Transtorno obsessivo-compulsivo é genético

Eu já imaginava… Estudos realizados por pesquisadores de diferentes países mostram que mutações genéticas desempenham um papel importante no desenvolvimento do transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). “Não temos dúvidas de que a doença tenha origem genética. Inicialmente os especialistas acreditavam que o distúrbio possuía origem psicológica. Mas, atualmente, cresceu bastante o número de evidências que mostram uma pré-disposição genética para o TOC. Isso nos ajuda a compreender melhor a doença, e, consequentemente, tratá-la do modo adequado”, analisa Humberto Correa, pesquisador da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).
Estima-se que o distúrbio afeta cerca de 2,5% da população mundial. “Suspeitamos, ainda, de que existam vários genes associados ao TOC”, completa o professor. Ele enfatiza que o transtorno é relativamente um “novato” em estudos genéticos, sendo extremamente importante compreender bem as informações por meio da análise das famílias e da genética para avaliar o papel de interações entre a genética e o ambiente no TOC.
Palestra sobre a doença em MG
Pesquisadores da UFMG estudam há quatro anos a relação existente entre o desenvolvimento do TOC e fatores genéticos. Um grupo de 60 pacientes participa de uma série de exames, entrevistas e questionários sobre histórico familiar no Ambulatório de TOC do Serviço de Psiquiatria da Universidade. Humberto Correa, professor responsável pelo projeto, irá detalhar os avanços obtidos até o momento na palestra sobre “Genética e TOC”, durante a Jornada de Atualização sobre TOC – da infância ao idoso, na próxima terça-feira, dia 8 de julho, na Associação Médica de Minas Gerais. Pô, queria ir para passar para você esses avanços!
O que é TOC?
O TOC é caracterizado pela presença de pensamentos, idéias ou medos – definidos na psiquiatria como obsessões – e por comportamentos ou atos mentais repetitivos ou realizados de forma ritualizada – compulsões. Lavar as mãos compulsivamente, contar ou ordenar coisas de modo obsessivo ou temer, de modo inexplicável, um acidente ou a contaminação por algum produto são alguns sintomas de TOC.

18 comentários em “Transtorno obsessivo-compulsivo é genético”

  1. Mas por que é genético? Quais os genes envolvidos? Quais foram os testes feitos? Sendo psicólogo fiquei muito interessado, ficaria feliz se pudesse me passar a fonte! 🙂

  2. Gostaria de receber mais informaçoes sobre o TOC,porque genético? meu filho está com 5 anos e tem apresentado alguns sintomas de TOC,tem fobia a formigas,diz que elas sao sujas,quer tomar banho varias vezes ao dia(2 ou 3 vezes seguidas),lava as maos o tempotodo,as vezes nao deixa que pessoas toquem nele. Marquei uma entrevista com uma psicologa,mas nao sei como devo agir em casa com ele,se reprimo ou deixo ele se lavar. preciso de ajuda,entre em contato por favor. obrigada

  3. Sou apenas mais um com esta patologia. Tenho tentado e, tententado sempre sem sucesso, combater os pensamentos que invadem a minha cabeça. Contudo nos últimos tempos a intensidade tem sido ainda maior, facto que já está a afectar a minha família.
    Tenho pesquisado alguma informação, já recorri a ajuda médica (foi-me prescrito Serotonina e Victan), mas os efeictos secundários ainda me deixaram pior. Sei que são absurdos, todos estes pensamentos, pois sería impossivel o simples facto de eu pensar e acontecer exactamente como eu pensei, mas quando tento não ligar o sentimento de culpa, as dúvidas invadem a minha cabeça. Já não sei o que fazer.
    Obrigado.

  4. Olá Paulo,
    Respondido por e-mail. Mas, de modo geral, para quem sofre desse problema acredito que a melhor coisa a fazer é procurar um psiquiatra. Ele poderá diagnosticar e indicar um tratamento adequado a cada caso.
    Espero que, de qualquer maneira, eu tenha ajudado!
    Abraços

  5. Olá Isis, gostaria de obter mais informações sobre os genes envolvidos e os testes feitos, pois estou fazendo uma pequisa sobre isso. Sou estudante de biomedicina e sempre me interessei pelo lado genético de tudo. Se puder me dar esse help, agradeço.
    Abraços

  6. Ola, estou a fazer um trabalho sobre o TOC e gostaria de aprofundar este facto da sua origem genética. Se podesse ajudar-me, agradecia-lhe muito.
    De Angola,
    Um abraço.

  7. Olá! Embora eu seja totalmente leiga em psiquiatria acredito que o TOC tenha mesmo causas genéticas. Minha mãe tem TOC em estado muito avançado, pois nunca aceitou tratamento. Quando eu era criança, achava que as manias dela não passavam de “exagero”, “loucura”… mas foi ficando muito pior.Desde criança também conto nos dedos, os postes, os desenhos das calçadas, sou compulsiva por copos e sabonetes e só no ano passado procurei ajuda, mas engordei com os remédios e parei por conta própria e reseultado: estou cada vez pior. Minha irmã tem, e está em tratamento. Minha sobrinha de 4 anos já tem apresentado alguns indícios. Será que se for de origem genética mesmo, a possibilidade de cura estará mais perto?Ou pelo menos impedir que isso passe pra outra geração?
    Um grande abraço.

  8. Olá boa noite primeiramente ouvir diser que tramentos cognitivos são bem sucedidos e que em muitos casos são melhores que os remedios você pode me confirmar isto ? ( perdão não sei o seu nome….. )
    porfavor agradesceria imensamente que você respondesse esta perguntao ao e-mail que sitei aqui porfavor preciso de ajuda porfavor…..

  9. olá eu tenho toc e é muito duro lidar com esta doença meu pai e irmão também tem!!! Eu tenho medo de ser infectado pela aids hiv não vou ao banheiro publico lavo as maos quando comprimento alguém o meu irmão tem muitos comportamentos de risco, transa sem camisinha com as amigas por isso tenho medo de comer no mesmo talher que ele ou que ele ao falar para mim salte saliva para os olhos quando vou a andar conto os passos, conto as escadas quando vou a andar de carro conto as janelas das casas as portas os pilares as linhas das estradas enfim esta doenca e muito complicada… Estou medicado com dumyrox e pacinone mas continuo igual enfim maldito toc… So me da vontade de dormir so a dormir me sinto bem…

  10. Olá, gostaria de saber quais são os genes envolvidos no TOC. Você tem algum estudo para me encaminhar???
    Por favor, o que você tiver sobre TOC com causa genética pode me mandar.
    Obrigada desde já.

  11. Oi, Ísis!
    Tudo bem com vc?
    Ísis, uma pessoa que, na hora de dormir, por causa de um pensamentozinho apenas já não consegue mais dormir, é considerado que ela tenha TOC?
    A pessoa não consegue mais dormir, tem taquicardia por causa disto.
    Vc poderia responder-me no meu e-mail?
    magda_loo@yahoo.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.