Motivação: de onde ela vem?

Você sabe quantos psicólogos são necessários para trocar uma lâmpada? Só um. Mas ela tem que querer mudar.
Piadinha clássica de psicólogo, que aproveita de uma visão bem característica do senso comum: que a pessoa tem que querer mudar para que isso aconteça. Será que precisamos mesmo de motivação? Ou ainda, de onde viria tal motivação?
Primeiramente eu gostaria de dizer que nada vem do nada. Dizer que a pessoa fez algo simplesmente “por que quis”, porque “teve confiança” ou “estava motivada” não explica nada. Devemos buscar a fonte dessa vontade, ou seja, o que levou a pessoa a se sentir motivada. E aí a explicação simplesmente sai de dentro da pessoa e vai para fora.
Por exemplo: se eu sempre fui bom aluno, tirei notas altas mas saio mal no vestibular, com certeza aquele resultado vai me afetar e pode me fazer querer estudar mais – estudar é algo que eu sempre fiz e me trouxe bons resultados, e portanto é desta maneira que costumo me comportar nestas situações.
Outro: quando criança minha mãe morria de medo de lugares altos e eu a via evitando sempre que possível viajar de avião ou andar em elevadores. Se eu cresci ouvindo dela o quanto tais lugares são perigosos, provavelmente não vou sentir vontade de viajar de avião e procurarei esquivar de tais situações.
Ou ainda, se sempre que enfrentei situações novas saí perdendo, fui criticado e cresci sempre obtendo melhores resultados vivendo sozinho e isolado, há grandes chances de depois de adulto eu não querer gastar muito tempo interagindo socialmente e preferirei ficar sozinho.
Claro que são exemplos bem simples, mas são histórias mais ou menos desse tipo que ouvimos no consultório. No final das contas, os gostos, vontades, motivações e tudo aquilo que compõe a nossa subjetividade, aquilo que temos de mais único e nos difere do resto do mundo, é na verdade construído socialmente.

Discussão - 7 comentários

  1. Claudia Chow disse:

    Eu achava q meu interesse por meio ambiente vinha do nada, agora q vc disse isso, preciso ver de onde vem! hehe

  2. Sempre gostei de estudar línguas.. depois me lembrei que quando criança queria aprender inglês pra entender o que estava escrito nos videogames. Como foi dando reesultado fui gostando disso e hoje não consigo mais parar.
    Agora quanto a estudar psicologia confesso que ainda não desvendei esse mistério heheheh.
    Boa sorte na sua autoanálise também! 🙂

  3. Grako disse:

    Adoro psicologia…Nos meus tempos de infancia a casa em que moravamos vivia sempe cheia devido a varios irmaos que possuo, dai quando todos saiam p/ o colegio etc. me sentia muito sozinho, e muitas vezes procurava agradalos ao max. que podia p/ que eles nao me deixassem sozinho, esta solidao me fazia refletir a respeito de como fazer p/ passar + tempo c/ eles s/ que me deichassem sozinho, creio que este seja o motivo desta minha inclinacao p/ o estudo do comportamento humano. Aproveito este espaco p/ desejar 1 feliz ano novo a todos !

  4. luanna disse:

    tenho 28 amos,nunca me importei muito com estudo.mas eu tinha um sonho sufocado dentro de mim:ser psicolologa.por alguns motivos pessoais eu havia parado de estudar e voltei no ano de 2.009 onde fiz o terceiro ano,concluindo assim o segundo grau.Agora estou prestes a entrar para a faculdade e correr atras do prejuizo.gostaria de saber quais sao os pros e contras de fazer essa faculdade.se vle a pena ou nao.se alem de realizar meu sonho,tenho possibilidades de ser boa profissional e se morando no interior haverá campo de trabalho.

  5. Motivacao de onde ela vem.. Reposted it 🙂

  6. Motivacao de onde ela vem.. Super 🙂

  7. Márcia disse:

    A motivação acontece de dentro para fora e de fora para dentro, claro que a situaçoes diferentes …

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM