Terremoto!

Eu não senti nada e você? Infelizmente, estava sentada numa confortável poltrona de cinema, vendo uma aula sobre documentário inglês. Nem percebi o terremoto. Mas, “infelizmente?” Pois é, não gosto de tragédias – vítimas ou problemas decorrentes -, mas admiro os fenômenos da natureza. Principalmente, esses que não acontecem com freqüencia no Brasil. Parecem divinos, no sentido literário da palavra.
Segundo os jornais, o terremoto de magnitude 5,2 graus na escala Richter teve seu epicentro no mar, a 270 km a sudeste de São Paulo, perto de São Vicente. Durou três segundos, ocorreu por volta das 21 horas. Em seguida, de acordo com a rádio BandNews FM, algumas pessoas do litoral estavam com medo de tsunami. Perigo, neste caso, descartado por pesquisadores.
Coletei três depoimentos de pessoas que perceberam o tremor. Curioso:
“Estava sentada no sofá, nesta posição (com as pernas esticadas). De repente, falei para meu marido: ‘Nossa, essa mola não é boa (o sofá é novo).’ Ele estava de pé e não percebeu nada. Me ajeitei, mas escorreguei novamente. Reclamei e arrumei as almofadas nas costas. Passou. Depois, vi que o sofá é bom, o problema foi o terremoto.”
“‘Dog, sai debaixo da minha cama!’ Estava deitado na cama vendo televisão, quando ela começou a se mexer. Achei que a cachorra estivesse fazendo bagunça no meu quarto. Quando olhei, ela não estava lá. Logo, parou!”
“Na sala, o lustre começou a se mexer! A fazer barulho e a balançar. Liguei para minha vizinha, ver se no apartamento dela estava tudo certo. Poderia ter sido problema na estrutura do prédio!”
Obs.: Tem gente até vendendo camiseta do terremoto! Links, Internautas fazem corrida para registrar impressões do terremoto, Tem terremoto em São Paulo, Queremos Terremotos No BRASIL.

4 comentários em “Terremoto!”

  1. “Queremos terremoto no Brasil” é uma comunidade lamentável. Acho que vou propôr ao Lula a instauração de uma ditadura virtual. Muita besteira. Lugar de jovem é na escola e não na frente do OrCÚ.

  2. Nooosa! Foi tudo isso mesmo, por aí? Eu também dei um “pulo do sofá”, mas com o tilintar do telefone! Era sua mãe me contando do teremoto! Moro tão pertinho e nada senti… Ainda bem, pois morro de medo dessas coisas… rss

  3. eu senti minha cama mexer e pensei que fosse o cachorro… quando fui pra sala minha esposa me perguntou se eu tava fazendo alguma coisa que fizesse a casa tremer (não faço idéia do que seria). Quando olhamos pela janela, várias pessoas estavam no pátio do prédio achando que o prédio ia cair. Sugeri que fóssemos ao prédio em frente e perguntássemos se eles também tinham tremido, quando cheguei lá encontrei o porteiro pálido: – Vocês vão achar que é conversa, mas essa porta de vidro estava tremendo…
    Só quando voltei pra casa e vi a chamada do jornal que percebi que a coisa tinha sido realmente grande!

  4. Atila, então meu conhecido não foi o único em achar que o cachorro estava embaixo da cama… Nós não estamos acostumados com esse tipo de fenômeno!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *