Ultimas Notícias

O que jornais, revistas e internet noticiaram relacionado a mudanças climáticas.
1)Investimentos no setor de energia renovável aumentam 25% de 2005 para 2006.
2)Energia Nuclear e Angra 3.
3)Casa ecologicamente correta tem emissão zero de carbono.
4)Brasil assina acordo com UE e deve exportar biocombustíveis.
5)Ceticismo sobre mudanças climáticas.
6)Aconteceu
1) Investimentos no setor de energia renovável aumentam 25% de 2005 para 2006.
A Unep (“United Nations Environment Programme”)publicou em recente reportagem um estudo feito sobre os investimentos em energias renováveis. A reportagem traz dados interessantíssimos sobre os investimentos na área. Atualmente, 2% de toda energia produzida no mundo é renovável e conta com 18% de todo investimento em produção de energia. 9% do investimento mundial do setor de energia renovável, está na China e 21% em países em desenvolvimento (este número era 15% em 2006). O setor de energias renováveis vem atraindo investimentos pesados principalmente em energia eólica, biocombustíveis e solar, refletindo maturidade tecnológica, incentivos governamentais e o apetite dos investidores. A América Latina ficou com 5% dos investimentos mundiais, alimentados principalmente pelo setor de bioetanol, no Brasil.
Em 2001, a Unep listou 13 países onde o investimento em energia renovável poderia trazer muito retorno financieiro. Eram eles: Bangladesh, Brasil, China, Cuba, El Salvador, Etiópia, Gana, Guatemala, Honduras, Quênia, Nepal, Nicarágua e Siri Lanka. Os investidores parecem responder bem ao estudo.
Saiba mais em:
Unep
2005: Record year for investments in renewable

2)Energia Nuclear e Angra 3.
Desde novembro de 2006, quando o governo anunciou planos para completar a usina Angra 3 e construir mais 4 usinas até 2015, muito tem se falado sobre energia nuclear no Brasil.
Fato é que o Brasil tem conhecimento e tecnologia de enriquecimento de urânio. Fora isso, 4% de toda reserva mundial conhecida de urânio encontra-se em território nacional (Bahia e Ceará são os principais Estados). Parte de Angra 3 já foi construida, alguns equipamentos que serão utilizados já foram comprados e esperam instalações. Estima-se que Angra 3 tenha capacidade de abastecer 1,5 milhão de pessoas, gerando 1.350 MW de energia. Na questão das mudanças climáticas, a energia nuclear apresenta-se como uma alternativa uma vez que não emite gás carbônico.
No outro lado da balança vem o custo da obra. Ainda serão necessários 1,8 bilhão de dólares para terminar. Na relação custo/benefício, a usina nuclear provém a energia mais cara. Do outro lado, as usinas hidrelétricas com o custo de produção mais barato.
Saiba mais em:
Nuclear Power in Brazil
Angra 3 vai abastecer 1,5 milhão de pessoas – Conversa Afiada
3)Casa ecologicamente correta tem emissão zero de carbono.
A empresa britânica Kingspan Lighthouse apresentou o projeto da primeira residência neutra quanto à emissão de carbono e autosuficiente em energia elétrica. Segundo a empresa, o custo de construção da nova casa será cerca de 40% superior ao de uma casa tradicional com as mesmas dimensões.
Leia mais:
Casa ecologicamente correta
4)Brasil assina acordo com UE e deve exportar biocombustíveis.
A necessidade de combustíveis limpos frente ao problema do aquecimento global uniu interesses do Brasil e da União Européia (UE) que assinam acordo de diálogo sobre política energética. De um lado UE pode nos oferecer conhecimentos e tecnologia em eficiência energética e um mercado consumidor ávido por fontes de energias limpas. De outro o Brasil, líder no desenvolvimento de biocombustíveis e bioetanol.
Saiba mais em:
Brasil deve assinar acordo sobre energia com União Européia
Carbono Brasil
5)Ceticismo sobre mudanças climáticas.
Levantamento mostra que muitas pessoas acreditam que as notícias sobre aquecimento global são exageradas e têm o propósito de fazer dinheiro se aproveitando do “medo”.
Os cientistas estão preocupados com a rejeição dos estudos científicos sobre o aquecimento global e que este pode ser relacionado a atividades humanas.
Saiba mais:
Ceticismo sobre mudanças climáticas
6) Aconteceu:
Biocombustíveis e MDL marcam pauta da visita de John Ashton ao Brasil.
As Indústrias Nucleares do Brasil (INB) receberam Prêmio Brasil Ambiental pela atuação da empresa na recuperação de matas ciliares, reflorestamento e fauna no Vale Rio Paraíba do Sul.
Fórum Nordeste 2007 discutiu o papel do etanol e dos biocombustíveis no futuro da economia do Nordeste e do Brasil.

Discussão - 0 comentários

Participe e envie seu comentário abaixo.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM