Como fazer suas resoluções de ano novo darem certo

20100102autocontrole1.jpg2010 tá aí e quase todo mundo começa o ano novo com novos planos e resoluções. Mas quantos de nós realmente alcança essas metas? Encontrei aqui algumas dicas de como conseguir cumpri-las e resolvi sintetiza-las aqui no blog.

Seja objetivo em seus planos.
As intenções podem ser boas, mas planos vagos tem mais chance de falhar. Procure planejar bem e pensar bastante nestes planos. Ao invés de dizer “vou gastar menos dinheiro este ano” é mais recomendado, por exemplo, dizer “não vou gastar mais de R$20 por semana nos almoços” ou “em janeiro revisarei meus gastos mensais para ver o que posso reduzir”.

Entre em ação
Muitas resoluções envolvem deixar de fazer alguma coisa, como comer, beber, fumar, comprar ou gastar. No entanto, ao deixar de fazer algum hábito é muito comum você ficar pensando obsessivamente no que deixou de fazer – o oposto do que você quer que aconteça. Ao invés de procurar evitar ações, tente criar novos hábitos e atividades para substituir as que você quer que diminua, assim você mantém sua mente ocupada em outras coisas, como caminhar ao invés de fumar ou jogar boliche ao invés de ficar na internet.

Tome providências
Lembre-se que seus hábitos são influenciados por estímulos ambientas. Ou seja, se você quer parar de fumar, evite frequentar aquele bar que você sabe que irá te dar vontade, da mesma maneira que se você não resiste à uma liquidação deve evitar frequentes visitas ao shopping. Isso é mais do que lutar contra a tentação: é reformular os circuitos neuronais.

Use estímulos tangíveis
Use estímulos para manter você na meta, como pregar o saldo do cartão na carteira ou pendurar aquela roupa favorita (mas pequena demais) em sua cozinha. Lembranças tangíveis de sucesso também são motivadoras, como gráficos de progresso, recompensas, ou até mesmos fichas como “estrelas” podem melhorar sua confiança e desempenho.

Controle seus pensamentos
Evite perfeccionismo: metas foras de alcance terão muito mais chances de falharem. Esteja também preparado para pequenos erros, ninguém é perfeito e você não precisa desistir da meta por causa de um escorregão. E, por fim, você pode culpar várias pessoas e situações mas o sucesso depende muito mais de sua própria responsabilidade!

Depois disso tudo, o que eu tenho a dizer é feliz 2010 aos leitores aqui do blog e boa sorte com suas resoluções de ano novo! 🙂

Discussão - 4 comentários

  1. Silvane disse:

    Você tem o mesmo problema de conjugação de verbos no plural que eu. 😉
    Feliz 2010!

  2. Felipe Epaminondas disse:

    E qual problema seria este?! heheh

  3. Ricardo disse:

    Ah…. Sinceramente, parei de fazer resoluções de ano novo.. Todo ano é a mesma coisa, várias promessas, todo mundo bonzinho e alegre, o mundo prometendo mudar…
    Chega dia primeiro tudo volta ao normal, as mesmas pessoas querendo te derrubar, acho tanta hiprocrisia, que agora só curto as festas, aproveito tudo de bom, revejo a familia e como o grande sábio Zeca Pagodinho diz, “Deixo a vida me levar, vida leva eu….”
    Abraços e feliz ano novo…

  4. jonas disse:

    Este ano eu radicalizei e tomei uma resolução: não tomar mais resoluções !
    abraços
    Jonas

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM