Depois do meme científico, que ainda está rolando e com a idéia de aumentar a interação de blogs de ciência em língua portuguesa estou propondo um Carnaval de Posts. A idéia de um Carnaval é que vários blogs participem, todos postando sobre um mesmo assunto. Além de promover uma troca de idéias e pontos de vista diferentes, ainda ajuda na divulgação dos blogs participantes. Para uma explicação melhor e mais detalhada sobre isso, é só dar uma olhada no blog do Hiroshi.
Como sou o primeiro (pelos menos eu acho) a propor um Carnaval científico, tenho o privilégio de escolher o tema, e claro que vai ser o que mais gosto (apesar de alguns terem dúvidas), evolução.
Então estas são as regras:
A cada segunda semana do mês diferentes blogs postam sobre o tema evolução durante uma semana, cada mês quem hospeda o Carnaval é um blog diferente, e para que os leitores não fiquem perdidos, os blogs participantes indicam onde está sendo sediado o Carnaval. Na segunda semana de março acontece o primeiro, aqui neste blog e em abril acontece o segundo, que sugiro que aconteça no Uma Malla pelo mundo.
Dentro do Carnaval sobre evolução, cada mês terá uma idéia específica, sugerida pelo blog que sedia. O Carlos Hotta tinha me dito para sugerir uma idéia diferente, e acho que fui até meio longe demais. Mas, acredito que por mais que possa dar errado, o que vou sugerir também dê liberdade para os participantes serem bem criativos.


Quando aprendemos sobre evolução, Lamarck é sempre retratado como o sujeito que errou ou “aquele cara das girafas”. Quando propôs a teoria da Herança de Características Adquiridas, por mais errado que estivesse (não de todo, a biologia é a ciência das exceções), foi o primeiro a sugerir que a diferença entre os organismos deve ser gerada por leis naturais e não por força divina -nas palavras de Darwin.
Por mais que tenha sugerido que os organismos mudam e se adaptam ao ambiente (e a maioria das pessoas pensa dessa forma intuitivamente), Lamarck morreu pobre e desconhecido e até hoje é tido como o cara antes de Charles Darwin que estava errado. Acho que ele merece mais reconhecimento, e como tal deixo a seguinte idéia para o Carnaval:

“Como seria o ser humano atualmente se Lamarck estivesse certo?”. Se Lamarck estivesse certo (e ignorando como seriam todos os outros organismos), como seríamos nós, depois de todas essas gerações convivendo em sociedade? Que características adquiridas seriam passadas adiante?
Vale qualquer tipo de postagem: textos, crônicas, charges, vídeos, etc. Sendo relacionado ao tema, está valendo. Não sei se vai dar certo, mas também vou aceitar textos de leitores que quiserem colaborar, os melhores serão postados no blog. Se você tem um blog e quer participar basta clicar no botão de contato e me mandar um e-mail ou me adicionar no Twitter.

Skip to content