Homens sofrem com TPM


Olha que situação. Imagine você, homem, se de mês em mês ficasse com o corpo inchado por 10 dias. Também, irritado e impaciente. Essa é a minha TPM. Batata. Basta esperar para chegar a calmaria. Durante esses dias, busco o autocontrole por meio do autoconhecimento, afinal, não quero passar quase 1/3 da minha vida de mau humor. Dica: fica quietinha que passa!
Bem, segundo os resultados da segunda fase de uma pesquisa com mais de 1,6 mil brasileiros, os homens também sofrem com a tensão pré-menstrual (TPM) manifestada pelas mulheres com quem convivem. Dos 527 homens entrevistados, 84,1% afirmaram conhecer alguma mulher com TPM. Na opinião deles, a síndrome pré-menstrual interfere de maneira significativa no relacionamento amoroso e nas relações familiares da mulher.
Apesar da facilidade em reconhecer os sintomas e o impacto destes na qualidade de vida das parceiras (72,7% disseram que viviam ou já tinham vivido com mulheres que tinham TPM), em geral, o público masculino declarou não saber qual seria a atitude mais adequada diante desta situação. O estudo “Tensão Pré-menstrual: Perspectivas e Atitudes de Mulheres, Homens e Médicos Ginecologistas no Brasil” foi realizado pelo CEMICAMP (Centro de Pesquisas em Saúde Reprodutiva de Campinas) e contou com o apoio da Bayer Schering Pharma.
Os resultados mostraram que a maioria das mulheres, 80%, afirmam que têm ou já tiveram TPM. A maioria (78,9%) acredita que o parceiro consegue perceber quando ela está na TPM, mas 11% ficam irritados e sem paciência, 39,4% saem de perto ou são indiferentes, enquanto 54,8% tentam entendê-la sem brigar. “Mas o público masculino se considera mais compreensivo do que as mulheres acham, pois 62,1% disseram que conseguem entendê-las nesse período”, diz o ginecologista Carlos Alberto Petta, coordenador da pesquisa e professor de Ginecologia da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).
O impacto negativo da TPM parece acontecer com maior intensidade e freqüência nas mulheres que apresentam, ao mesmo tempo, manifestações físicas e emocionais. Outra conclusão foi que apesar das queixas freqüentes, as principais estratégias mencionadas para lidar com as manifestações da TPM foram a conversa com outras mulheres ou esperar passar.
A pesquisa mostrou que:

  • A maioria das mulheres afirma que tem ou já teve TPM;
  • As mulheres, embora reconheçam tanto manifestações físicas quanto emocionais, enfatizaram mais as primeiras, e os homens pareceram reconhecer mais as manifestações emocionais;
  • A manifestação conjunta de sintomas físicos e emocionais responde pelo maior impacto na qualidade de vida da mulher, principalmente nos relacionamentos afetivos e no trabalho;
  • Mais da metade das mulheres nunca procurou atendimento médico;
  • Mais da metade dos homens reconhecem os sintomas da TPM e se mostram dispostos a ajudar, mas não sabem como fazer isso – bonitinhos!
     

O impacto da TPM na opinião de homens x mulheres:

 

Machos – %

Fofas e lindas – %

Estudos

60,1

37,1

Atividades em casa

68,7

45,1

Trabalho

72,0

46,5

Atividades sociais

69,1

43,7

Relacionamentos familiares

77,0

48,7

Namoro ou casamento

84,4

54,6

A reação dos machos segundo elas x eles:

 

Bárbaros – %

Educadas – %

Entende/ compreensivo/ respeita/ não briga

62,1

54,8

Sai de perto/ fica quieto/ não faz nada/ é indiferente

30,6

34,9

Fica bravo/ não tem paciência/ fica irritado/ muda de humor também/ brigam muito

7,8

11,0

Outra

5,9

6,2

Curiosidades sobre a ilustração: O expressionista “O Grito” foi pintado pelo artista escandinavo Edvard Munch (1863-1944).  Existem quatro versões do quadro. Uma delas, a mais bem acabada, foi roubada em 2004 do Museu Munch, em Oslo (capital da Noruega), e recuperada dois anos depois. Quando voltou, os restauradores descobriram que o quadro foi pintado em 1910 e não em 1893 como pensavam. Também, há duas interpretações para a pintura. A primeira é que ela representa a angústia moderna onde o pano de fundo é a doca de Oslofjord (em Oslo) ao pôr-do-sol. A outra seria uma erupção vulcânica e um tsunami que ocorreu em uma ilha.

4 comentários em “Homens sofrem com TPM”

  1. EU NÃO TENHO TPM! NAO TENHO! QUE MALUQUICE É ESSA!!! EU SOU NORMAL! EU SOU EQUILIBRADO! ISSO É FRESCURA DE MULHER!
    QUERO QUE APAGUEM ESSE POST CALUNIOSO! ABSURDO! QUE FALTA FAZ A CENSURA NESSAS HORAS!

  2. O raio nisso tudo é que o tal cromossomo Y modifica completamente o conceito de “empatia”. Os machos acham que estão sendo empáticos, mas, no mór das vezes, só estão piorando tudo…
    Diga-se de passagem, as mulheres não se saem muito melhor na convivência com o post coitum triste, só que a duração e a intensidade dessa reação psicossomática masculina é bem menos notável que a TPM feminina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *