foca e fotógrafo Créditos Paul Nicklen e National GeographicSabe aqueles filmes da seção da tarde que mostram um cientista ou um explorador no meio da selva fazendo amizade com um animal enorme, que invariavelmente vai ser caçado e quase morto (bem quase mesmo, provavelmente depois de salvar alguém pondo sua vida em risco) e no final se salva e todos são felizes? Bom, o biólogo e fotógrafo da National Geographic Paul Nicklen passou por algo parecido, sem aquela parte do animal quase morrer.Fotografando na Antártida ele conquistou a simpatia de uma foca leopardo, de cerca de 4 metros de comprimento e 450 kg. A foca além de ficar curiosa e nadar em volta passou a trazer pingüins vivos e mortos, e inclusive tentou ensiná-lo a caçar! Para ver o relato dele e fotos maravilhosas, assista essa apresentação multimídia.
Sei de alguém que ia gostar de passar por isso.