Lobotomia no Youtube

Acabei de encontrar esse vídeo muito interessante sobre Dr. Walter Freeman e o início da Lobotomia, hoje também conhecida como psicocirurgia – um nome mais bonito para um procedimento que continua porco.

No desespero para encontrar soluções para os problemas comportamentais, a ciência já tentou muitas coisas absurdas, na maioria das vezes não de modo tão científico assim, como no caso da própria lobotomia.
Na busca de melhores tratamentos devemos olhar para trás e nos perguntar se estamos seguindo o caminho certo, aprender com os erros do passado, senão a coisa fica mais ou menos como está hoje: embora este procedimento seja menos utilizado, ainda não foi extinto, e além dele ainda vemos pessoas internadas, abandonadas pelos familiares, tomando diariamente 2, 3, ou até 7 diferentes medicamentos tarja-preta para controlar os comportamentos inadequados. Controlar, mas não resolver. Grande evolução!

Discussão - 8 comentários

  1. Rafael_RNAm disse:

    Muito legal Felipe,
    Mas e ae, quais as consequências da lobotomia para o paciente? Viram “zumbis” como dizem?

  2. Felipe Epaminondas disse:

    Pode-se dizer que sim, este é um procedimento que destrói o lobo frontal do cérebro, o paciente vira outra pessoa. Hoje em dia este procedimento mudou mas ainda tem semelhanças, ao invés de destruir parte do cérebro, se não me engano são eliminadas as conexões a estas partes, o que no final das contas dá na mesma. Mas eu não sou especialista no assunto então não posso comentar muito sobre isso.

  3. Alessandra Canuto disse:

    Achei muito interessante seu blog! Parabéns pela iniciativa!

  4. Ricardo disse:

    Meu caro Felipe, desta x tenho que discordar da sua posição em relação a lobotomia, claro que concordo com vc que a maneira que era realizada este procedimento na década de 50 por este insamo e depreparado Walter Freeman, mas que deu um passo muito grande para a ciencia conhecida como psico-cirurgia e realizada nos dias atuais. Gostaria de partilhar com vc , como enfermeiro, ja li bastante sobre o assunto vi e cuidei de alguns pacientes ..
    ..lembro em particular de um deles que fora retirado todo o lobo esquerdo e levava uma vida praticamente vegetativa.. acamado com sintomas iguais aos de que sofre um AVEH, incluindo dificuldade de fala, deglutição, medo, incontinências, devido ao repouso, infecçoes respiratórias são frequentes e a motilidade intestinal tb fica diminuida. Claro que é um absurdo a maneira como este procedimento realizado na decada de 50 é apresentada neste vídeo ( sem anestesia, choques, furador de gelo, sem incisões cirurgicas propriamente dita etc) mas hj os procedimentos costumam ser em boa parte dos casos bem sucessidos e utilizados como ÚLTIMO recurso pela medicina, em casos de trastornos mentais graves, câncer, infecçoes por parasitas como bacterias virus e protozoários é alguns destes são capazes de mudar o comportamento cerebral do hospedeiro a ser favor.(exemplo: ectoparasitas, microrganismos que colonizam a superfície do corpo. Certos acarinos, por exemplo, montam nas costas de formigas, provocando um reflexo que culmina em vômito, para daí se alimentarem) outro exemplo: Alguns oxiúros depositam ovos na pele de um roedor. Os ovos secretam uma substância que provoca coceira, fazendo o roedor mordiscar o local.
    Com isso, os ovos acabam sendo ingeridos e, uma vez dentro do roedor, eclodem na maior alegria….. voltando……
    Hoje em dia temos anestésicos, aparelhos de tomografia em tempo real, conseguimos mapear com mais precisão as diversas áreas do cerebro e quais especificamente “controlam ” a maior parte do comportamento físico e ate sabemos das areas das emoções não é incrivel? podemos descobrir um sociopata atraves destes mecanismo …. podemos diagnosticar com maior precisao as areas lesadas do cerebro e quais foram mal formadas no processo embriolóligo e ainda fatores que desencadeam tais más formações. Outra grande diferença é que hoje deixamos o cliente/paciente acordado em meio ao procedimento cirúrgico, alem de receber analgésicos, pois vc deve saber e informo aos leitores de que o cerebro em si não tem receptores pra si proprio em relação a dor, portanto o cerebro Não sente dor, o que doi é o rompimento da membrana que envolve o mesmo (as meninges) pois nelas tem terminações nervosas. Bom acho que a questão central é se é viável ao paciente e trará benefícios? correto? posso afirmar que há sim, óbvio muitos casos em que o familiar sabe que o risco de agravamento da “lesão” é muito grande e há sim muitos casos bem sucessidos, como disse a precissão cirúrgica que temos hj responde por si só. Apesar de insano, ou melhor deshumano o comportamento, nao podemos criticar tao bravamente esta época que em termos evolucionario é muito pequeno e diferente de hj em dia… na decada de 50 a psicologia nem existia e ainda é um bebezinho que engatinha e tenta alcançar seu proprio cérebro, mas seus braços(olhos) ainda são muito curtos eou protegidos por uma carapaça chamada de cranio,ou sem o lobo occipital, muitos deles … cegos…rs..
    vou finalizando.. deixando aki um link pra quem se interessar nos bixinhos que controlam nossa mente http://www2.uol.com.br/sciam/reportagens/manipuladores_cerebrais_imprimir.html
    além disto deixo uma pergunta em aberto: O que é menos doloroso pra familia de um um doente terminal .. e ao paciente que sabe que irá ou pode morrer devido uma doença. ou dizer a ambas que existe 1% de chance de que viva ? e deixo uma pergunta pra vc Felipe… segunda o que a his´toria da medicina nos conta, vc julga Freeman um Psicopata? Vc confirmaria que as grandes conquistas na maioria dos tempos(forma hisórica) fora comandada por sociopatas ou psicopatas? (nao vejo diferença)! não quero supor que Freeman era gente boa, longe disto, estou falando em sua ousadia.. pois se colocarmos tudo da forma que vc quis espor sobre este assunto .. deveriamos questionar outros metodos entaum .. a guerra santa , a busca do petrolio, a caça as “bruxas” a ida a lua … os segredos da nasa… da vince, o acelerador de particulas, os buracos negros engolindo a terra(é serio!), o FBI, a descoberta do Brasil , santa inquisição (de forma geral), o papa, Hitler, a física quântica, a parapsicologia, o assasino de boston, jack estripador em londres, pra finalizar este último é a razão da Polícia existir!. Freman não é a razão da medicina existir mas sobre o assunto talves o seja. E é ele que nos traz hj a este assunto tão complexo. Pergunto tb vc ja ouvir falar de algum psicologo ou um psiquiatra que tenha “CURADO” alguem? eu não! onde entra a Fé nisto tudo? forte abraços Felipe …

  5. Ricardo disse:

    vou por os videos que achar interessante no meu orkut e estou divulgando seu blog … sucesso …

  6. Ricardo disse:

    keep in touch.

  7. Felipe Epaminondas disse:

    Estou ciente da importância de passos “ousados” para o avanço da ciência, mas convenhamos que alguns são mais éticos que outros. A história da medicina é bem curiosa, initeressante de se estudar, mas a história da psiquiatria, sinto dizer, mas chega a ser cruel!
    Respondendo à sua pergunta, já vi sim pessoas saírem 100% melhores depois de passarem por acompanhamento psicológico + psiquiátrico, temos avançado bastante nos últimos anos.
    Você mencionou sobre imagens cerebrais de psicopatas, bem, sinto muito, mas nenhum transtorno psicológico tem o diagnóstico feito com base em imagens cerebrais, é só conferir o DSM-IV.
    Abs.

  8. David disse:

    Sr. Felipe,
    UFA !!! Finalmente alguém disse algo descente.
    Sr Ricardo: VÁ ESTUDAR. Sua fala é perversa. Gostaria sim de “ver” imagens de sociopatas. Não subestime a inteligência das pessoas. Tenha dó. O senhor gostaria tb de conhecer os “laudos” técnicos do “médico” Joseph Mengele a respeito da capacidade de regeneração do tecido ósseo após oito fraturas propositais? Ou quem sabe, o que acontece quando uma mulher em trabalho de parto tem as pernas amarradas? Ou ainda, o que acontece qdo uma pessoa é mergulhada e mantida em soluções eutéticas a -40ºC?
    Não fale em ciência. Ela está muito longe do seu repertório.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM