Escolha uma Página

O bomba do filme Exterminador do Futuro trazida à realidade?

Olhe o absurdo: um cientista da computação mexicano recebe uma caixa com o aviso “parabéns, aqui está o prêmio que você ganhou”. Ao abrir, o pacote explode. Era uma bomba. Armando Herrera Corral e seu colega Alejandro Aceves López estão hospitalizados, e só não estão em um necrotério porque a bomba não explodiu completamente, mas havia explosivo para derrubar um pedaço do prédio.

Em abril e maio outras bombas foram enviadas para um centro de nanotecnologia mexicano, que por sorte falharam.

Os terroristas são um grupo que odeia cientistas que trabalham com nanotecnologia e computação, por acharem que o mundo vai ser dominado por uma inteligência artificial. Os caras acham que Exterminador do Futuro era um documentário, fala sério.

Como tudo que eles querem é publicidade eu não coloquei o nome do grupo aqui. Se você quiser mesmo saber pode achar facilmente por aí.

Ataques a bomba a cientistas não são novidade, mas normalmente os terroristas são ativistas pelos direitos animais. Destroem casas, carros e laboratórios por todo o mundo e  aqui no Brasil também. Um laboratório já foi totalmente destruído e um amigo bem próximo, trabalhando no laboratório de uma das maiores universidades de São Paulo, atendeu o telefone para ser avisado que devia sair do prédio pois havia uma bomba no jardim. E era uma bomba mesmo! De terroristas pró-animais-não-humanos – afinal, lembre-se que nós somos animais também. E novamente não vou dar nomes para não dar publicidade ao grupo.

Esses caras estão num nível de loucura tão grande que um colega foi a um congresso de bem-estar animal, afinal quem trabalha com animais se preocupa sim com seu bem-estar, mas percebeu que o congresso só tinha pessoas anti-experimentação animal(-não-humano). E se deparou com um dos ícones desse movimento dizendo que as pessoas não sabem fazer ameaças direito, e passou a ensiná-las como fazer!  “Tem que descobrir onde o filho do pesquisador estuda, colocar um bilhete na mochila do moleque, pra saberem que você sabe da vida dele”!!!

Eu tenho medo desse pessoal anti-experimentação. Eles são sempre muito agressivos em discussões. Veja um desses meus encontros com eles aqui.

Eu entendo a motivação desse pessoal, mesmo não concordando com eles, mas partir pra violência não tem cabimento nenhum.

E, desculpem meu humor negro, mas eu queria dizer outra coisa com “precisamos fazer a ciência bombar no Brasil”.

[Leia aqui o que eu senti quando sacrifiquei meu primeiro animal]

 

Vi no NatureNews

Dica do Igor Z