bonobo.JPG

Acima: Banner da loja no Scienceblogs gringo.O dono deve ser biólogo, certeza

Quando recebi esta propaganda por um amigo que a viu na revista WIRED, pensei que os donos da marca não sabiam do que estavam falando. Mesmo depois vendo na página do Scienceblogs em inglês duvidei da proposta.
Mas o pior é que sabem. A loja de calças se chama “Bonobo”.
Para biólogos e interessados este nome remete aos nossos parentes mais próximos. Bonobos são primatas parecidos com chimpanzés, mas não são chimpanzés. Eles são famosos não só pela proximidade com o Homo sapiens mas pela sua interessante vida social e sexual. Aliás uma é totalemtne dependente da outra na sociedade bonobo (e porque não dizer também na nossa?). Nossos primos-irmãos fazem sexo o tempo todo, e com todos. É como o famoso ato de catar piolho, só que com as genitais. E isso é corriqueiro, como um aperto de mãos. E não tem tabu não. É macho com fêmea, fêmea com fêmea, macho com macho, adultos e filhotes. Vale tudo.
Entendeu porque tantas piadinhas entre biólogos sobre os bonobos? Inveja da sua atitude tranquila e natural quanto ao sexo.
Já escrevi sobre bonobos aqui e o Discutindo Ecologia aqui
bermuda banana.JPGEntrando na página da loja Bonobo, que é especializada em calças (?) percebemos um banner explicando que o nome vem de um macaco e que na compra de uma bermuda com estampa de bananas, de gosto muito duvidoso e que custa 78 DÓLARES(!!!), 5 dólares são doados a um orfanato de bonobos, o Lola Ya Bonobo. Afinal bonobos estão ameaçados de extinção.
Recomendo que doem diretamente uma quantia maior que comprar esta coisa horrorosa, mas o título do banner da loja que é engraçado: “Salvem o sexo, salvem os bonobos. Comprem e salvem este primata promíscuo.”
Agora, se a campanha veio do nome ou se o nome já era parte da campanha de doação para os bonobos eu já não sei.
Tem também um vídeo com a evolução da calça e um blog falando sobre a campanha.
Mas fica a idéia. Quando for abrir sua próxima empresa, adote uma causa logo de cara. Mas talvez com menos apelação e preços mais módicos.