Ecocolonialismo latino

Não ocorre apenas no Brasil. O jornal chileno La Nación publicou hoje uma matéria intitulada “Millonarios comprando la Tierra” – clique aqui para ler. Países ricos – de diversos tamanhos e credos – adquirem terrenos em toda a América Latina – da América Central até a Patagônia. Eles alegam que querem proteger as terras do desmatamento. Nós, pobres meninos pobres, dizemos que isso é ecocolonialismo.
De uma maneira ou de outra, era óbvio que algo semelhante iria acontecer. Uma amiga que foi para Machu Picchu disse que, anos atrás, o governo peruano tentou vender o sítio arqueológico para o Japão! Nós deveríamos cuidar do nosso patrimônio… “¿Es la propiedad privada la manera de proteger el medio ambiente?”, indaga John Vidal, autor da matéria.

4 comentários em “Ecocolonialismo latino”

  1. Oi isis!
    Segui o link para o jornal. Fiquei curiosa e fui pesquisar sobre a tal World Land Trust que é citada na matéria.
    Acabei descobrindo a reserva Reserva Ecologica de Guapi Assu no Estado do Rio, onde por “US$2000 Can buy you one hectare of agricultural land on the lowlands”… Vc conhceia isso??
    Abço

  2. Ta vendo… Se o meu projeto Asfalto para a Amazonia ja tivesse saido, se o wi-fi amazon jo tivesse sido implantado, se as praias ja estivesses ladrilhadas, e a mata atlantica ja tivisse sido tranformada em simba safari nos poderiamos vender essas terras por muito mais do que US$2000 o hec. Mas, por pensarmos pequenos, vamos sempre ser pequenos…
    Tao simples…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *