Encontro sobre mudanças climáticas em Viena chega ao fim

(Viena, 31 de agosto) A rodada de discussões sobre mundaças climáticas chegou ao fim em Viena. Estiveram reunidos mais de 900 representantes das partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC, sigla em inglês), ONGs e imprensa.
“Os países puderam reavaliar o grande cenário do que é necessário para identificar os pilares chaves para uma efetiva resposta às mudanças climáticas” disse Yvo de Boer, Secretário Executivo da UNFCCC. “Há um consenso de que a resposta precisa ser global, com o envolvimento de todas as nações e que é necessário dar igual importância a adaptação e a mitigação.”
Os representantes dos países membros da Convenção também discutiram como a resposta pode ser viabilizada por uma estratégia que abre caminhos para o fluxo financeiro com investimentos em ações ecologicamente corretas e ações preventivas. Esta discussão foi baseada em um relatório sobre os invenstimentos e fluxo financeiro para o desenvolvimento de uma resposta internacional efetiva e apropriada, apresentada por um Secretário de Mundanças Climáticas da ONU.
“O relatório mostra claramente que a eficiência energética pode trazer reduções reais de emissão a baixos custos”, disse Yvo de Boer. “E também mostra que muitas destas oportunidades estão nos países em desenvolvimento (referindo-se aos Mecanismos de Desenvolvimento Limpo – MDL), mas que também os países industrializados precisam de estratégias agressivas para reduzir emissões”.
O grupo dos países do Anexo I reconheceram oficialmente a indicação do IPCC, de que as emissões globais precisam atingir um pico nos próximos 10-15 anos e então serem reduzidas a níveis baixos, bem abaixo da metade dos níveis de 2000, até metade do século XXI.
Tradução minha.
As reuniões podem ser assistidas através de Webcasts. Clique aqui para saber mais.
Para o comunicado completo em inglês clique aqui.
Update
Mais informações via Agência CT

Países definem consenso na faixa de redução de gases de efeito estufa

A reunião preparatória para a Conferência da Partes da Convenção Quadros das Nações Unidas sobre a Mudança Global do Clima (COP 13), que aconteceu em Viena, Áustria, na semana passada, produziu um documento no qual os países industrializados entraram em consenso de que é preciso reduzir entre 25% a 40% os gases de efeito estufa até 2020.
“Este documento já é o começo das discussões que serão mantidas em Bali, no final do ano. Além de dar continuidade ao debate sobre o potencial de mitigação dos países industrializados”, explicou José Domingues Miguez, coordenador geral de Mudanças Globais do Clima do Ministério da Ciência e Tecnologia e integrante da comitiva brasileira no evento.
Na reunião de Viena, que reuniu autoridades de cerca de 150 países, foi apresentado um relatório do Grupo de Trabalho de Mudanças Climáticas da Organização das Nações Unidas (ONU), que informa ser necessário investimentos adicionais de cerca de US$ 210 bilhões por ano, até 2030 – a maior parte em países em desenvolvimento – para manter as emissões dos gases que causam o efeito estufa em seus níveis atuais.
A reunião da COP 13 acontecerá no período de 3 a 14 de dezembro em Bali, na Indonésia, e iniciará um processo de discussão das negociações para o próximo período do Protocolo de Quioto, que encerra em 2012. Os países têm até 2010 para estabelecerem novas normas. Atualmente grupos de trabalho da ONU já se preparam para o debate de metas para os países industrializados e qual o período do novo compromisso.
Rachel Mortari – Assessoria de Imprensa do MCT

Discussão - 0 comentários

Participe e envie seu comentário abaixo.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM