Inventário Brasileiro de Emissões Antrópicas de Gases de Efeito Estufa – Parte I

Parte I – Emissões de Dióxido de Carbono por Queima de Combustíveis – Abordagem Top Down
O primeiro inventário brasileiro das emissões de CO2 por queima de combustíveis – Abordagem Top Down – faz referência ao período de 1990-1994, baseado nos dados de energia por fonte, obtidos do BEN (Balanço Energético Brasileiro), do Ministério das Minas e Energia. Uma vez que as metodologias propostas pelo IPCC (1996) não refletem as realidades nacionais, modificações metodológicas foram introduzidas e são explicadas no documento.
De 1990 a 1994 houve um aumento de 15,6% do consumo aparente de combustíveis fósseis, o que significou um aumento de 16,6% nas emissões de CO2 (55,2 TgC para 64,4 TgC). Neste período, a energia hidráulica supria 96% da eletricidade e representava a principal fonte de oferta bruta de energia, com 33%. O petróleo e seus derivados ocupavam o segundo lugar (29%) enquanto lenha e carvão vinham na terceira posição (11,6%).
Atualmente, a OIE (Oferta Interna de Energia), tem como principal representante o petróleo e seus derivados com 37,9% de participação, em segundo lugar biomassa com 30,1%, seguido pela energia hidráulica e eletricidade, com 14,8%.
Só com estes dados é possível concluir que o primeiro inventário brasileiro das emissões de CO2 por queima de combustíveis – Abordagem Top Down já não retrata a realidade nacional e seriam necessários estudos mais atuais para que políticas públicas e tomadas de decisão fossem mais efetivas no sentido de diminuir ou estagnar as emissões antrópicas de GEE.
Saiba mais:
Emissões de Dióxido de Carbono por Queima de Combustíveis – Abordagem Top Down – Ministério da Ciência e Tecnologia.
Balanço Energético Nacional Ministério das Minas e Energia.

Discussão - 2 comentários

  1. Adalberto Souza disse:

    bom gostaria de saber se vocês tem o inventario de emissoes de CO2 de todos os estados do brasil… ou se não onde eu possa encontrar esses dados.Pois estou fazendo uma pesquisa e naum encontro em lugar nenhum esses dados.
    agradeço

  2. Oi Adalberto,
    O inventário nacional foi produzido pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e pode ser encontrado no site deles, para download. Vc também pode escrever um e-mail pra eles e eles te mandam por correio os relatório.
    Quanto aos estados, que eu saiba, somente o Rio de Janeiro e São Paulo fizeram seus inventários. Desconheço sobre os outros estados. Vc pode encontrar sobre isso na internet, nas secretarias de meio ambiente de cada estado.
    Espero ter ajudado!
    Paula

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM