Como burlar o bafômetro?

Sábado à noite estava na casa de uma amiga conversando com pessoas que não encontrava fazia tempo… Tipo uma baladinha. Enquanto o povo – nacional e internacional – mandava a ver na caipirinha, surgiu a dúvida. Será que comer alho resolveria o problema caso um policial falasse para fazer o teste do bafômetro? Eu não quis arriscar. Fiquei na já famosa água tônica diet com gelo e limão. Sei, uó.
Segundo um médico me explicou, comer alho ou qualquer coisa do gênero não adiantaria. Quando ingerimos o álcool, ele não é metabolizado imediatamente pelo organismo. Fica circulando na corrente sangüínea. No pulmão, os alvéolos, após absorver oxigênio, liberam gás carbônico, água e um pouquinho de outras coisas que temos no sangue como o álcool. Assim, quanto mais se bebe, mais álcool é liberado, pois a concentração no sangue é maior. Daí aquele bafo de pinga…
Como funciona
O bafômetro é feito com dois frascos de vidro contendo uma mistura para a reação química e um sistema de fotocélulas ligado a um medidor que avalia a mudança de cor associada com a reação química. Para medir o álcool, você respira dentro do dispositivo. A amostra de ar borbulha em um dos frascos por meio de uma mistura de ácido sulfúrico, dicromato de potássio, nitrato de prata e água.
O nitrato de prata é uma substância que faz a reação ocorrer mais rápido. O ácido sulfúrico, além de remover o álcool do ar, também proporciona a condição de acidez necessária para essa reação. Durante essa reação o íon dicromato, de cor vermelho-alaranjada, muda de cor para o verde do íon cromo quando este reage com o álcool. O grau de mudança de cor está diretamente relacionado com o nível de álcool no ar exalado.
Para determinar a quantidade de álcool naquela amostra de ar, a mistura que sofreu reação é comparada a de um frasco contendo uma mistura que não sofreu reação no sistema de fotocélulas, produzindo uma corrente elétrica que faz a agulha do medidor se mover do seu ponto de repouso. O operador, então, gira um botão para trazer a agulha de volta ao ponto de repouso e lê o nível de álcool a partir do botão: quanto mais o operador precisar girar o botão para retorná-la ao repouso, maior é o nível de álcool. Leia mais aqui.
Compre o seu
Dizem que as empresas que vendem bafômetro estão abafando – pegou? mais uma piadinha insana. Têm uns que não são descartáveis a partir de 40 reais! Veja aqui. Mas, sensacional mesmo é o chaveiro-bafômetro. Link aqui, mas existem de várias marcas… Dê uma googada.

3 comentários em “Como burlar o bafômetro?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *