18 anos de voyeurismo

Sem ter sobre o que escrever hoje, mas tentando manter a média de um artigo por dia (desde o dia 14, pelo menos), fui pesquisar (lembra quando a internet era para isso?) e descobri que hoje o Telescópio Espacial Hubble está se tornando um hominho.
Lançado em 24 de abril de 1990, o Hubble completa hoje dezoito anos (já pode ser preso!) de serviços prestados à humanidade.
O começo do projeto foi muito atabalhoado e acabou com muita coisa dando errado (o espelho do telescópio, por exemplo, tinha uma imperfeição mínima, mas que inviabilizaria a experiência; outro problema foi a falta de dinheiro depois que a Challenger explodiu), o que atrasou o lançamento em sete anos.
Uma das coisas que o Hubble ajudou a descobrir foi a taxa de expansão do universo (excitante, eu sei), além de ter tirado fotos ESPETACULARES e ter incentivado milhares de jovens a seguir carreira em astrofísica (será que todo mundo está tão animado quanto eu?).
=>ATENÇÃO<=
Interrompo este artigo para parabenizar a Defesa Civil de Natal. Ontem (eu escrevo isso de véspera) foi o dia da chuva mais bruta em MUITO tempo (cada gota era pelo menos do tamanho dum punho e caia com a força dum bufete) nesta cidade.
Não que esta cidade (arrodeada pelo mar, cortada por um rio que desemboca no mesmo mar e construída em cima duma duna de areia extremamente porosa e absorvente) precise de muita chuva para alagar (a música é do Kid Morangueira sobre a Rio de Janeiro, mas serve para cá também, é só mudar o nome dos bairros).
Só no meu caminho do trabalho pra casa caíram CINCO muros (talvez isso diga mais da qualidade dos muros do que da força da precipitação, mas pela potência da bicha, eu aposto na chuva) e vários pedaços de ruas. Esses buracos mais perigosos, do tipo que cai carro dentro, estavam todos protegidos por veículos e agentes da Defesa Civil, e os menos mortais estavam sinalizados com cavaletes, e não com o tradicional pau de pé-de-pau (um dia desses perto da minha casa tinha um que foi crescendo em quantidade de adornos e acabou como um espantalho, com camisa, chapéu e óculos).
Agora vou esperar a chuva parar para ver se a prefeitura está no mesmo pique e ajeita logo a buraqueira.
Retorno agora à programação normal.
=>Obrigado pela atenção.<=
Esta foto é meio grande, mas vale a pena cada segundo esperado. Cada ponto de luz é uma galáxia (notem as espirais). Não um planeta, não uma estrela, não uma constelação, mas uma GALÁXIA! Com bilhões de estrelas em cada! Veja uma escala aqui.
“O universo é grande. Grande, mesmo. Não dá pra acreditar o quanto ele é desmesurada, inconcebível, estonteantemente enorme. Você pode achar que da sua casa até a farmácia é longe, mas isso é café pequeno pro Universo.”
-Guia do Mochileiro das Galáxias-
Essa é a Nebulosa da Águia, um agrupamento de estrelas e poeira na constelação da Serpente, e talvez a foto mais famosa tirada pelo telescópio.
Tudo o que o Telescópio Espacial Hubble faz e toda a informação acumulada por ele está disponível ao público (incluindo as fotos, que são não forem as fotos mais bonitas já batidas, eu sei mais de nada). Até o tempo de utilização dele é gratuito e aberto a qualquer pessoa. Só é preciso entrar na fila…
E por que mandar um telescópio pro espaço? Tem lugar aqui não? Né mais fácil aqui não?
Lugar tem e é mais fácil sem dúvida, mas aqui tem atmosfera, que faz as estrelas piscarem e dificulta medidas muito precisas. E existe também o grande problema de um telescópio fincado na terra só apontar prum lado o tempo todo. Os no hemisfério sul nunca veriam a Estrela do Norte, assim como os do outro lado nunca observariam o Cruzeiro do Sul (esses nomes não foram colocados na doida). Um observador solto no espaço pode olhar para todos os lados, apontar para todas as estrelas, bastando, para isso, ser mandado.
Hubble já gastou muito dinheiro (não o nosso, não diretamente pelo menos) e já passou por muito problemas, mas também nos ensinou muito sobre nossa História e nos instigou a buscar mais respostas.
Se isso não tiver valido a pena, novamente, eu sei mais de nada.
HST
Parabéns, cabra!

Discussão - 3 comentários

  1. olavo disse:

    só posts fuderosos. omi, bora comer essa feijoada merrrrmo.
    !

  2. olavo disse:

    opa,churrasco. :p

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM