Crânio de leão
Crânio de leão ©WiredAfterMidnight

  Crânio de tigre dentes de sabre
Crânio de Tigre-dentes-de-sabre ©Travis S.

Qual você acha que é a melhor estratégia para abater uma presa? Força ou precisão? Pois bem, parece que os felinos adotaram duas estratégias diferentes.

Os felinos modernos, como o leão, possuem músculos fortes e uma
mandíbula robusta, especializados em esmagar a presa. Já os felinos do
grupo do dentes-de-sabre (não sei como fica o termo sabercats em português, gatos-sabre?) possuem aquele dente óbvio, mas com uma função não tão evidente até algum tempo atrás.

Segundo modelos morfométricos (baseados em medidas dos crânios) analisados em computador,
a mandíbula dos tigres-dentes-de-sabre possui uma força de mordida mais
fraca. Mas em compensação, ela é bem adaptada para cortar gargantas de
uma vez, uma maneira bem rápida de matar a presa. E talvez, tenha sido
essa especialização que tornou os tigres mais suscetíveis a extinção, à
medida em que o clima e a distribuição de herbívoros mudou.

Mais sobre isso, com o artigo de referência e uma discussão mais completa, no blog do Greg Landen.