Encontrada a maior pirâmide do Egito

Uma equipe internacional de arqueólogos investigou as ruínas da cidade de Abu Rawash no Egito. Descobriu que ali se ergueu a mais alta pirâmide egípcia. Ela foi construída pelo faraó Djedefré, filho e sucessor do famoso Queóps. Chefiada pelo francês Michel Valloggia, a equipe diz que a pirâmide tinha 146,6 metros de altura. Ela era sete metros mais alta do que a de Quéops.
As pedras da sua pirâmide foram usadas durante milênios na construção da cidade do Cairo, que é próxima de Abu Rawash – indico o Google Maps. No local, restam ruínas com poucos metros de altura – veja foto ao lado. Os artefatos foram saqueados.
Quéops reinou entre 2589 e 2566 a.C. e o seu filho Djedefré foi faraó entre 2566 e 2558. O filho era visto como um faraó frágil e com problemas de legitimidade. Agora, descobriu-se que foi um construtor ambicioso e pode estar ligado à famosa esfinge.
Abu Rawash é uma zona militar, mas poderá ser visitada por turistas a partir de 2009. Leia aqui, no El Mundo, a notícia orginal em espanhol e aqui, no Diário de Notícias, em português.
Será que ainda existe muito sobre arqueologia do Egito por descobrir? Dizem que há mais coisas entre o céu e a terra do que sonha nossa vã filosofia – esta que fará parte currículo das escolas do ensino médio, junto com sociologia, que eu tive e adorava. Só sei que yo ainda conhecerei ao vivo o Egito. Vocês precisam ver as fotos da minha amiga foférrima que foi para lá…

3 comentários em “Encontrada a maior pirâmide do Egito”

  1. hello!! my name is miranda is icarly!!
    mis beutiful!!!
    hevis they bi loche mi caresa vresas?
    plis teyuiren my!! plis plis plis plis!!!!!!!
    biey si beituful gore my!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *