Dá pra reciclar embalagem TetraPak?

As embalagens TetraPak são compostas por camadas de plástico, papel e alumínio e a reciclagem é um processo ainda complexo e caro, tanto finaceiramente como ambientalmente, visto que o custo é alto e a reciclagem depende de muita água, energia elétrica e diversos procedimentos, que começam em fábricas de papel, passam por fábricas de plástico e, finalmente, em fábricas que se utilizam do alumínio.
 Conheci sem querer o site da ReciColeta, do Rio de Janeiro, que faz a reciclagem das embalagens TetraPak. No site, informações sobre como você pode vender este produto para eles e explicações sobre como o produto pode ser reciclado.
O papel
As embalagens são primeiro enviadas para as fábricas de reciclagem de papel, onde são colocadas em um equipamento chamado hidrapulper, semelhante a um liquidificador gigante. Esta máquina hidratra as fibras de papel ao mesmo tempo em que o processo de mistura vai transformando as embalagens em uma massa, de onde pode ser isolado o papel que poderá ser usado para a produção de papel e papelão reciclado e uma mistura de plástico com alumínio.
A mistura de plástico com alumínio
A mistura de plástico e alumínio é então enviada para uma outra fábrica e esta se encarregará da separação do plástico. Para isso, o site da ReciColeta explica dois processos: em um deles são usados procedimentos de secagem, trituração, extrusão e injeção; no outro, a mistura é aquecida em altíssimas temperaturas, na ausência de gás oxigênio, e o plástico transforma-se em parafina enquanto o alumínio puro se funde novamente (observe que este processo demanda muita energia).
O plástico separado no primeiro procedimento pode então ser usado para produzir cabos de pá, vassoras, coletores de lixo, entre outros. O alumínio também segue seu destino, compondo outra embalagens. A parafina, do segundo procedimento, segue para outros fins.
Já que é tão caro, dá pra usar a mistura de plástico e alumínio, sem separá-los?
Dá. A mistura de plástico e alumínio pode ser usada para produzir uma chapa, semelhante a um compensado e pode ser usado na fabricação de telhas, móveis e divisórias, com ampla aplicação na área da construção civil. 
Mas vale a pena?
O site da ReciColeta traz pouca informação sobre o custo-benefício da reciclagem de TetraPak. Diz em certo momento que o processo é viável economicamente, mas não diz se ele é compensador. O custo energético de se reciclar uma embalagem TetraPak é altíssimo, mas pode valer a pena em determinadas situações econômicas (considere o preço do alumínio, por exemplo).
Tenho algumas críticas em relação ao site, mas uma que não posso deixar de comentar é sobre uma resposta, na seção Perguntas e Respostas, que diz:

A sociedade brasileira não está utilizando embalagem em excesso?
Podemos dizer o oposto, pois, devido a baixa utilização de embalagens , a sociedade brasileira perde uma grande quantidade de alimentos durante o transporte e o armazenamento. Esse desperdício significa um sério impacto ambiental, com grande poluição do solo e dos rios. Além disso, para que o alimento seja produzido são utilizados recursos naturais, produtos químicos e uma grande quantidade de água. Durante o seu transporte há consumo de combustíveis, provenientes do petróleo, um recurso não renovável, gerando poluição atmosférica, causadora do efeito estufa e de danos à saúde da população nos grandes centros urbanos.

Ah tá, jacaré! (E o site se confunde todo…) Então, invés de encher tudo de embalagem, faz favor de produzir e consumir localmente, né? E, depois, que história é essa de falar de transporte? Os alimentos embalados não precisam ser transportados, por acaso? E isso não vai consumir combustíveis de qualquer maneira?
Aproveitando, cuidado com o que você lê na internet… Não dá pra confiar em tudo. Seja crítico!

Discussão - 21 comentários

  1. Luiz Bento disse:

    Oi Paula,
    Gostei muito do post. Já tive essa discussão uma amiga minha que trabalha com reciclagem.
    Acho que neste trecho que você selecionou os autores querem dizer que muito é perdido quando não se utiliza o correto isolamento dos alimentos. Tanto pelo apodrecimento, quanto na própria perda do alimento em si durante o transporte. Alimentos embalados precisam ser transportados também, mas se eles são transportados com mais “eficiência”, talvez eles precisem de menos reposição, já que a maior parte dele chega ao seu destino. Só suposições, sem dados.
    Acho a idéia de produzir e consumir localmente muito interessante. Mas vamos lembrar que é dificilmente aplicada a toda a humanidade. A embalagem tetrapak foi uma revolução, não vamos também transformar essa tecnologia em um “inimigo” 😀
    Abraços.

  2. Bom… as TetraPaks foram de fato uma revolução na conservação dos alimentos… mas também foi uma revolução descobrirmos petróleo, ou dominarmos a tecnologia nuclear. Todas trouxeram seus benefícios, mas também trouxeram danos.
    Não tenho pretensões maniqueístas. Nada é 100% bom ou 100% mal. Concorda?
    Abraços!

  3. Luiz Bento disse:

    Concordo plenamente Paula! Por isso acho que podemos usar o petróleo, energia nuclear e tetrapaks, desde que possamos racionalizar estes usos!
    Abraços para você e o Carlos.
    🙂

  4. Carlos S. Akamatsu disse:

    De tanto a Tetrapak falar que recicla as embalagens que resolvi fazer um teste, levei as embalagens para 2 sites de reciclagem, e nenhuma delas aceitava, aqui em São Paulo. Acho tudo isto um engodo para que TetraPak não saia com a imagem negativa num movimento cada vez mais crescente de proteção ambiental e reciclagem. Mandei uma reclamação de que apesar o que dizem, não há uma rede de coleta para reciclagem das embalagens. Senão creio que os centros de reciclagem já estariam aceitando.
    Esta situação é muito parecida com a do detergente Ipê da Ypiranga, que planta árvore, porém não diz onde, e como detergente mesmo sendo biodegradável, numa cidade como São Paulo, muita gente usando não ajuda a diminuir a poluição. E, como a cidade de São Paulo é um grande centro de consumo e poluição, acho que nenhuma das empresas não está nem aí, dizem isto mais como argumento de venda para tirar o peso da consciência de consumidores ingênuos.

  5. Carlos!
    Excelente ação! Reciclar embalagem TetraPak deve ser caríssimo.
    Vou também fazer o teste da coleta.
    Se não coletarem também, vou fazer um post-denúncia!
    Abraços

  6. Carlos S. Akamatsu disse:

    Sobre este negócio de Tetra Pak, eu vou substituindo ou desistindo de comprar produtos nestas embalagens na medida do possível. Só voltar a comprá-los sem discriminação quando houver uma reciclagem decente destas embalagens. Ainda bem que temos várias embalagens substitutas … e alternativas mais saudáveis de consumir alimentos … :-).

  7. Paulo Ribeiro disse:

    Somos uma unidade para recebimento exclusivo de embalagens longa vida (leite, suco, massa de tomate, achocolatado, milho, outros) no RJ e ES. Trabalhamos na conscientização, sensibilização e comercialização destas embalagens.
    Nossa finalidade é aumentar a coleta destas embalagens e sensibilizar a população sobre a reciclagem, evitando sua destinação inadequada para aterros sanitário e lixões.
    Recebemos as embalagens em qualquer quantidade, solto ou prensado, armazenamos e depois enviamos para o reciclador.
    Pagamos um preço justo e igual para todos os envolvidos neste trabalho, além de dar todo apoio e ferramentas ( big bag’s, folhetos, faixas, palestras) que ajudem na divulgação deste trabalho.
    Estamos também fazendo um trabalho de responsabilidade social, no qual podemos incluir igrejas, escolas, projetos sociais, associações, e outros, que é a troca de embalagens por caixa de leite, telhas ecológicas feitas a partir dos resíduos das embalagens longa vida, cadernos, canetas, e outros.
    Visite nosso site http://www.recicoleta.com.br e saiba mais sobre este projeto.
    Divulgamos também para a população o trabalho dos envolvidos neste projeto no site http://www.rotadareciclagem.com.br . Onde a pessoa coloca seu endereço e no mapa aparece todas as cooperativas, comércios e ponto de entrega voluntária que trabalham com as embalagens longa vida próximo aquele endereço.

  8. Edson alves disse:

    Boa noite.
    Estou no ultimo ano do curso de tecnologia de gestão da qualidade e da produção.
    em nosso tcc estamos tentando montar uma pá com produtos reciclaveis como a embalagem tetra pak e ou garrafas pet.
    Sera que alguem poderia nos ajudar

  9. Oi Edson,
    Tem várias empresas que usam um tipo de plástico feito a partir de tetra pak e pets para fazer tubos e tampas de canetas. Vale a pena pesquisar quais empresas são essas e ver se eles podem te ajudar com o que vc precisa. Depois passa aqui pra contar sua experiência!
    Boa sorte!

  10. suzana disse:

    gostei muito dos comentarios sou de uma cooperativa que esta começando ainda estamos aprendendo juntamos uma boa quantidade de caixinhas e nao temos aquem vender se poder me ajudar obrigado(a)

  11. Oi Suzana,
    Eu particularmente não conheço ninguém. Se alguém conhecer, por favor, entre em contato comigo para eu colocá-lo(a) em contato com a Suzana.

  12. odair disse:

    gostei muito dos comentarios sou de uma cooperativa que esta começando ainda estamos aprendendo juntamos uma boa quantidade de caixinhas e nao temos aquem vender se poder me ajudar obrigado(a)

  13. Caroline disse:

    Estamos fabricando uma caneta com o material tetra pak, gostaria de saber se posso colocar o símbolo (triangulo) da tetra pak na caneta, para mostrar o tipo de material que é ?

  14. gostaria de resolver nosso problemas que temos, aqui estamos presando caixinha de leite e nao temos o que fazer com esse material porque o frete nao compensa…
    voces tem a solucao para nos….
    por exemplpo fazer copmpesado para dividir construcoes
    eu ja vi em commetrial de caixinhas…
    aguardo…

  15. Bom dia Fabio,
    Infelizmente eu não tenho notícias de quem compre esse material. Como ele é difícil e caro de ser reciclado, talvez o melhor seja procurar por empresas ou iniciativas que estejam reaproveitando o material para construção de novos produtos…

  16. Caroline, não tenho a menor ideia… talvez seja melhor entrar em contato com a fabricante das embalagens! Boa sorte!

  17. Carlos Pacheco disse:

    Pessoal, parece muito bonito esse trabalho de reciclagem. Mas percebo que as pessoas estão esquecendo que reciclagem não é solução. É paliativo. Devemos nos esforçar em criar embalagens orgânicas, totalmente biodegradáveis em biodigestores; em produzir nos locais onde está o consumidor final; optar sempre por alimentos locais; comprar como nossos avós: a granel e exigir que sejam disponibilizados assim; etc. Estamos muito mal acostumados com a comodidade irresponsável de soluções que só visam o lucro de uma minoria de ricos industriais e o planeta que se f… Plástico de milho, 100% biodegradável, já existe. Temos que exigir do governo e das empresas a criação de tecnologias realmente ecológicas e que melhorem as já existentes. Isso é perfeitamente possível se desviassem parte dor recursos de incentivo ao consumo para pesquisas. E punição exemplar aos que mentem e ludibriam o consumidor ingênuo, muitas vezes por omissão proposital da informação real. Acho também que a mídia de massa tem a obrigação social de reparar esse dano: a transformação da população em zumbis consumidores. E essa história de que é economicamente inviável deveria ser reavaliada com rigor humanista e não capitalista, pois sem planeta não há economia, mesmo que a Bovespa estivesse na Lua.
    Enquanto isso devemos reciclar 100% da produção enquanto esta ainda não é 100% degradável – a mais eficiente e ecológica forma de reciclagem.

  18. samuel a nunes disse:

    Vale a pena lembra que, apesar de estar claro as dificuldades de se reciclar as embalagens de treta park, o consumo em massa desses produtos só vem aumentando. Então deveriamos procurar meios de se reciclar esse produtos de maneira efetiva. Exemplo:) Ele usado “in natura” é um ótimo isolante térmico. Imagine quantas milhares de casas nordestinas poderia ser beneficiadas com conforto térmico, em paredes e telhados. 😮

  19. emilly de souza eduardo disse:

    sou aluna do senai estou com projeto para fazer, e esse projeto é Telha de caixa de Leite preciso de alguma idéia mais para adicionar nesse projeto.Espero a sua resposta e espero que me ajudem
    obrigada!!!

  20. Guilherme disse:

    Qual é tipo de segregação mais indicado para embalagens Tetra Pak?
    Seria na lixeira para resíduos plásticos?
    Lixeira para resíduos de papel?
    Ou lixeira uso geral (comum), da cor cinza?
    Grato!

  21. LÉA WANDA MAURANO disse:

    Até agora tenho tratado as embalagens longa vida para serem recicladas: lavo-as, inclusive com detergente, seco-as e separo-as nas lixeiras para papel. Soube há pouco que não são recicladas, pelo menos em São Paulo. Perdi tempo e gastei água, para nada? Será que não há mesmo um lugar que as reaproveitem?

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM