Why so serious? ©Birgitte Wilms/Minden Pictures – National Geographic

O peixinho simpático aí em cima tem um nome bem sugestivo, peixe morcego de batom rosa (rosy-lipped batfish – Ogcocephalus porrectus), e é encontrado na Costa Rica. A espécie mais próxima dele é o peixe de batom vermelho (red-lipped batfish Ogcocephalus darwini), nativo de Galápagos, como se percebe pelo nome. Quanto ao batom vermelho, dá para ver o porquê aqui embaixo:

©Scubaben

A boca avermelhada, o nariz estranho e o bigode por fazer são parte da estratégia de caça deles. Eles ficam parados no fundo do mar e o focinho possui um prolongamento que balança para lá e para cá. Quando um peixe desavisado chega perto atraído pela isca, leva o bote.

Como eles passa grande parte do tempo no funco do mar, as nadadeiras peitorais funcionam como patas, que proporcionam uma locomoção bem desajeitada. Você pode conferir no vídeo – que também mostra um outro peixe bem simpático, o peixe sapo, que usa a mesma estratégia de ficar parado e dar o bote na presa.

Clau, foi o mais próximo de fofo que consegui chegar hoje 😉