Samba de Orni

Abri um blogue dum camarada hoje pela manhã que fala de ornitorrincos (não profundamente, só cita o nome mesmo), aí deu vontade de falar sobre esses animais MUCHO LOKOS (um alô para Renan!).
O Ornithorhynchus anatinus é, antes de mais nada, um mamífero.
PORÉM
Seqüenciamento do material genético do bicho revelou que ele tem algumas características de aves e de répteis, o que não quer dizer que ele deixa de ser mamífero.
Por exemplo, nós não temos um casaco de pêlos como os outros membros da classe Mammalia, e essa calvície epitelial é característica dos répteis, mas nós não somos misturados com eles. Somos?
Mas, vamos às bizarrices (não acho que vocês tenham vindo me visitar pelos meus olhos negros):
ornitorrinco
1 – O bicho é peludo, produz leite e põe ovos.
+3 pontos para os mamíferos
2 – Os pêlos são cobertos de uma camada impermeabilizante.
+1 ponto para as aves
3 – Os ovos são moles.
+1 ponto para os répteis
4 – Bico e pés de pato.
+2 pontos para as aves
5 – Ferrão venenoso.
+1 ponto para os répteis
6 – Eletroreceptores ao redor do bico que lhe garante Eletrolocalização.
+1 ponto para os peixes
7 – Apesar de produzir leite, não tem mamilos e o secreta através da pele abdominal, sendo guiado por um tufo de pêlos. Huummm!
-1 ponto pela seboseira (imaginem o cheiro desses cabelos quando o leite misturado com baba e água salobra de um córrego seca ao sol australiano)
Mamíferos 3 x Aves 3 x Répteis 2 x Peixes 1
Não exatamente científico esse meu método de pontos, eu sei.
Eu disse um dia desses que o bicho tinha mais material genético de aves que de qualquer outra classe, mas eu estava (fui) enganado (é nisso que dá acreditar na primeira fonte, por mais confiável que seja).
Eis uma tabela:

Traduzindo:
Monotremos são o ornitorrinco e a equidna, que são mamíferos que põe ovos;
Marsupiais são o canguru e o coala, que são animais com duas fases de gestação, uma interna e outra externa (dentro de uma bolsa);
Placentais são o resto dos mamíferos, cuja gestação se dá inteiramente dentro de uma placenta;
Duas linhas convergentes indicam um ancestral comum, ou seja, os amniotas (animais cujos embriões são envoltos em líquido amniótico) se dividiram em dois grupos, um deles se dividiu em aves e répteis e o outro virou o grupo dos mamíferos. Depois, o grupo monotremata se separou e, bem mais tarde, os marsupiais dos placentários (não coloquei datas no gráficos porque fiquei com preguiça, mas são milhões e milhões de anos, de baixo para cima).
Dá para entender, é só ler de novo…
Lição de hoje: quando ouvir um negócio bem massa e que pareça fazer sentido, desconfie e procure mais informações antes de sair por aí espalhando desinformação.

Discussão - 5 comentários

  1. mnazian disse:

    rapaz, muito bom.
    outro bicho massa é esse aqui, o texugo:
    http://images.google.com/images?client=safari&rls=pt-pt&q=texugo&ie=UTF-8&oe=UTF-8&um=1&sa=N&tab=wi
    mas o ornitorrinco é sem comparação…

  2. Wario disse:

    Hoje eu tava vendo uma palestra e tava formulando uma pergunta mentalmente, quando fiquei na dúvida se a palavra “aplicabilidade” existia. Enquanto pensava na palavra e na pergunta, um cara da platéia fez uma pergunta (que não tinha nada a ver com a minha) e adivinhe qual foi uma das palavras que ele usou: essa mesma, “aplicabilidade”. Foi a única vez que ouvi essa palavra durante todo o dia.

  3. Wario disse:

    Neste exato instante (veja a hora) enquanto ajeito o computador de Sandrileide e vejo a novela junto com as 3 mulheres da casa, uma atriz falou pra um ator: “Como é que você não aceita o apoio de Zé Pereira para a sua campanha eleitoral!?!?” Nisso, eu falo pra Sandrileide: “Num é burrice?” aí sandrileide: “O que?”, e a atriz: “Isso é muita burrice!”.

  4. Igor Santos disse:

    Setor III or die!
    É tudo o que eu tenho a dizer.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM