Uma alternativa à Ritalina para o TDA

Em um episódio do desenho South Park há uma crítica bem curiosa ao grande número de “diagnósticos” de Déficit de Atenção e o enorme uso da Ritalina, mostrando que existem tratamentos alternativos:

O vídeo é bem engraçado, mas é claro que se trata de um programa de comédia, falar sobre os efeitos da punição seria assunto pra outro post, mas ainda assim o vídeo nos faz questionar se a verdadeira causa para o grande número de crianças com dificuldade de concentração está no cérebro delas ou na sociedade.
Mais uma vez irei citar o neurocientista Steven Rose (como neste post):

“Mascarar a dor psíquica indicada pelo comportamento destrutivo pode propiciar um espaço para pais e professores respirarem e para a criança negociar um relacionamento novo e melhor; mas, se a oportunidade não for agarrada, mais uma vez vamos nos encontrar tentando ajustar a mente, em vez de ajustar a sociedade.”

O vídeo eu conheci graças ao Alessandro.

Discussão - 12 comentários

  1. Igor Santos disse:

    Mas a causa para o TDA pode ser mesmo “falta de educação” além de predisposição?

  2. Felipe Epaminondas disse:

    Sim!!!!!!! Nenhum comportamento vem do nada, quanto mais estudamos padrões comportamentais em laboratório e pesquisas aplicadas mais fica evidente o poder do ambiente na modelação destes padrões! Hoje em dia temos a tendência a “patologizar” e “medicalizar” tudo, quando na verdade o problema está em outro âmbito.

  3. maria disse:

    falei de um trabalho sobre déficit de atenção aqui: http://scienceblogs.com.br/cienciaeideias/2009/01/o-brilho-da-pouca-atencao.php
    a ideia crianças com déficit de atenção têm talentos, e a melhor estratégia pode ser tirar proveito desses talentos em vez de medicar. aí, acredito, entra a educação – se os pais estiverem atentos para encontrar maneiras de dar vazão à criatividade e atividade dessas crianças, em alguns casos pode ser muito mais produtivo do que um diagnóstico e uma receita.

  4. Joey Salgado disse:

    E a mesma coisa também valeria para a molecada “hiperativa”? Criança hiperativa, para mim, é sinônimo politicamente correto de moleque pentelho!
    Inté!

  5. Felipe Epaminondas disse:

    Sim!!! Concordo plenamente, é muito melhor (e mais humano) ensinar estas crianças a investirem em novas atividades mais produtivas do que as punir por terem dificuldades de concentração ou entupi-las de remédio (que é quase uma lobotomia).

  6. Rafael Geraets disse:

    Prezado Felipe,
    como foi possível, você chegar ao raciocínio seu, sendo que isto deve ser contraditório em relação aquilo que te ensinaram? grato pelas traduções e legendas nos vídeos no Youtube! Parabéns pela sua atuação. A raça humana agradece.
    Continue assim, sei que terá inimigos também. Ao mesmo tempo, você já pode contar com 4 milhões de fãs do seu trabalho. Este número está aumentando anualmente.

  7. Clarissa disse:

    Oi, Felipe!
    Muito legal esse vídeo. Essa discussão me lembra uma reflexão que fiz durante uma das disciplinas de psicologia do curso de licenciatura sobre a medicalização das dificuldades de aprendizagem. Lemos um livro que era sobre uma pesquisa feita com professores da rede de ensino em São Paulo na década de 80 e foi chocante perceber como declarações absurdas ainda são muito atuais, onde a responsabilidade de aprender e ‘prestar atenção’, de acordo com as expectativas dos adultos, está toda em cima das crianças. Quase sempre, a criança que não se adequa é classificada como ‘problemática’ e os pais são instruídos a procurar atendimento médico ou psicológico.
    Ah, sim, eu conheço um garoto autista que foi alfabetizado (sim, com atraso) e frequenta uma escola comum e sei que a sua socialização com certeza se deve a educação que os pais lhe dão… imagina que ele recebe bronca quando não se comporta ‘bem’? Acho isso fundamental.

  8. andre disse:

    Bravo!!! Genio!!! voce é um genio!!! me mande uma foto autografada para meu email!! obrigado!!!

  9. yuri disse:

    E quanto ao TDAH em adultos jovens?

  10. Mahria disse:

    Meu filho foi diagnosticado com Deficit de atenção e hiperatividade. Ele simplesmnete não consegue estudar, ficar quieto na sala, prestar atenção nas aulas, princípalmente com o modelo de escolas que lembram os tempos medievais. Não queria medica-lo com ritalina. Porem não vejo muitas alternativas. O que ele poderia fazer que o fizesse se concentrar melhor nas aulas?

  11. Giovanna disse:

    Quanta ignorancia! “falta de educacao”, disposicao? pentelho?
    POr favor! Acho que na verdade VOCES precisao se educar mais.
    Eu tenho 25 anos de idade, sou formada em Relacoes Internacionais, falo tres idiomas e a pouco tempo descobri que tenho TDA.
    Desde crianca tive problemas para me concentrar e ate mesmo conversar com pessoas. Quando as pessoas falam comigo, minha mente comeca a pensar em mil coisas e no final eu nao faco ideia do que a pessoa me falou/pediu.
    Eu tenho me esforcado muito para prestar atencao, sei do meu problema e tento me concentrar mais.
    E afirmo que nao e falta de educacao, pois sou graduada e tenho uma familia que preza muito educacao tanto familiar quanto escolar, nao e falta de interesse ou disposicao, pois eu me esfoco muito para conseguir me concentrar.
    E algo mais forte e dificil de controlar.
    A crianca nao deve ser punida, apenas compreendida. A ritalina nao eh uma forma de “entupir criancas de remedio”, mas ajuda na concentracao e permite que a crianca possa demonstrar e desenvolver seus talentos sem nenhum problema.

  12. sidney disse:

    minha namorada tem deficit,,,a medica insiste em trata-la c ritalina…o q a faz muito mau…o q eu posso fazer p ajuda-la?ha um trat alternativo? por favor ,,me ajude a ajuda-la,,,obrigado….

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM