Nova revista científica de medicina

O bebê nasceu! Já está circulando a nova Revista da Sociedade Brasileira de Cancerologia. Ela retorna trimestral, discutindo os temas, as novas técnicas e as descobertas mais atuais com o intuito de aprimorar o conhecimento dos médicos.
Nesta edição, estão disponíveis artigos provenientes, além do Brasil, dos Estados Unidos e do Japão. Por enquanto, a revista possui 56 páginas e não é vendida em banca. Interessou? Sugiro que entre em contato com a Sociedade Brasileira de Cancerologia – aqui. O editor científico é o oncologista Ricardo César Pinto Antunes. A jornalista responsável… Tchan tchan tchan… É esta que voz fala!
Aliás, sabia que existe transplante de pulmão?
Já que estamos falando sobre medicina… O transplante de pulmão pode ser a única alternativa para paciente com enfisema pulmonar, fibrose cística, fibrose pulmonar ou bronquiectasias. O procedimento também é indicado para dependentes de oxigenação artificial. Porém, no Brasil a cirurgia é rara, desconhecida por parte da população e até mesmo por médicos!
“Em muitos casos, os pulmões não são doados pelo desconhecimento do transplante pulmonar”, afirma Paulo Pego, diretor da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia (SPPT). “Apenas 20% das famílias são contatadas pelos médicos para uma possível doação. Dessas, muitas se recusam, boa parte por falta de informação”, comenta o especialista.
No Brasil, os programas de transplantes de pulmão acontecem desde o final da década de 80. O Instituto do Coração (Incor), a Escola Paulista de Medicina e o Hospital Israelita Albert Einstein são os centros que fazem esse tipo de trabalho em São Paulo. Há, também, centros de ponta em Porto Alegre, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.
Em todo o país, são realizados cerca de 40 transplantes de pulmão por ano, metade deles em Sampa. A fila de espera é de dois anos. Os principais critérios para se fazer a doação são tipo sanguíneo, idade e tamanho da pessoa, pois os pulmões do doador e do transplantado devem ter dimensões compatíveis. Quando eu passar desta para uma melhor, contem com meus órgãos.
Obs.: Procuro artigos científicos e inéditos sobre infectologia, oncologia, nefrologia, anestesiologia, dor, imunologia, hematologia, nutrição e CCIH. Tem algum ou amigo para indicar? Mande um e-mail para mim – veja ao lado. Podemos publicar em outra revista…

2 comentários em “Nova revista científica de medicina”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.