Aprenda porque o ovo de chocolate é o símbolo da Páscoa

Chocolate, da mesma forma que o festival pagão do natal, representa o consumismo e a artificialidade.

Sem qualquer função social e sem representar qualquer papel no desenvolvimento humano (que não possa ser fácil e rapidamente explicados por outros fatores), o chocolate é uma construção artificial que alguns grupos continuamente tentam pintar como salutar, apesar de não apresentar qualquer benefício (apenas alguns deméritos) para o organismo e para a população.

É apenas uma falsa promessa vendida por grupos interessados que lucram diretamente com a venda desencadeada por propagandas ilusórias de algo que dá prazer imediato mas, se engolido inquestionavelmente, se torna prejudicial a longo prazo. Como os ilógicos dogmas religiosos.

A criação de um ovo proveniente de um mamífero não-monotremado representa a ignorante inocência cristã e o desdém religioso em relação à realidade, do tipo que chama baleia de peixe e morcego de ave em livros sagrados, mesmo estes tendo sido escritos sob uma suposta “inspiração divina”.

A idealização antropomórfica de um coelho senciente que sacrifica os próprios descendentes distribuindo seus fisiologicamente impossíveis ovos em uma época específica demonstra a falta de consistência interna e a absurdidade a qual são submetidos aqueles que crêem. Se a recompensa é eterna, por que ela aparece em prestações, uma vez por ano, em forma de fetos achocolatados de pseudo-roedores mágicos?

O espaço vazio pelo qual se paga e que deixa o ovo até dez vezes mais caro que a mesma quantidade de chocolate puro representa as falsas promessas da religião e a ilusão de algo grandioso mas que é, no fim das contas, completamente vazio e desprovido de lógica.

Os bombons dentro do ovo existem para criar a ilusão de valor agregado, um custo/benefício inexistente, visto que o conjunto continua a ser, em sua maior parte, ar embalado. Em outras palavras, balela.

A ostensível embalagem é designada para atrair, pela cobiça, os mais ingênuos (dentre estes, a maioria composta por crianças), que se prendem a uma esperança irrealizável de que, aderindo àquele ritual, estarão de alguma forma se engrandecendo ou melhorando de vida, desconsiderando por completo o fato do invólucro ser o primeiro a ir para a lixeira no fim do dia. Como as falsas amizades de “encontros de casais” e “grupos de jovens”.

Há ainda aqueles que guardam dito pacote por sua beleza ou por aquilo que representa, exemplificando o tipo de dissonância cognitiva daqueles que preferem enganar a si mesmos a admitir que estão apenas acumulando lixo em suas vidas, por mais brilhoso e colorido que seja.

Ignorância dolosa com uma cobertura de benefícios fictícios. Por essas características, o ovo de chocolate representa tão bem a páscoa.

Discussão - 8 comentários

  1. João Carlos disse:

    Hmmm… Pois eu vi (no FailBlog, onde mais?…) um desses Pastores que classifica os ovos de Páscoa como “os testículos de Lúcifer”.
    Sabe?… “Fertilidade” + “paganismo” = “testículos de Lúcifer”.

  2. Knoll disse:

    hahahahahahahah que issu cara!
    issu vai destruir o mundinhu ficticio de muita gente.
    adorei!

  3. Diego Fanali disse:

    Ok, são ideologias baratas e sem lucidez os ovos, mas apelar para encontros falsos entre outas ideias abordadas só pode ser um grande trauma pascoal.

  4. Simplesmente tudo o que eu já quis dizer (ou escrever) sobre a páscoa e os ovos de chocolate cagados pelo coelho mágico. (imagino que os ovos sejam cagados, uma vez que ninguém fala em coelhA da páscoa, essa pelo menos teria outro buraco por onde sair… mas divago)… discordei apenas de uma parte do texto:

    “A ostensível embalagem é designada para atrair, pela cobiça, os mais ingênuos (dentre estes, a maioria composta por crianças)

    Não sei se afirmaria que dentre “os mais ingênuos” a maioria seria “composta por crianças”… acho que a proporção adultos/crianças fica no meio a meio.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM