Deus o abençoem.

  17. Patricia disse:

    Parabéns Felipe ,pelo tópico ! Uma doença, um vício que está sendo tão comum e frequente que muitos não vêem problemas nenhum em seus filhos estarem em frente ao cumputador,mas estamos vendo o desastre q isso pode se transformar, porque depois que o vício se instala fica bem mais dicicil a recuperação, e nessa já se foram muitos anos,tenho um amigo nessa situação,ele é viciado em WOW, a sua vida parou,foi até a faculdade,terminou mas agora vive para o jogo, o que fazer? Parece ser um vício como o das drogas,onde o víciado,não quer voltar a realidade e nem sequer se acostuma com ela,já se acostumou com a fantasia,falta de objetivos e quem poderá ajudar senão ele mesmo mas qdo ele próprio não quer fica dificil.

  18. RAFAEL SOUZA disse:

    PAREI DE JOGAR QUEM QUIZER MINHA CONTA NO ORIGINAL TA AE
    LOGUIN- RAFASOLZA@YAHOO.COM.BR
    SENHA-MATHEUS66522

  19. Murillo disse:

    Olá, Boa noite, bem tudo comecou quando eu assisti um filme, que é uma comédia romantica, mas trata do vício à compras, e com isso eu percebi que sou um víciado em WoW ( World of Warcraft).Estou na escola, e agora estou extremamente assustadoa com vários depoimentos que li após procurar me informar sobre esse assunto, não quero estragar minha vida, sei que já estou chegando em um nível absurdo de vício, e eu quero parar, necessito parar…
    Para nós viciados, pensar em wow é como pensar em um jogo, algo normal, não percebemos que é algo que está se tornando grave ! Eu mesmo não penso assim ainda, mas eu sei disso ! É difícil você pensar em uma coisa, saber que é o certo, mas não conseguir acreditar nela, uma grande incerteza nasce na mente.
    Socorro

  20. Everton disse:

    Bem, tenho 22 anos, sou um viciado em wow… mas ao contrario dos outros, eu não ligo pra mentalidade dos outros, ou preocupações absurdas..
    A diferença é como esse guri, eu posso ir ali ,tomar um café, dar uma volta, sem problemas, isso não interfere em nada na minha vida…
    Mas o jogo é um segundo mundo, aonde podemos nos refugiar e tirar o stress da nossa vida diaria, com familia, amigos(ou ex amigos), namoros mal resolvidos, a realidade é que o jogo é uma forma de escape pra toda a loucura da vida…
    não tenho vergonha disso, até porque ninguem paga minhas contas nem compra minha comida ou paga meu aluguel….
    Por tanto acho que os outros tem mais o que fazer do que ficar cuidando da vida alheia, o que é um outro vicio chamado (xeretar, bisbilhotar, enfiar o nariz aonde não é chamado)…
    A realidade é que hoje isso é real, e a tendencia é a tecnologia entrar cada vez mais no nosso ambiente…
    Em fim….
    EU AMO WOW,E VO CONTINUA JOGANDO MESMO CONTRA A VONTADE DE QUEM QUIZER, PORQUE ISSO ME DA UM PRAZER QUE ATÉ O SEXO NÃO ME DA..
    é simples.. Vida real 1, Vida virtual 2…….uma bem diferente da outra,e caminhando junto…
    Respeito a opinião de todos acima, mas tentem ver o lado de quem esta nisso, e não só critiquem ou falem absurdos que não tem nada haver com isso.
    é escolha individual de cada um, ninguem nasceu igual, e vai viver igual…
    Existem heteros e homossexuais no mundo, bissexuais, transexuais…
    assim como existem crentes, drogados, assassinos, viciados……
    Cada um cada um, todo mundo tem sua propria cabeça e sua propria personalidade…
    Em fim, aqui me encerro…..fikdica……

  21. NOTCOMENT disse:

    ao inves de meter pau em algo inocente, porque não vão falar de coisas mais importantes como eleger politicos descentes, e cuidar das suas vidas imundas, hipócritas e insignificantes…..
    que merda, sempre um pra cuidar da vida do outro… velho, vai faze algo de util, ler um livro, Bater punheta, trabalhar… ou qualquer coisa do genero, ao inves de atacar pessoas que se divertem com um jogo…
    Não tem o que fazer, enfia o dedo naquele lugar…
    Povo Imbecil..

  22. sabio da montanha disse:

    Não se preocupem, não tentem oferecer ajuda a estes viciados, pois eles não vão ver a realidade através de palavras. Eles perceberão sozinhos o que estão fazendo consigo mesmo, quando de repente tirarem seus olhos fixos e vermelhos do monitor e, meio que sem querer, olharem o Sol na janela e o vento batendo na cortina. E quando, não se sabe porque, ligarem para aquele amigo do Ensino Médio e descobrirem que ele já está formado, tem um ótimo emprego e está aproveitando a vida. Quando olharem para o seu quarto escuro, iluminado apenas pelas luzes do computador, o computador empoeirado, perceberão que a sua vida está como aquele quarto, escura, suja, fedorenta, assim como um túmulo. E os mortos desse túmulo são eles.
    Nesse momento, eles olharão para a luz no canto da porta e pedirão ajuda. Ai verão que já estão esquecidos. Esquecidos pela família, amigos, por todos. Então a família se surpreenderá quando, enquanto saem para passear, o viciado chega e diz: Eu posso ir também? E sem entender alguém responde: Sim, mas…..por quê?
    Bom, com toda essa ilustração quero dizer apenas que eles perceberão em algum momento. Alguns percebem à tempo, outros tarde de mais para ser alguém e reconstruir seus laços, mas todos percebem.

  23. francisco josé disse:

    Faz 3 anos que jogo wow desde do classico em 2010 tentei para de joga…e como droga começei a joga pouco e pouco tentando reduzir o tempo de jogo.Entrei em uma nataçao pelo periodo da noite para ocuapd o tempo q e para joga.O remédio para cura foi fazer uma atividade fisica e joga outro jogo que na ose ja on line (jogando we ps2)chamando amigos jogava 2 horinhas:0
    depois parava todo mundo rindo mostrando que o jogo e somente uma diversão ae esqueci totalmente. e sobre WOW SE QUISER PARA NAO OLHENADA SOBRE O JOGO,SITES,FORUMS BUILDS NADA…veja outra coisas jornal veja outros jogos que na oseja on line aqueles jogos q nao ocupem sua vida! jogue jogos com amigos garanto que uma soluçao..comigo deu certo faz 1 ano que nao jogo ::) GRAÇA A DEUS!!!quem sofre com isso e tenso vc dormi e ve seu char castando magia…tenso.tive que toma iniciativa desde que minha esposa viu eu dormindo e falando MATA O HORDA!!!quando ela falo isso para mim foi a gota d agua olhei para mim no espelho porra q merda…ela acordou com o susto q dei nela naquela noite :)))). pois foi assim tudo com força de vontade so querer.remedio e nao jogoa o jogo e chama amigos para joga qualquer coisa ps2 wii garanto q vc vai so joga 2 horas maximo.assim o jogo se torna divertido.valeu!

  24. Esposa de Viciado disse:

    Olá a Todos! até semana passada fui companheira de um viciado em WOW, ficamos juntos por 5 anos, e desde o inicio foi tudo muito complicado. No primeiro ano de namoro descobri em um fórum, através de suas próprias palavras de que ele perdeu o ultimo semestre de faculdade por conta do jogo. Na verdade ele tem vicio em diversos jogos, mas o WOW, foi o que mais nos devastou. Ele deixava de ficar comigo em com a filha para ter mais tempo jogando, lembro-me inclusive que na minha gravidez, passei noites sem poder dormir, com ele gritando com os colegas de jogo. E ele ficava tão explosivo que perdi as contas de quantas vezes ele fugiu de casa para ir na casa da mãe jogar. A família dele não tem noção do quão viciado ele é!
    O ano passado ele teve uma crise muito forte de depressão quando estava tentando largar o jogo, sempre arrumava uma desculpa pra ficar em casa, e com isso tinha mais tempo pra jogar, depois começou a vender peças no jogo e dizia, que estava ganhando mais do que no emprego…
    Essa crise realmente me assustou muito pois ele tentou suicidio, pois simplesmente estava perdendo o encanto pela vida, e com o emprego do qual ele não gostava, formou-se uma bola de neve, que nos fez pela primeira vez procurar um psiquiatra, que receitou um remedio antidepressivo muito forte, que ele não tomou e deixou o tratamento pra trás.
    No inicio do ano, ele mandou uma carta para mim e seus colegas dizendo o quão dificil era o vício e tudo o que ele perdeu em decorrencia disso: emprego, a faculdade, um tempo precioso com a nossa familia…
    Ele mandou uma carta para mim e seus colegas dizendo o quão dificil era o vício e tudo o que ele perdeu em decorrencia disso: emprego, a faculdade, um tempo precioso com a nossa familia… tomei um susto pois, até então eu via o comportamento cada vez mais agressivo e distante, mas, achei q desta vez ele tinha largado o WOW definitivamente, mas era tudo mentira…
    Ele deletou as personagens, e cancelou a conta… isso segundo ele…
    Mas, em menos de 1 mês ele já havia voltado e a cada vez em que eu o questionava, ele se tornava mais e mais agressivo.
    Um “amigo” que durante anos, não aparecia, do nada, após separar-se da esposa começou a jogar junto com ele não só no wow, mas em outros jogos multiplayer, e nos ultimos dois meses, ele nos abandonou em casa, não fez as compras, não pagou as contas, e não dava noticias…
    E eu comecei a cobrar essa responsabilidade de pai e marido… o que resultou num verdadeiro inferno pessoal, que provavelmente acabará no juri. Mas, dele eu apenas quero que ele largue os jogos e cuide de si mesmo, para que assim ele possa ser um pai mais presente pra nossa filha… Ele não é bandido, apenas uma pessoa doente, que não tem idéia do que está fazendo da própria vida.
    Aos pais que sabem que seus filhos, tem um problema semelhante, ignorar o problema, é como assinar a sentença de morte. Aos que desconfiam, por favor, tentem ter certeza e hajam, eu agora ex-esposa, tentei sozinha por 5 anos, infrutiferamente reverter essa situação e perdi!

  25. Francisco disse:

    Ola como estão todos? Bom por começar eu tenho 13 anos e moro e Portugal . Quando tinha 10 um amigo meu faloume em wow e eu comecei a jogar no oficial pagando todos os meses. Axava aquilo muito parvo por ter de pagar ate descobrir os prazeres do wow . Ao inicio , para jogar, acordava as 5 :30 da manha para jogar e assim sendo , depois quando xegava a casa continuava a jogar e todas as refeiçoes eram feitas no meu quarto. Continuei viciando e viciando mas depois comecei um pouco a perder o vicio quando cheguei a 80 e tinha o t11 completo e um bom gear no meu dk . Eu sabia que me podia tornar mais forte e ir a partida do t11 hc mas nao quis .Ai fui perdendo o interesse so jogando as vezes. Mas quando a cataclysm saiu ai começou o vicio a serio ogo sempre 16/19 horas por dia e ainda me pergunto qual a minha vida principal wow ou vida real ? Sinceramente se tivesse que escolher seria wow pois ele esta-se a apoderar de mi como se tivesse uma nova pessoa dentro de mim . Nao sei o que fazer !!!! Sempre que vou a casa de alguem com os meus pais ou mesmo so eu , nao vejo a hora para ir para casa, contando os segundos . Ainda por cima agr que comecei a usar vent com a minha guild e somos todos portugueses o que ainda é mais viciante como se estivessemos unidos contra o mal de azeroth. Ajudem-me ( nao kero parar de jogar simplesmente modificar o periodo de tempo que jogo e toda esta excitaçao e ansiedade)

  26. Sou leigo em psicologia, jogo World of Warcraft 11 horas por dia. Minha personalidade é a mesma 😉 Nao fico estressado nem saio tacando as coisas na parede, Meu desempenho no colegio é bom.
    E ai em qual ponto o ”vicio” esta me prejudicando?

  27. Paulo disse:

    Blz galera ?
    Então , na minha opinião o caso mostrado nesse video só ressalta oque um lar sem estrutura pode gerar . Pq a mãe não acompanhou esse habito do garoto ? Ela podia ter dado um basta de inicio , digo não cortando de jogar mas fazendo valer sua autoridade e estipulando horarios e tambem incluindo atividades (esportes , passeios , estudos ) na vida do garoto . A realidade é que ela não teve pulso pra educar o filho e depois faz virar noticia se pasando de vitima e culpando um jogo online . A história desse garoto tem muito mais que o Wow nela para que tudo acabasse assim .
    Eu tenho 31 anos e jogo Wow , jogo quando meu tempo permite pois trabalho , praticos esportes tenho uma noiva e uma vida social normal . Jogo quando o tempo sobra, no maximo umas 2 horas , logicamente percebi que para conseguir itens , status , reconhecimento dentro do Wow teria que jogar mais que isso e ainda diariamente , mas essa é a questão ! Wow é um jogo e vida real é vida real , jogo para me divertir e não para surtar querendo ser o bam bam bam de Azeroth . Caros jogadores , se voces estão percebendo que estão tendo dificuldades para se centrarem no mundo real , amigos , trabalhos , relacionamentos e etc , vou dar uma dica . Simplesmente procurem outra coisa para fazer , leiam um livro , assistam a um filme , chamen algum amigo pra conversar . Mostem pra voces mesmos que quem controla seu tempo e oque voce vai fazer é voce mesmo .
    Desculpem se ficou meio sem sentido mas só quero ajudar e mostrar que é possivel jogar Wow sem excessos , e quando digo wow é pq ele esta em alta mas isto serve para qualquer outro tipo de jogo ou outra coisa qualquer ligada a internet . Não desistam de jogar , apenas coloque limites e priorizem é que essencial para nossas vidas .
    Abraço

  28. Fábio disse:

    Hhehee… imaginem a ironia, estou aqui tbm porque o server esta off… Eu sou psicologo recém formado, jogo wow a 2 anos… Não considero ninguém viciado, devido algumas termologias, creio que isso deveria ter outro nome. Eu fiquei de certa forma muito surpreso com os comentários acima. Creio que atualmente a visão e concepção de mundo e de homem se encontra imersa na trama de um paradigma dinâmico, que reformula e atravessa o indivíduo de uma mesma geração, isso se dá principalmente devido as tecnologias de informação. O wow se emergiu desta tecnologia, e pelo que percebi esta em muito mudando a subjetividade e nossas inter-relações. Creio que o problema não é o jogo em si, o mau estar de nossa civilização veem da estruturação social atual, e os mecanismos de como ela se dá. O jogo acaba que para muitas pessoas se torne a catarse, a válvula para aliviar a pressão da vida real, pois em um mundo tão dinâmico como já disse, é impossível alcançarmos a ideia de satisfação por completo. É muito difícil para o ser humano lidar com essa condição de ausência de estabilidade, de felicidade contemplada do qual estamos mentalmente cronificados e marcados pelo sistema atual, ou seja, estamos fadados a consumir e produzir sem cessar, sem ter um basta, sem ter um tempo, simplesmente acumular o máximo e fazer de tudo descartável. A inter-relação que se constrói no wow, implicitamente rompe com a estrutura desse paradigma, e cria um outro paralelo a esse, ou seja, um que conforte mais, acolhe mais e automaticamente traga mais bem estar. Nem todo indivíduo tem resiliência ou condições de sublimar as peculiaridades desta trama paradigmática em que estamos imersos devido as variáveis psicológicas ou de seu contexto, sendo assim, para os que se julgam “viciados” eu tenho um palpite de que esses já estavam adoecidos muito antes de conhecer o jogo. Eu acho o wow um jogo muito divertido, e realmente é meu refugio por algumas horas. Mas nem todo indivíduo concebe-o de forma cindida. Eu tenho uma noiva, estou preparando para casar e atualmente estudo medicina (podem acreditar, da tempo de jogar wow, hehe). Confesso que sempre que posso eu logo meu char, e quando estou no mundo de wow, me sinto muito bem, sinto emoções muito boas, é meu passa tempo e diversão. Devemos conceber o jogo assim, e fazer que ele fique no imaginário e tomar cuidado para que ele não substitua a vida real, por mais que essa seja uma bosta muita das vezes, o wow não é a opção que vai mudar, e sim nossa maneira revolucionaria de romper com o real concebendo-o em novo sentido, um que não nos obrigue a estar fadados e ao mal estar desta trama.

  29. pedro joão disse:

    eu já fui viciado nesse jogo. vocês não sabem como é dificil aceitar e largar o jogo depois. eu passava mais de 6 horas por dia jogando.

  30. Kristian disse:

    Cara, Falando sério agora, WoW é sim um vício, mais como muitos aqui falaram…WoW é a nossa 2º vida… O que nós não fazemos na vida real podemos fazer no WoW…Exemplo: No WoW vc chega num HORDA lixo e desce a peia nele..Já se vc for fazer isso na vida real a única coisa que vc ganha é cadeia…WoW é uma forma de desabafarmos o estress da vida. Eu também me vejo em meu char… WoW pode até ser um vício…mais como os drogados usam as drogas, nós usamos o WoW pra fugir do mundo real..viajar na imaginação…não jogo a muito tempo mais me considero um viciado…e só escrevi isso aqui pq o serve caiu…e pra quem joga no FineWoW e tbm for viciado…Se prepare!!! Demonlocky vai acabar com vcs!!!!!!

  31. Jairo disse:

    Interesante matéria, mas com relação ao pagamento do jogo, dependendo do jogador ele consegue se “auto sustentar” negociando dinheiro do jogo e serviços por dinheiro de verdade, é ilegal mas acontece. Eu conheci um cara que não gastava um centavo, comprav cartões pre pagos com dinheiro do jogo dentro do jogo. O grande problema do jogo são basicamente três: metas que puxam mais metas, não é necessária tanta habilidade para jogar, o tempo de jogo é fator decisivo para seu poder. Joguei WoW, mas quando cheguei em um estagio que dependia muito dos outros para avançar desisti.

    Espero que quem joguetes divirta, mas é um jogo infinito, fascinante e viciante.

  32. Henrique disse:

    já fui viciado em jogos de PC ( nao em wow) mas se tivesse descoberto wow teria ficado muito viciad, e eu acredito por experiencia propria que wow e outros jogos como Call of duty são estremamente viciantes, pois ficava mais de 7 horas jogando no computador,no jogo vc encontra uma rota de escape , os medicos da mente deveriam dar mais atençao a este vicio e acharem tratamentos adequados para este problema pois muita gente quer parar mas não consegue,.

  33. Andre disse:

    Joguei durante 3 anos. Larguei para VIVER.
    Aos viciados pensem. Vão jogar até quando? Serão 40tões jogando com crianças de 15 anos? Vão ficar matando bichinho pra pegar um item? Que aparece em 5% dos mob’s???
    WOW não é legal é incrível. Um mundo infinito, de fantasia, de heroísmo, de amigos virtuais.
    Mas é sim, viciante. Ilimitado, sem fim.
    Eu me arrependo do tempo que perdi na frente desse jogo. Pois a gente perde coisa muito importante do MUNDÃO REAL que não para de girar.
    Se trabalhar mais de 8 horas por dia não é saudável. Imagina jogar 10-15 horas por dia!!!
    Se em média vc joga 10 horas das 8700 horas do ano vc fica 3700 no jogo! 40 % da sua vida numa merda que um dia acabará.

    Namoro, esportes, sol, bem estar é que deve ocupar esses 40%

    Todos os MMO devem ser excluidos.

    É questão de saúde pública.

    Vencer em 20.000 jogadores de um server é dificil? É sim…mas vencer em 6 bilhões de pessoas é muito mais e demanda muito mais coragem, esperteza, inteligencia e todos os bons atributos humanos.

    Fica a dica.

  34. Hikko disse:

    Tenho 30 anos, sou casado, e joguei durante 3 anos ragnarok. O sistema é semelhante ao WOW e foi muito difícil largá-lo. Foram grandes os prejuízos, especialmente nos estudos (para concurso) e na vida profissional.

    Uma das coisas que mais me despertou a parar foi o seguinte provérbio: quem corre atrás de fantasias empobrecerá.

    Isso mexeu com a minha cabeça, porque vi que, se já é difícil vencer na vida se dedicando com força total, quanto mais a pessoa estando dividida.

    Então, pedi forças a Deus e resolvi parar. No início foi uma sensação de morte. Vendi a conta e fiquei umas semanas na neura pra voltar.

    Contudo, com o tempo, fui reaprendendo a pegar gosto pelas coisas da vida.

    Hoje faz 4 anos que não jogo MMORPG, embora tenha uma grande vontade de voltar. Sei que terei que perseverar sempre para não me deixar levar por esses jogos, mas a verdade é que há coisas bem mais interessantes para se fazer, do que destinar tanto tempo a algo sem retorno.

    É verdade que a pessoa que tem um vício não é alguém livre e não tem condições de avaliar sua situação. Mas não podemos esquecer que antes do WOW, Lineage, Ragnarok, etc, nós éramos felizes.

    Então, tá na hora de virar a página, aprender com os erros e seguir adiante, porque todos nós podemos ser vencedores.

    Abraços!

  35. Anônimo disse:

    Em dezembro de 2011 o jogo foi lançado em português, eu todo inocente fui lá e paguei 29,90 no jogo, peguei level 70 em 1 semana e o terror começou, tive que comprar as novas expansões, pois o vicio era grande.
    Parei de fazer academia para ter mais tempo para jogar, festas? só no jogo mesmo aliás tem feira de negraluna todo mês né…

    Eu que estava pegando um corpo bom devido a fazer academia a 3 anos seguidos, fiquei 3 meses jogando e perdi 6 kilos de massa magra.
    Namorar? Tá é loco, as mina dando em cima e eu jogando fora pra jogar WoW.
    Eu estava achando mais legal upar meu paladino e fazer CB ranqueado do que andar no carro do papai e pegar mulher.
    No jogo tem um vocabulário diferenciado um pouco e isso já estava me afetando na vida real.
    Um dia eu cheguei na minha mãe e disse, cozinha uma batata doce e grelha um peito de frango ai pra mim que vou ali upar.
    Minha mãe ficou com uma cara de poker face, e me perguntou o que é upar…

    Eu mesmo paguei 1 ano de WoW e foi dinheiro perdido (nem tanto pelo dinheiro, a mensalidade é barata). Eu digo pelo tempo que perdi, foram 3 meses seguidos somente jogando.
    até que no dia 02/03/2012 eu entrei na minha conta e deletei meus 2 char level 85… meus amigos me chamaram de louco blá blá blá eu só falei é para o meu bem. no mesmo dia quando eu fui durmir quase chorei, aliás eram 2 char level 85.

    Para esquecer isso no dia seguinte liguei para 2 amigos da faculdade e fomos numa festa e estou de volta na ativa pegando as piriguete =p

  36. Guilherme disse:

    EU JOGO WOW A MAIS DE 2 ANOS, NUNCA FUI E NEM SEREI VICIADO, ALIAS EU NÃO CONSIGO JOGAR MAIS DO QUE DUAS HORAS SEGUIDAS. O PROBLEMA É QUE VOCÊS VEEM O JOGO COMO UMA VIDA ONDE VOCÊ PODE SER ALGUEM, MAS NÃO, O JOGO É PARA SE DIVERTIR. NÃO É UMA DROGA, VOCÊS QUE FAZEM DELE UMA DOGRA, PARA VOCÊS. EU LI ALGUNS COMENTARIOS E FIQUEI HORRORIZADO… EU RESPEITO OS VICIADOS. SE VC É PAI, MÃE, ALGUEM QUE JOGAR WOW, QUE SEJA, É UM OTIMO JOGO QUE ENSINA MUITOOO! EU TNH 13 ANOS E APRENDI MUITO COM WOW, MAS LEMBRE-SE, ANTES DE JOGAR VC TEM ESTAR CONCIENTE QUE É UM JOGO PARA SE DIVERTIR. WOW NÃO É REAL MEU CARO AMIGO. SE VC Ñ JOGOU E QUER JOGAR, VÁ E JOGUE, O JOGO É MARAVILOSHO, E ACIMA DE TUDO INTERESSANTISSIMO, A HISTORIA DO JOGO, AS RAÇAS, EU ACHO TUDO INCRIVEL E ADMIRO A COMPLEXIDADE DO GAME! Só lembre-se do que disse, é para se divertir e não ser sua segunda chance.

  37. Rafael Souza Mendes disse:

    Querem saber qual a forma verdadeira para parar com qualquer vicio na sua vida?A resposta é bem simples, li todos os comentarios nessa materia e tirei a conclusão que nenhum proucurou a verdadeira solução.Procure a Deus nosso criador, ore de coração e com fé, procure ele, lendo a biblia.Eu ja fui muito viciado nesse jogo e fiz de tudo para parar, mas apenas quando eu procurei Jesus, aquele que verdadeiramente morreu naquela cruz para nos salvar do pecado eu venci esse mal.Satanas ri da nossa cara quando jogamos esse jogo, ele quer que nos distanciamos da vida do amor de Cristo e percamos a salvação, Deus tem guardado um grande reino para nós, não um reino ficticio mas um reino real, isso é para os vencedores desse mundo, os humildes de coração e que andam no caminho estreito, pois a dois caminhos.Enfim tem muito o que falar, não sou pastor mas estou falando a verdade, muitos aqui dizem que pararam de jogar para voltar a vida, que tipo de vida é essa? Acha que indo em festas e ”pegando” a mulherada é um tipo de vida diferente daquele que voçê estava na frente de uma tela?A VERDADEIRA VIDA É VIVER PARA JESUS, ELE TE SUSTEM, ELE TE DA SAUDE, ELE TE DA UM CORAÇÃO DIGNO E JUSTO.Pare um pouco e pense de onde voçê veio e quem esta por traz de tudo isso, a dois lados, o de satanas querendo te levar para o inferno e o de Cristo querendo te levar para a vida, qual voçê escolhe?Tem muitas coisas por tras de um simples jogo ”inocente”, estou falando isso para lhe ajudar, são palavras verdadeiras, e se voçê não acredita em Deus um dia voçê vai acredita porque a biblia fala que vai ter o juizo final, e se voçê não acredita na biblia não cre em Deus e então voçê esta perdido.A solução para deixar de jogar não é substituindo o jogo por otra concupsciencia do mundo, a solução é CRISTO.pense bem.
    Abraço a todos.

  38. amanda disse:

    eu jogo e não sou viciada jogo só umas 2 horas por dia e posso ficar 1 semana sem jogar que não ligo , essa dependencia não se aplica a todos os jogadores , eu amo jogar wow mais entre ir no cinema e jogar ou prefiro ir no cinema por exemplo

  39. Sem identidade disse:

    Nossa! Quanta coisa a se falar sobre esse problema. Eu realmente posso dizer que por mim gostaria de ser um viciado em outra coisa, isso ocorre devido a frustações que as pessoas sofrem. Eu realmente tenho gostos muito diferente de outras pessoas e é dificil arrumar um amigo de verdade que goste das mesmas coisas que eu. É isso que me prende a WOW, temos uma guilda que eu ajudei a montar e ja temos 90e0 players onde entre eles temos 120 players ativos firme e forte, assim criamos uma comunidade no team speak 3 de um amigo que paga pelo servidor que tem 520 slots ou seja podemos comportar 520 pessoas que gostam da mesma coisa. Bem eu sou casado e realmente gostaria de curti coisas mais saudaveis, mas de mim não surte interesse em mais nada. Sou uma pessoa muito dificil de lidar em alguns momentos, mas sou legal é que realmente tenho dificuldade de aceitar o gosto de outras pessoas que pensam muito diferente de mim. O que vejo é que o Wow me conecta realmente a essas pessoas que parecem comigo. Eu me sinto muito sozinho, mesmo sendo casado e tendo um filho que esta para nascer. Mas quando falo sozinho eu me refiro a conversar sobre algo que eu considere realmente interessante algo que me prenda e que me deixe realmente focado em resolver algo com prazer. Quando um “amigo virtual” pede ajuda para ir atraz de uma montaria alada rara, vou na hora, pois acho divertido a aventura de ir em um local que não conheço e resolver “um problema” de outra pessoa.
    Todos buscamos evoluir, eu realmente gostaria de fazer isso, mas não tenho prazer na vida real. O mundo wow é bem mais confortavel e mais quentinho temos nossos stress, mas todo mundo tem independete de ser virtual ou real.

    Bem o que acho chato é que gostaria de ser mais companheiro de minha esposa, gostaria de ser um pai mais presente. A realidade é que eu tenho sim, sentimento de culpa por ser tão ligado a esse mundo. Mas sei que se sair dele entrarei em outro e isso é um circulo vicioso so o tipo de pessoa que preciso sempre ter alguma coisa para me divertir e querendo ou não wow é uma diverção barata, comparada com uma viagem, ou ate mesmo um cara que curte aeromodelismo que eu tambem adoro, mas nao tenho dinheiro para comprar um aviao por exemplo hehe. Então a saida foi essa, rapida direta e barata. Isso facilitou muito eu criar esse casco protetor do mundo real. Cara as vezes nem tenho vontade de trabalhar por conta do jogo. Mas sei que se fizer isso não tenho jogo então. Trabalho para o bem do jogo permanecer online p mim.

    O que tenho a dizer e que eu jogo so 2 horas e 30 mim por dia, mas me sinto sim viciado no game. E nos finais de semana acordo as 07:00 hs p comecar tenho uma pause de 1 hora no almoço e volto as 13:00 hs e vou ate as 18:00 hs descanso uns 15 min e ja cria uma nova vontade de voltar a jogar por conta de alguma coisa que falta fazer no game, ae levanto e jogo ate as 02:00 hs da manha. e domingo faço o mesmo processo mas durmo mais cedo as 22 hs.

    Esse é meu ponto de vista do meu problema e da minha solução.

    Mas sou mesmo viciado?

  40. rafael disse:

    Amigos, eu fui viciado em jogos. Muitos dizem que conseguiram se libertar do jogo substituindo por outro ou simplesmente consseguiram se livrar, a verdadeira forma de se libertar do jogo nao por merito seu,, mas sim de Jesus, ele morreu na cruz com um proposito, nos libertar das garras de satanas e seus anjos. leia mais a biblia o livro sagrado de Deus, procure O, vc vera o inimigo te perseguir se fizer isso de coracao, mas a verdadeira batalha nao e virtual, mas sim espiritual, a biblia conta que a dois caminhos o estreito e o largo, muitos passam pelo largo que e o caminho da perdicao e o fogo eterno, mas poucos meu amigo sao os que passam pelo estreito que e o da vida eterna. Tenha uma vida digna, pare de pecar obedeca a Deus nosso criador e nao a satanas o ser caido, a biblia diz que ou a de servir a um ou a outro, nao se pode obedecer a Deus e a amom. Amigos eu sei o que e ficar em um beco sem saida, o unico jeito de sair dele e amar a Jesus e seu Pai Deus Jeova todo poderoso, Deus Forte de puro amor e justica! pare de fficar servindo a satanas, a unica coisa que esse anjo caido quer e te levar pro mal caminho, siga a Jesus nosso pastor.

  41. Wagner di Menezes disse:

    Prefiro ser viciado em World of Warcraft do que em crack,maconha, cocaína e outras drogas.

  42. Hikko disse:

    É a segunda vez que eu posto nesse blog! Eu parei de jogar há uns 4 ou 5 anos e parei pq o jogo estava me impedindo (ou dificultando) de obter algumas conquistas pessoais.

    Joga é divertido, mas todos sabem que rpgs online são mais viciantes do que jogos off line. Isso é um fato! Nós tb sabemos que é mt difícil conciliar mundo virtual-real.

    Esses dias assisti ao anime sword art online, que trata dessa realidade por nós vivida e, de certo modo, fortaleceu minha decisão de parar. O tempo passa, ele voa, e nós deixamos de aprimorar nossas qualidades reais por causa de um arquivo digital, que se perde tão fácil.

    Pra mim, jogar foi legal, mas passou minha época! N vale a pena tanto investimento! Quando se está no colégio ou na faculdade, as consequencias não são imediatas, mas quando vc tem que pagar as contas ou quer melhorar de vida, o prejuízo é imediato!

    Jogar é bom, mas pouquíssimos de nós conseguirá manter o equilíbrio. Chega um momento na vida que ela exige demais de nós! Então, se já é difícil realizar nossos sonhos nesta terra, quanto mais estando com o coração dividido?!?!

    Boa sorte a todos e que Deus os livre dos tropeços!

  43. Desconheçido disse:

    Amigos, Deus quer algo melhor, voçê estar na frente de uma tela estragando sua vida e fazendo que o inimigo de Deus, satanas faça aquilo que ele sabe de melhor, o engano. Muitos acham que estao felizes mas é um engano, a verdadeira felicidade é servir a Deus, não a satanas. Muitos acham esse jogo inofensivo, mas eu digo por esperiencia própria que esse jogo é destruidor. Deus quer algo melhor para voçê, Ele te quer dar uma família, um bom emprego, dignidade, respeito e principalmente aquilo que nessa geração perderam, o amor. Seja Feliz deixando essa vida hoje mesmo, e busque aquEle que te fez e Ele te dará tudo isso e ainda mais, a vida eterna. Já parou para pensar nisso, a vida eterna para aqueles que O amam, e poderemos desfrutar do reino de Deus e ainda poder ver o verdadeiro Heroi de tudo isso, um negoçio inexplicavel o amor que se entregou naquela cruz e ainda morreu inocente, mas hoje Ele vive e Reina sobre tudo. Jesus esse nome tem poder! Abraço

  44. Rudnei disse:

    Salve , salve galera !
    De tempos em tempos eu passo por aqui pra ver os relatos , acho super interessantes .
    Jogos Wow desde 2010 aproximadamente , e jogo em picos ; ou seja : Comecei em 2010 e fui uns meses seguidos jogando , numa média de 2 á 3 horas de segunda á sexta e uma média de 5 á 6 horas aos sabádos e domingos !
    Passam-se alguns meses e dou um “stop” , tipo canso mesmo pra ser exato e depois de mais uns 2 meses eu volto .
    Quando comecei em 2010 eu namorava quem viria a ser minha futura esposa , ela nunca curtiu jogos online e nem nada do genero , mas ela me compreendia . Eu tenho dificuldades pra fazer amizades , não curto sair pra beber , odeio o famoso “futibór” , então sempre me senti bem em ambientes virtuais , pois lá tinha pessoas que assim como eu tinham os mesmos gostos .
    Apesar de eu jogar aprox. essas horas semanais , eu nunca deixei de dar atenção pra namorada e sair , mas tenho que ser sincero ao dizer que muitas vezes preferia estar jogando .Mas isso não ocorria sempre , e a partir de 2012 minha carga horária no Wow diminuiu drásticamente , casei no final de 2012 , me mudei com minha esposa e ainda jogo .
    Menos ainda que no período de 2012 , mas sempre que possível eu jogo . Tenho muitas amizades no jogo e algumas até cheguei a conhcer pessoalmente , por esse motivo acho que sempre vou curtir Wow .
    O dono do blog deve ter se surpreendido com a história do joven rapaz americano e por isso criou esse tópico , mas vicio é uma palavra muito abrangente .Se excluirmos as drogas ilícitas , tem uma parcela enorme da populção que é viciada em bebidas alcoólicas , seja cerveja e etc , não passam um dia sem uns pares de garrafas vazias . É um vicio não é ? Oque vc ganha bebendo ?Pq vc bebe como se não existisse outro dia ? Tudo isso também esta dentro do contexto dessa página aqui , mas sob o papél de fundo do Wow , mas como beber é “100% natural” ninguém diz nada .Existem muitas outras ocupações viciantes , clubes , pescaria , aeromodelismo e segue vasta lista .
    Não adianta massacrar o Wow em questão , sendo que quem tem que ter controle sobre nossa vida somos nós mesmos .Um adulto que não possui disturbios mentais sabe muito bem sim senhor , que deve priorizar estudos , saúde e etc . E consequentemente sabe que se trancar em um quarto 24hrs por dia vai arruimar sua vida .
    Ahh meu amigo entrei nessa e não consigo sair , opaa então vc sabe que deve sair ! Não possui força peça ajuda . E aos pais que como essa senhora deixam os filhos na frente do pc 24 hrs por dia , e fazer oque bem entendem , o video é a resposta do que a criança irá se tornar . Os pais tem que prestar atenção e educar é obrigação deles zelar pela integridade fisica e mental dos filhos . Ficou só passando a mão na cabeça e depois que perdeu o controle ae vai chorar na televisão e fazer papél de coitada .
    Sei que falei demais e etc , mas é um desabafo . O Wow em si não é prejudicial de forma alguma . Oque o torna tão temido somos nós mesmos que muitas vezes não conseguimos dizer um simples “chega” ou um simples “parou” , levantar da cadeira do pc e respirar ar puro ,
    desfrutando de outras coisas da vida . Wow é diversão e passa tempo e nunca , nem jamais deve ser prioridade !!

  45. Mark disse:

    Não consigo acreditar nas conclusões que as pessoas chegam sobre o World of Warcraft. Os que ficam furiosos e atiram objetos na parede são um caso raro, é parte da personalidade da pessoa, quem reage desta maneira fora do jogo irá reagir a ele do mesmo modo. Creio que o maior objetivo do ser humano em si seja alcançar a felicidade, pois a mesma torna o nosso tempo de vida menos penoso. Se o jogo age desta maneira na vida de certo indivíduo, então o que há de errado em jogar durante um longo período de tempo para alguém que não consegue encontrar conforto com prazeres da vida social fora do mundo virtual? Devemos reconhecer que há pessoas que não se ajustam a vida em sociedade tão bem quanto outras. Imaginem um adolescente desprovido de beleza e de intelecto que passou sua vida em constante solidão servindo como chacota de seus colegas na escola. Este adolescente irá se sentir feliz ao conviver em sociedade, ou ficará cada vez mais desapontado com seu desempenho social sendo que ele é sempre o alvo principal de humilhação e não possui o mesmo sucesso de outros a ponto de um dia talvez ao meio de um caso típico de depressão induzida pelo fracasso vir a cometer suicídio? Agora imaginem que esse mesmo adolescente se encontra em um mundo no qual sua aparência real não conta e onde seu sucesso não depende da sua capacidade de interação social. Ele encontra muitos que compartilham do mesmo histórico de fracasso pessoal em convívio social e com estes forma um time de pessoas com mesmo interesse, que levam a sério e formulam estratégias para um dia tornarem-se os melhores unidos. O nível de desafio é alto, pois outros como eles também encaram este mundo de maneira equivalente. É uma maneira formidável de enfrentar sua realidade, de sentir-se parte de um todo e não deslocado, é um meio de encontrar a felicidade e fazer esta vida penosa passar rapidamente assim como outros conseguem através de festas, eventos, casamento, amizades falsas, debochando de quem não sabe como ou não quer se defender, bebendo no bar, jogando futebol aos fins de semana, praticando atos sexuais com uma mulher diferente a cada dia ou com a mesma por toda uma vida, tendo filhos pra tentar corrigir os erros que cometeu na vida desta criança e acabando decepcionados por perceber que uma criança pode ser criada pelo pai e não para o pai, uma vez que trata-se de um ser capaz de tomar decisões e não um fantoche que irá seguir cada ordem lhe dada. Em que momento é diferente querer buscar popularidade na vida real ou dentro de um jogo? Até que ponto o jogo é falso sendo que cada jogador está interagindo com 9.999.999 outras pessoas reais, vivenciando as mesmas emoções? O jogo é viciante porque dificilmente um jogador se tornará o melhor, ou completará todo o conteúdo disponível, então não há fim. O vício só terminará se o jogador não conseguir evolução nenhuma no ranking por muito tempo e desistir de seu objetivo, assim como fissurados por uma promoção no trabalho desistem ao considerarem inalcançável este feito depois de tentarem muito ou pouco. Ah vai, esqueçam tudo que falei, é difícil ficar pensando sobre esses temas polêmicos, eu estou quase entrando em contradição por pensar demais, é complexo e envolve muitas variáveis, portanto cada um que decida particularmente o que é melhor e pronto!

  46. Othon José disse:

    CARA, TENHO 14 ANOS E O MEU HORÁRIO DE JOGAR WOW ERA DAS 13:00 até as 23:00 – AGORA EU FICO MENOS AGORA SÓ DAS 18:00 até as 23:00 – DIMINUI MAIS UM POUCO POR QUE AGORA ARRUMEI MAIS AMIGOS – JOGO DAS 19:00 até as 23:00 por ai eu vo xD

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM